Loading
 
 
 
Loading
 
Papa recebe Pescadores em Audiência particular
Loading
 
21 de Janeiro de 2020 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Terça-feira, 21-01-2020, Gaudium Press) No último sábado -18/01-, para encerrar o conjunto das Audiências do dia, o Papa Francisco recebeu na Sala Clementina, no Vaticano, uma delegação de 70 pescadores vindos de San Benedetto del Tronto, uma cidade localizada na região italiana das Marcas.

 

Papa recebe Pescadores em Audiência particular-Foto-Arquivo Gaudium Press.jpg
Os primeiros discípulos eram pescadores.
Jesus os chamou enquanto lançavam
suas redes às margens do Lago da Galileia.
Foto: Arquivo Gaudium Press

Não perder a esperança: "Coragem não lhes falta!"

Francisco exortou os pescadores, suas famílias e acompanhantes, a não perder a esperança diante dos inconvenientes e incertezas, que infelizmente enfrentam: "Coragem não lhes falta!".

"Vocês pertencem a uma categoria significativa na vida social na região das Marcas.
No progresso, que caracteriza a sociedade moderna, o pescador pode se sentir, às vezes, tentado pelo desejo de um trabalho mais seguro em terra firme.
No entanto, quem nasceu à beira-mar não pode erradicar esta realidade do seu coração"
.

Estas foram palavras do Papa ao recordar aos pescadores o trabalho diário que realizam os pescadores, que enfrentam tantos sacrifícios e perigos, para levar o sustento para suas famílias.

O Papa disse também que o trabalho por eles realizado, enfrentando o mar, muitas vezes, é arriscado, árduo e perigoso e, por isso, deve ser valorizado e também defendidos seus direitos e aspirações.

Pescadores da Galileia

Depois de elogiar e incentivar uma iniciativa de preservação do fundo mar, promovida por associações e autoridades da região de onde vieram, o Papa Francisco recordou que
"a pesca é um trabalho antigo" e que os Evangelhos narram uma série de acontecimentos sobre a vida e o mundo dos pescadores.

Realmente, os primeiros discípulos de Jesus eram pescadores.
Jesus os chamou para segui-lo enquanto lançavam suas redes às margens do Lago da Galileia.

Sentir a presença espiritual do Senhor

O Papa ponderou:

"Imagino que, também hoje, muitos de vocês cristãos sentem a presença espiritual do Senhor ao seu lado. A sua fé gera valores preciosos: a religiosidade popular, expressa na confiança em Deus, na oração e na educação cristã dos seus filhos; a estima pela família; o senso de solidariedade e ajuda mútua em suas necessidades. Não percam estes valores!"
Encerrando seu contato com os pescadores de San Benedetto del Tronto, Francisco invocou sobre todos a proteção da Virgem Maria, por eles venerada como "Nossa Senhora do Mar"
, e do seu padroeiro São Francisco de Paula, o Eremita da Caridade.
(ARM)

 

Loading
Papa recebe Pescadores em Audiência particular

Cidade do Vaticano (Terça-feira, 21-01-2020, Gaudium Press) No último sábado -18/01-, para encerrar o conjunto das Audiências do dia, o Papa Francisco recebeu na Sala Clementina, no Vaticano, uma delegação de 70 pescadores vindos de San Benedetto del Tronto, uma cidade localizada na região italiana das Marcas.

 

Papa recebe Pescadores em Audiência particular-Foto-Arquivo Gaudium Press.jpg
Os primeiros discípulos eram pescadores.
Jesus os chamou enquanto lançavam
suas redes às margens do Lago da Galileia.
Foto: Arquivo Gaudium Press

Não perder a esperança: "Coragem não lhes falta!"

Francisco exortou os pescadores, suas famílias e acompanhantes, a não perder a esperança diante dos inconvenientes e incertezas, que infelizmente enfrentam: "Coragem não lhes falta!".

"Vocês pertencem a uma categoria significativa na vida social na região das Marcas.
No progresso, que caracteriza a sociedade moderna, o pescador pode se sentir, às vezes, tentado pelo desejo de um trabalho mais seguro em terra firme.
No entanto, quem nasceu à beira-mar não pode erradicar esta realidade do seu coração"
.

Estas foram palavras do Papa ao recordar aos pescadores o trabalho diário que realizam os pescadores, que enfrentam tantos sacrifícios e perigos, para levar o sustento para suas famílias.

O Papa disse também que o trabalho por eles realizado, enfrentando o mar, muitas vezes, é arriscado, árduo e perigoso e, por isso, deve ser valorizado e também defendidos seus direitos e aspirações.

Pescadores da Galileia

Depois de elogiar e incentivar uma iniciativa de preservação do fundo mar, promovida por associações e autoridades da região de onde vieram, o Papa Francisco recordou que
"a pesca é um trabalho antigo" e que os Evangelhos narram uma série de acontecimentos sobre a vida e o mundo dos pescadores.

Realmente, os primeiros discípulos de Jesus eram pescadores.
Jesus os chamou para segui-lo enquanto lançavam suas redes às margens do Lago da Galileia.

Sentir a presença espiritual do Senhor

O Papa ponderou:

"Imagino que, também hoje, muitos de vocês cristãos sentem a presença espiritual do Senhor ao seu lado. A sua fé gera valores preciosos: a religiosidade popular, expressa na confiança em Deus, na oração e na educação cristã dos seus filhos; a estima pela família; o senso de solidariedade e ajuda mútua em suas necessidades. Não percam estes valores!"
Encerrando seu contato com os pescadores de San Benedetto del Tronto, Francisco invocou sobre todos a proteção da Virgem Maria, por eles venerada como "Nossa Senhora do Mar"
, e do seu padroeiro São Francisco de Paula, o Eremita da Caridade.
(ARM)

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/107182-Papa-recebe-Pescadores-em-Audiencia-particular. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

"Que Salesianos para os jovens de hoje?" é o tema do 28º Capítulo Geral dos Salesianos, iniciado ...
 
O Instituto S. João de Deus recusará praticar a eutanásia em todas as suas unidades. ...
 
A Basílica de Nossa Senhora de Guadalupe no México acolherá os eventos centrais desta edição do ...
 
De 16 de fevereiro de 2020 a 16 de fevereiro de 2021 será o Ano Jubilar da Província Eclesiástica ...
 
Em 2022 se celebrará o centenário dos Camilianos no Brasil e os religiosos já estão com uma gran ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading