Loading
 
 
 
Loading
 
Reitor-Mor dos Salesianos chama a “responder com generosidade” o convite à Missão
Loading
 
11 de Dezembro de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Itália - Roma (Quarta-feira, 11-12-2019, Gaudium Press) O Reitor-Mor dos Salesianos, Padre Ángel Fernández Artime fez o tradicional chamado missionário à Congregação fundada por São João Bosco.

Através de uma vídeo-mensagem, publicada no dia 08 de dezembro, festa da Imaculada Conceição, o sucessor de Dom Bosco mostrou o livro com os nomes de todos os missionários salesianos que partiram em missão nas expedições que este ano cumpriram um século e meio de vida.

Reitor-Mor dos Salesianos chama a ?responder com generosidade? o convite à Missão.png

"Lhes saúdo, ao mesmo tempo que lhes apresento um autêntico tesouro que tenho em minhas mãos: é um livro, um livro do dicastério de Missões, que recolhe os nomes de todos os salesianos que foram enviados em algumas das expedições, até o dia de hoje 150 expedições, com exatamente 9.523 salesianos, contando os últimos 36 que saíram poucos dias atrás".

No livro se encontram nomes que são conhecidos dentro da Congregação, entre eles Cagliero, Costamgna, Caravaggio, e também os últimos jovens, os 'tirocinantes' (aprendizes), que responderam ao chamado missionário.

"Minhas palavras são para fazer um forte chamado missionário", enfatiza o Reitor-Mor, para depois assinalar:

"Temos vivido uma graça muito grande ao enviar 36 irmãos nesta 150ª expedição. Irmãos alguns maduros, de idade já de vida salesiana, irmãos que estiveram já em algum serviço nos lugares mais distantes da Congregação, ou jovens salesianos tirocinantes que sentem esse chamado e tem dito: ‘quero responder ao Senhor'".

Diz em seguida: "Faço meu forte chamado, convencido que temos que responder com generosidade".

O Padre Fernández Artime também ressalta que se hoje o carisma salesiano está em 134 países "se deve a que irmãos como estes foram por todos os lugares do mundo transmitindo o Evangelho e educando aos jovens".

"Se hoje a África é uma realidade salesiana forte, é porque em resposta ao Projeto África foram 327 os salesianos de todo o mundo que como missionários foram à África (...) Se hoje na Índia há 2.800 salesianos, é um dom de Deus; e é porque os primeiros salesianos foram grande missionários", acrescenta o Reitor-Mor.

Neste sentido o sucessor de Dom Bosco faz "um chamado entusiasta a cada irmão salesiano para que escute em seu coração se Deus lhe chama a este serviço ‘ad gentes', um serviço missionário e um chamado também à generosidade em todas as inspetorias".

"Não se pode dizer: ‘nós estamos bem, agora temos vocações, vamos desenvolver-nos'; não. Algo que vem muito em nossa essência é isto: desde o início Dom Bosco sonhou em enviar seus filhos a todos os lugares do mundo", continua o Padre Fernández Artime, para logo reiterar: "Esta paixão missionária hoje tem que ser tão forte e tão atual como nos tempos de Dom Bosco".

"Convido à generosidade, convido a responder ao chamado do Senhor e espero muitos dos comunicados de tantos irmãos que dirão: ‘eu sinto que o Senhor me chama'", conclui e eleva uma oração: "Que o Senhor siga suscitando belas vocações missionárias ‘ad gentes' e ‘ad vitam' em nossa Congregação". (EPC)

Loading
Reitor-Mor dos Salesianos chama a “responder com generosidade” o convite à Missão

Itália - Roma (Quarta-feira, 11-12-2019, Gaudium Press) O Reitor-Mor dos Salesianos, Padre Ángel Fernández Artime fez o tradicional chamado missionário à Congregação fundada por São João Bosco.

Através de uma vídeo-mensagem, publicada no dia 08 de dezembro, festa da Imaculada Conceição, o sucessor de Dom Bosco mostrou o livro com os nomes de todos os missionários salesianos que partiram em missão nas expedições que este ano cumpriram um século e meio de vida.

Reitor-Mor dos Salesianos chama a ?responder com generosidade? o convite à Missão.png

"Lhes saúdo, ao mesmo tempo que lhes apresento um autêntico tesouro que tenho em minhas mãos: é um livro, um livro do dicastério de Missões, que recolhe os nomes de todos os salesianos que foram enviados em algumas das expedições, até o dia de hoje 150 expedições, com exatamente 9.523 salesianos, contando os últimos 36 que saíram poucos dias atrás".

No livro se encontram nomes que são conhecidos dentro da Congregação, entre eles Cagliero, Costamgna, Caravaggio, e também os últimos jovens, os 'tirocinantes' (aprendizes), que responderam ao chamado missionário.

"Minhas palavras são para fazer um forte chamado missionário", enfatiza o Reitor-Mor, para depois assinalar:

"Temos vivido uma graça muito grande ao enviar 36 irmãos nesta 150ª expedição. Irmãos alguns maduros, de idade já de vida salesiana, irmãos que estiveram já em algum serviço nos lugares mais distantes da Congregação, ou jovens salesianos tirocinantes que sentem esse chamado e tem dito: ‘quero responder ao Senhor'".

Diz em seguida: "Faço meu forte chamado, convencido que temos que responder com generosidade".

O Padre Fernández Artime também ressalta que se hoje o carisma salesiano está em 134 países "se deve a que irmãos como estes foram por todos os lugares do mundo transmitindo o Evangelho e educando aos jovens".

"Se hoje a África é uma realidade salesiana forte, é porque em resposta ao Projeto África foram 327 os salesianos de todo o mundo que como missionários foram à África (...) Se hoje na Índia há 2.800 salesianos, é um dom de Deus; e é porque os primeiros salesianos foram grande missionários", acrescenta o Reitor-Mor.

Neste sentido o sucessor de Dom Bosco faz "um chamado entusiasta a cada irmão salesiano para que escute em seu coração se Deus lhe chama a este serviço ‘ad gentes', um serviço missionário e um chamado também à generosidade em todas as inspetorias".

"Não se pode dizer: ‘nós estamos bem, agora temos vocações, vamos desenvolver-nos'; não. Algo que vem muito em nossa essência é isto: desde o início Dom Bosco sonhou em enviar seus filhos a todos os lugares do mundo", continua o Padre Fernández Artime, para logo reiterar: "Esta paixão missionária hoje tem que ser tão forte e tão atual como nos tempos de Dom Bosco".

"Convido à generosidade, convido a responder ao chamado do Senhor e espero muitos dos comunicados de tantos irmãos que dirão: ‘eu sinto que o Senhor me chama'", conclui e eleva uma oração: "Que o Senhor siga suscitando belas vocações missionárias ‘ad gentes' e ‘ad vitam' em nossa Congregação". (EPC)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Cardeal Orani tem exortado os fiéis a seguirem o exemplo de São Sebastião e viverem a missionar ...
 
Celibato: carisma dado a alguns membros da Igreja, chamado para consagrar completamente a vida a Deu ...
 
O Caminho de Santiago de Compostela, cuja meta é a Catedral de Santiago, é conhecido também como ...
 
“A Assembleia da República manifesta o seu pesar pelos mais de 1.000 cristãos mortos em 2019 na ...
 
Seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Príncipe da Paz, Rei dos Reis, Senhor dos Senhores (Isaías 9-6 ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading