Loading
 
 
 
Loading
 
Catecismo da Igreja Católica é traduzido para dialeto africano mais falado em Angola
Loading
 
11 de Dezembro de 2019 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Angola - Luanda (Quarta-feira, 11-12-2019, Gaudium Press) Os católicos de Angola poderão contar com uma tradução do Catecismo da Igreja Católica para a língua Umbundu, o idioma mais falado no país depois do português, que é a língua oficial.

Catecismo da Igreja Católica é traduzido para dialeto africano mais falado em Angola.jpg

A obra foi traduzida pelo Arcebispo emérito da Arquidiocese do Huambo, Dom Francisco Viti, que ressaltou que o Catecismo da Igreja Católica é uma mensagem interpretada pela Santa Igreja e oferecida aos homens de boa vontade.

"É uma exposição da Fé Católica e da doutrina da Igreja. Os membros da Igreja consideram o seu catecismo como fiel e iluminado pela Sagrada Escritura, pela Tradição apostólica e pelo Magistério da Igreja", assegurou.

O prelado destacou que o Catecismo é um texto de referência, seguro e autêntico, para o ensino da Doutrina Católica, com o qual se pode conhecer o que a Igreja professa e celebra, vive e reza em seu quotidiano. Por este motivo, decidiu traduzir para o Umbundu, o idioma mais falado em Angola.

"A tradução foi muito difícil porque implicava terminologia filosófica, teológica, científica até o problema da Bioética", confessou Dom Francisco Viti

No livro estão os elementos fundamentais e essenciais da Fé Cristã, além de orientações para o católico comprometido com sua Fé. Ali também se oferece respostas aos que possuem alguma dúvida sobre a doutrina da Igreja Católica. (EPC)

Loading
Catecismo da Igreja Católica é traduzido para dialeto africano mais falado em Angola

Angola - Luanda (Quarta-feira, 11-12-2019, Gaudium Press) Os católicos de Angola poderão contar com uma tradução do Catecismo da Igreja Católica para a língua Umbundu, o idioma mais falado no país depois do português, que é a língua oficial.

Catecismo da Igreja Católica é traduzido para dialeto africano mais falado em Angola.jpg

A obra foi traduzida pelo Arcebispo emérito da Arquidiocese do Huambo, Dom Francisco Viti, que ressaltou que o Catecismo da Igreja Católica é uma mensagem interpretada pela Santa Igreja e oferecida aos homens de boa vontade.

"É uma exposição da Fé Católica e da doutrina da Igreja. Os membros da Igreja consideram o seu catecismo como fiel e iluminado pela Sagrada Escritura, pela Tradição apostólica e pelo Magistério da Igreja", assegurou.

O prelado destacou que o Catecismo é um texto de referência, seguro e autêntico, para o ensino da Doutrina Católica, com o qual se pode conhecer o que a Igreja professa e celebra, vive e reza em seu quotidiano. Por este motivo, decidiu traduzir para o Umbundu, o idioma mais falado em Angola.

"A tradução foi muito difícil porque implicava terminologia filosófica, teológica, científica até o problema da Bioética", confessou Dom Francisco Viti

No livro estão os elementos fundamentais e essenciais da Fé Cristã, além de orientações para o católico comprometido com sua Fé. Ali também se oferece respostas aos que possuem alguma dúvida sobre a doutrina da Igreja Católica. (EPC)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Cardeal Orani tem exortado os fiéis a seguirem o exemplo de São Sebastião e viverem a missionar ...
 
Celibato: carisma dado a alguns membros da Igreja, chamado para consagrar completamente a vida a Deu ...
 
O Caminho de Santiago de Compostela, cuja meta é a Catedral de Santiago, é conhecido também como ...
 
“A Assembleia da República manifesta o seu pesar pelos mais de 1.000 cristãos mortos em 2019 na ...
 
Seu nome: Maravilhoso, Conselheiro, Príncipe da Paz, Rei dos Reis, Senhor dos Senhores (Isaías 9-6 ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading