Loading
 
 
 
Loading
 
Time de Futebol Americano vai ajudar Multinacional do aborto
Loading
 
22 de Janeiro de 2020 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Washington - EUA (Quarta-feira, 22-01-2020, Gaudium Press) A organização abortista "Planned Parenthood", que tem sua sede nos Estados Unidos e como alvo constante a ser atingido a comunidade latino-americana residente nos Estados Unidos acaba de receber a adesão de um novo e inesperado contribuinte para executar suas escusas metas.

Time de Futebol Americano vai ajudar Multinacional do aborto-Foto Divulgação .jpg
Planned Parenthood recebeu US$ 616,8 milhões
no ano passado e já fez 345 mil abortos.
Foto Green Bay Packers Foundation

A partir de agora ela passa a contar com o apoio e colaboração financeira dos "Green Bay Packers", um conhecido e rico time de futebol americano.

Quem receberá a ajuda

O ‘National Catholic Register', informou que em dezembro de 2019, a Green Bay Packers Foundation anunciou que a filial de "Planned Parenthood" em Wisconsin seria uma das organizações que receberiam ajuda financeira do clube.

Segundo a "Fox 11 News", a ajuda é de 3 mil a 6 mil dólares que deverá ser usada no programa abortista "Cuidando-nos, cresceremos mais saudáveis (CCmáS)".

Ajuda ao "CCmáS"

Esse programa abortista oferece 50 dólares em dinheiro para as famílias latinas que organizarem uma pequena reunião em suas casas, na qual a "Planned Parenthood" se dirige a eles e seus amigos presentes tratando de temas como sexualidade, obrigação de se envolver na sociedade e comunicação com o governo, tudo dentro de um enfoque próprio para favorecer o aborto.

Dan Miller, diretor de Pro-Life Wisconsin, disse que "Esta ajuda é uma paródia para todas as pessoas boas de Wisconsin que admiram os Packers desde a época de Vince Lombardi, um importante treinador católico", já falecido. Por que eles fazem isso?", perguntou.

Tanya Atkison, presidente e CEO de Planned Parenthood Wisconsin, disse a "Fox 11 News" que o programa "CCmáS" busca ajudar as mulheres a combater o câncer que "duplicará nos próximos 10 anos".

Sobre essa afirmação Dan Miller, do Pro Life, disse que "chamaria o programa CCerp, porque o programa não ajuda em nada ao combate ao câncer na comunidade latina", mas foca em outros temas.

Números

O líder pró-vida assinalou que o principal foco do programa de Planned Parenthood é o aborto, "sua principal fonte de dinheiro para sua conta bancária".

Segundo os últimos dois relatórios de Planned Parenthood de Wisconsin, a organização realizou 500 abortos a mais em 2018 com relação a 2017.

Miller também disse a NCR que, entre 2015 e 2019, ajudou a salvar 620 bebês do aborto, mas também foi testemunho do aborto de mais de 15 mil bebês, "esse é um imenso peso espiritual".

A Planned Parenthood de Wisconsin não respondeu a NCR, que lhe pediu uma declaração sobre este tema.

Mallory Quigley, vice-presidente de comunicação do grupo pró-vida Susan B. Anthony List, disse que "Esta iniciativa é outro exemplo da agenda política de Planned Parenthood. Como a maior organização provedora de abortos do mundo, fez 345 mil abortos e recebeu 616,8 milhões de dólares dos contribuintes somente no ano passado", disse.

(JSG)

 

Loading
Time de Futebol Americano vai ajudar Multinacional do aborto

Washington - EUA (Quarta-feira, 22-01-2020, Gaudium Press) A organização abortista "Planned Parenthood", que tem sua sede nos Estados Unidos e como alvo constante a ser atingido a comunidade latino-americana residente nos Estados Unidos acaba de receber a adesão de um novo e inesperado contribuinte para executar suas escusas metas.

Time de Futebol Americano vai ajudar Multinacional do aborto-Foto Divulgação .jpg
Planned Parenthood recebeu US$ 616,8 milhões
no ano passado e já fez 345 mil abortos.
Foto Green Bay Packers Foundation

A partir de agora ela passa a contar com o apoio e colaboração financeira dos "Green Bay Packers", um conhecido e rico time de futebol americano.

Quem receberá a ajuda

O ‘National Catholic Register', informou que em dezembro de 2019, a Green Bay Packers Foundation anunciou que a filial de "Planned Parenthood" em Wisconsin seria uma das organizações que receberiam ajuda financeira do clube.

Segundo a "Fox 11 News", a ajuda é de 3 mil a 6 mil dólares que deverá ser usada no programa abortista "Cuidando-nos, cresceremos mais saudáveis (CCmáS)".

Ajuda ao "CCmáS"

Esse programa abortista oferece 50 dólares em dinheiro para as famílias latinas que organizarem uma pequena reunião em suas casas, na qual a "Planned Parenthood" se dirige a eles e seus amigos presentes tratando de temas como sexualidade, obrigação de se envolver na sociedade e comunicação com o governo, tudo dentro de um enfoque próprio para favorecer o aborto.

Dan Miller, diretor de Pro-Life Wisconsin, disse que "Esta ajuda é uma paródia para todas as pessoas boas de Wisconsin que admiram os Packers desde a época de Vince Lombardi, um importante treinador católico", já falecido. Por que eles fazem isso?", perguntou.

Tanya Atkison, presidente e CEO de Planned Parenthood Wisconsin, disse a "Fox 11 News" que o programa "CCmáS" busca ajudar as mulheres a combater o câncer que "duplicará nos próximos 10 anos".

Sobre essa afirmação Dan Miller, do Pro Life, disse que "chamaria o programa CCerp, porque o programa não ajuda em nada ao combate ao câncer na comunidade latina", mas foca em outros temas.

Números

O líder pró-vida assinalou que o principal foco do programa de Planned Parenthood é o aborto, "sua principal fonte de dinheiro para sua conta bancária".

Segundo os últimos dois relatórios de Planned Parenthood de Wisconsin, a organização realizou 500 abortos a mais em 2018 com relação a 2017.

Miller também disse a NCR que, entre 2015 e 2019, ajudou a salvar 620 bebês do aborto, mas também foi testemunho do aborto de mais de 15 mil bebês, "esse é um imenso peso espiritual".

A Planned Parenthood de Wisconsin não respondeu a NCR, que lhe pediu uma declaração sobre este tema.

Mallory Quigley, vice-presidente de comunicação do grupo pró-vida Susan B. Anthony List, disse que "Esta iniciativa é outro exemplo da agenda política de Planned Parenthood. Como a maior organização provedora de abortos do mundo, fez 345 mil abortos e recebeu 616,8 milhões de dólares dos contribuintes somente no ano passado", disse.

(JSG)

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/107202-Time-de-Futebol-Americano-vai-ajudar-Multinacional-do-aborto. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Um Anjo abriu as portas da prisão e ordenou aos Apóstolos que se dirigissem ao Templo para pregar ...
 
Do encontro da Academia Pontifícia para a Vida devem participar expoentes do mundo cibernético e d ...
 
A invocação de Nossa Senhora de Flores, acompanhará a expedição da NASA Mars 2020, que será co ...
 
As amarguras na vida do sacerdote surgem de problemas com a fé, com o bispo e problemas entre sacer ...
 
Sob o nome de ‘52 Sundays' (52 Domingos), a iniciativa se apoia nas novas tecnologias para motivar ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading