Loading
 
 
 
Loading
 
“Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens”
Loading
 
24 de Janeiro de 2020 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Redação (Sexta-feira, 24-01-2020, Gaudium Press) No Terceiro Domingo do Tempo Comum a liturgia indica a leitura de um trecho do Evangelho de São Mateus (4,12-23) onde Jesus faz uma "pescaria admirável.

Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens-Foto VaticanNews.jpeg
Eles, imediatamente deixaram as redes e o seguiram.
Foto: VaticanNews

Primeiramente o Salvador viu Pedro e seu irmão André e os chamou para serem "pescadores de homens".

Eles, imediatamente deixaram as redes e o seguiram.

Depois Jesus viu outros dois irmãos: Tiago e João e os chamou.

Eles também deixaram suas redes e O seguiram.

O episódio no Evangelho

A narração deste episódio nós podemos vê-la em São Mateus no capítulo 4 de seu Evangelho:

18 Quando Jesus andava à beira do mar da Galileia, viu dois irmãos: Simão, chamado Pedro, e seu irmão André. Estavam lançando a rede ao mar, pois eram pescadores.

19 Jesus disse a eles: 'Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens.'

20 Eles, imediatamente deixaram as redes e o seguiram.

21 Caminhando um pouco mais, Jesus viu outros dois irmãos: Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João. Estavam na barca com seu pai Zebedeu consertando as redes. Jesus os chamou. 22Eles, imediatamente deixaram a barca e o pai, e o seguiram.

Comentário de um Santo

Melhor que nós mesmos comentarmos este trecho do Evangelho e ouvirmos o que nos diz um grande Santo.

Vamos, então, ouvir o que disse em seus Comentários ao Evangelho (345-407) aquele Doutor da Igreja que foi Presbítero na Antioquia e depois Bispo de Constantinopla: São João Crisóstomo.

O que diz, então, São João Crisóstomo nas "Homilias sobre o Evangelho de Mateus" (n°14, 2) ?

Admirai a fé e a obediência dos discípulos

"Vinde Comigo e Eu farei de vós pescadores de homens"Que pescaria admirável a do Salvador! 

Admirai a fé e a obediência dos discípulos.

Como sabeis, a pesca exige uma atenção ininterrupta.

Ora, no meio da sua labuta, eles ouvem o chamamento de Jesus e não hesitam um instante; não dizem: ‘Deixa-nos ir a casa falar com a nossa família'.

Não, eles deixam tudo e seguem-n'O, como Eliseu fizera com Elias (1R 19, 20).

Esta é a obediência que Cristo nos pede, sem a menor hesitação, mesmo que necessidades aparentemente mais urgentes nos pressionem.

É por isso que quando um jovem que queria segui-l'O perguntou se podia ir sepultar o pai, nem isso Ele o deixou fazer (Mt 8, 21).

Seguir Jesus, obedecer à Sua palavra, é um dever que tem prioridade sobre todos os outros.

Promessa grande, Fé enorme

Dir-me-ás talvez que a promessa que Ele lhes fazia era demasiado grande?

É por isso que os admiro tanto: embora não tendo ainda assistido a nenhum milagre, eles acreditaram nessa promessa tão grande e renunciaram a tudo para O seguir!

Foi porque acreditaram que, com as mesmas palavras com que eles próprios haviam sido como que pescados, também eles poderiam pescar outros.
(ARM)

 

Loading
“Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens”

Redação (Sexta-feira, 24-01-2020, Gaudium Press) No Terceiro Domingo do Tempo Comum a liturgia indica a leitura de um trecho do Evangelho de São Mateus (4,12-23) onde Jesus faz uma "pescaria admirável.

Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens-Foto VaticanNews.jpeg
Eles, imediatamente deixaram as redes e o seguiram.
Foto: VaticanNews

Primeiramente o Salvador viu Pedro e seu irmão André e os chamou para serem "pescadores de homens".

Eles, imediatamente deixaram as redes e o seguiram.

Depois Jesus viu outros dois irmãos: Tiago e João e os chamou.

Eles também deixaram suas redes e O seguiram.

O episódio no Evangelho

A narração deste episódio nós podemos vê-la em São Mateus no capítulo 4 de seu Evangelho:

18 Quando Jesus andava à beira do mar da Galileia, viu dois irmãos: Simão, chamado Pedro, e seu irmão André. Estavam lançando a rede ao mar, pois eram pescadores.

19 Jesus disse a eles: 'Segui-me, e eu farei de vós pescadores de homens.'

20 Eles, imediatamente deixaram as redes e o seguiram.

21 Caminhando um pouco mais, Jesus viu outros dois irmãos: Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João. Estavam na barca com seu pai Zebedeu consertando as redes. Jesus os chamou. 22Eles, imediatamente deixaram a barca e o pai, e o seguiram.

Comentário de um Santo

Melhor que nós mesmos comentarmos este trecho do Evangelho e ouvirmos o que nos diz um grande Santo.

Vamos, então, ouvir o que disse em seus Comentários ao Evangelho (345-407) aquele Doutor da Igreja que foi Presbítero na Antioquia e depois Bispo de Constantinopla: São João Crisóstomo.

O que diz, então, São João Crisóstomo nas "Homilias sobre o Evangelho de Mateus" (n°14, 2) ?

Admirai a fé e a obediência dos discípulos

"Vinde Comigo e Eu farei de vós pescadores de homens"Que pescaria admirável a do Salvador! 

Admirai a fé e a obediência dos discípulos.

Como sabeis, a pesca exige uma atenção ininterrupta.

Ora, no meio da sua labuta, eles ouvem o chamamento de Jesus e não hesitam um instante; não dizem: ‘Deixa-nos ir a casa falar com a nossa família'.

Não, eles deixam tudo e seguem-n'O, como Eliseu fizera com Elias (1R 19, 20).

Esta é a obediência que Cristo nos pede, sem a menor hesitação, mesmo que necessidades aparentemente mais urgentes nos pressionem.

É por isso que quando um jovem que queria segui-l'O perguntou se podia ir sepultar o pai, nem isso Ele o deixou fazer (Mt 8, 21).

Seguir Jesus, obedecer à Sua palavra, é um dever que tem prioridade sobre todos os outros.

Promessa grande, Fé enorme

Dir-me-ás talvez que a promessa que Ele lhes fazia era demasiado grande?

É por isso que os admiro tanto: embora não tendo ainda assistido a nenhum milagre, eles acreditaram nessa promessa tão grande e renunciaram a tudo para O seguir!

Foi porque acreditaram que, com as mesmas palavras com que eles próprios haviam sido como que pescados, também eles poderiam pescar outros.
(ARM)

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/107238--ldquo-Segui-me--e-eu-farei-de-vos-pescadores-de-homens-rdquo-. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Quarta-Feira de Cinzas: seriedade, recolhimento, preparação das almas para receberem Cristo na P ...
 
Em sua proposta, a urista e teóloga Maria Garabis Davis afirmou que esta iniciativa a levou de uma ...
 
De acordo com o Decreto ‘Enchiridion Indulgentiarum' da Penitenciaria Apostólica, "ao fiel crist ...
 
Pontos que é bom saber para viver intensamente este tempo de preparação para Páscoa. ...
 
O Cardeal Raymundo Damasceno Assis, Arcebispo Emérito de Aparecida e Comissário, iniciou sua visit ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading