Loading
 
 
 
Loading
 
Costa do Marfim: 125 anos de evangelização
Loading
 
16 de Janeiro de 2020 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 16-01-2020, Gaudium Press) A Igreja católica na Costa do Marfim acaba de festejar 125 anos de evangelização. 

Costa do Marfim- 125 anos de evangelização-Foto WIKIPEDIA.jpg
Costa do Marfim: a Basílica de Nossa Senhora da Paz, de Yamoussoukro,
considerada uma das maiores Igrejas do mundo.
Foto: Wikipedia

Os sacerdotes e membros da Sociedade para as Missões Africanas (SMA) foram os pioneiros a estarem na obra missionária neste país que se situa no oeste da África.

Portanto, no Jubileu dos 125 anos da Igreja na Costa do Marfim, comemora-se também o jubileu das atividades da Sociedade para as Missões Africanas.

Figura emblemática de evangelizador no país

Entre as figuras emblemáticas dos padres da Sociedade para as Missões Africanas que marcaram a história da evangelização no país encontra-se Pe. Paul Pageaud, originário da França.

No último dia 5 de janeiro, Pe. Pageaud celebrou 60 anos de sacerdócio, 40 dos quais transcorridos como missionário na Costa do Marfim a serviço da evangelização deste país.

Totalmente dedicado ao serviço no campo pastoral, Padre Pageaud criou mais de 60 comunidades cristãs e formou mais de 120 catequistas.

Este sacerdote sempre foi comprometido com a formação dos seminaristas com o objetivo principal de formar o clero local.
Foi por isso que uma de suas obras foi construir o seminário propedêutico que já deu ao clero da Igreja na Costa do Marfim entre 350 e 400 sacerdotes.

Santuário mariano de Nossa Senhora da Libertação

Um dos projetos promovidos pelo missionário, que marcou a vida da Igreja na nação africana, foi a construção do Santuário mariano de Nossa Senhora da Libertação: uma obra de caráter e de estatura altamente espiritual que acolhe todos os anos de 50 a 60 mil peregrinos.

Conciliou contemplação e ação

"Pe. Pageaud conciliou contemplação e ação no campo da evangelização", resume para a agência missionária Fides seu confrade marfinense, Pe. Donald Zagore.

Padre Pageaud, hoje na França, "foi uma bênção para o país, em geral, e para a Igreja na Costa do Marfim, em particular. Para as novas gerações de missionários, ele permanece sendo um modelo a ser seguido", observa ainda o teólogo da Sociedade para as Missões Africanas, Pe. Zagore.

(ARM)

 

Loading
Costa do Marfim: 125 anos de evangelização

Cidade do Vaticano (Quinta-feira, 16-01-2020, Gaudium Press) A Igreja católica na Costa do Marfim acaba de festejar 125 anos de evangelização. 

Costa do Marfim- 125 anos de evangelização-Foto WIKIPEDIA.jpg
Costa do Marfim: a Basílica de Nossa Senhora da Paz, de Yamoussoukro,
considerada uma das maiores Igrejas do mundo.
Foto: Wikipedia

Os sacerdotes e membros da Sociedade para as Missões Africanas (SMA) foram os pioneiros a estarem na obra missionária neste país que se situa no oeste da África.

Portanto, no Jubileu dos 125 anos da Igreja na Costa do Marfim, comemora-se também o jubileu das atividades da Sociedade para as Missões Africanas.

Figura emblemática de evangelizador no país

Entre as figuras emblemáticas dos padres da Sociedade para as Missões Africanas que marcaram a história da evangelização no país encontra-se Pe. Paul Pageaud, originário da França.

No último dia 5 de janeiro, Pe. Pageaud celebrou 60 anos de sacerdócio, 40 dos quais transcorridos como missionário na Costa do Marfim a serviço da evangelização deste país.

Totalmente dedicado ao serviço no campo pastoral, Padre Pageaud criou mais de 60 comunidades cristãs e formou mais de 120 catequistas.

Este sacerdote sempre foi comprometido com a formação dos seminaristas com o objetivo principal de formar o clero local.
Foi por isso que uma de suas obras foi construir o seminário propedêutico que já deu ao clero da Igreja na Costa do Marfim entre 350 e 400 sacerdotes.

Santuário mariano de Nossa Senhora da Libertação

Um dos projetos promovidos pelo missionário, que marcou a vida da Igreja na nação africana, foi a construção do Santuário mariano de Nossa Senhora da Libertação: uma obra de caráter e de estatura altamente espiritual que acolhe todos os anos de 50 a 60 mil peregrinos.

Conciliou contemplação e ação

"Pe. Pageaud conciliou contemplação e ação no campo da evangelização", resume para a agência missionária Fides seu confrade marfinense, Pe. Donald Zagore.

Padre Pageaud, hoje na França, "foi uma bênção para o país, em geral, e para a Igreja na Costa do Marfim, em particular. Para as novas gerações de missionários, ele permanece sendo um modelo a ser seguido", observa ainda o teólogo da Sociedade para as Missões Africanas, Pe. Zagore.

(ARM)

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/107109-Costa-do-Marfim--125-anos-de-evangelizacao. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A alegria verdadeira brota de um coração puro que ama a Deus e ao próximo, tem a consciência tra ...
 
A iniciativa, que é aberta a toda comunidade, não apenas aos jovens, já reuniu mais de 700 pessoa ...
 
O Bispo de Braga, Dom Jorge Ortiga expressou em seu perfil no Twitter sentir uma "tristeza de morte" ...
 
Todos batizados “somos convidados a defender de maneira especial a vida por nascer”. ...
 
O decreto de concessão do título foi assinado pela Sagrada Congregação do Culto Divino e Discipl ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading