Loading
 
 
 
Loading
 
Jesus é mestre que ensina, modelo a imitar, beleza a admirar
Loading
 
14 de Fevereiro de 2020 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Frederico Westphalen (RS) (Sexta-feira, 14-02-2020, Gaudium Press) Comentando o Evangelho do próximo domingo, Mateus 5,17-37, Dom Antônio Carlos Rossi Keller afirmou que cumprir os mandamentos é professar a fé na vida de cada dia. É fiar-nos nos ensinamentos de Jesus e deixar-nos guiar por Ele.

 

Jesus é mestre que ensina, modelo a imitar, beleza a admirar-Foto Arquivo Gaudium Press.jpg
Deus escreveu no coração do homem a Sua Lei e deu os Dez Mandamentos.
Foto: Arquivo Gaudium Press

Jesus não veio revogar os mandamentos

Dom Keller recorda que no Evangelho deste 6º Domingo do Tempo Comum, Nosso Senhor nos diz que não veio revogar os mandamentos dados por Deus a Moisés. Veio ensinar-nos a cumpri-los com mais perfeição, com mais exigência:

"Deus escreveu no coração do homem a Sua Lei. É a chamada lei natural que todos os homens podem conhecer. Todos podem saber, por exemplo, que matar é um mal. Não é preciso ser cristão para se dar conta disto.

Falando a Moisés no Monte Sinai, Deus deu os Dez Mandamentos.

Foi uma ajuda para que o povo de Israel pudesse conhecer melhor a lei inscrita no coração de todos os homens. Como os pais com os filhos pequenos, Deus foi ensinando pouco a pouco a humanidade através dos profetas. Com a vinda de Jesus manifestou de modo pleno a Sua sabedoria, convidando todos os homens à santidade, imitando a vida de Jesus nos afazeres do dia a dia.

Jesus é Mestre e Modelo

O Bispo de Frederico Westphalen diz que Jesus é não apenas o mestre que ensina, mas é também o modelo que havemos de imitar.

O Prelado recorda que Jesus ensina no Evangelho (Mateus 5,17-37" como devemos cumprir os mandamentos com todas as suas exigências. E para isso, Jesus nos diz: "Dou-vos um mandamento novo: amai-vos uns aos outros como Eu vos amei".

Lembra-nos que o mais importante da Lei é amar a Deus com todo o coração e amar o próximo como a si mesmo.

O amor é o pleno cumprimento da Lei de Deus

O amor é o pleno cumprimento da Lei de Deus (Romanos 13,10), diz São Paulo, lembra o Bispo para explicar:

"Cumprir os mandamentos é encher-nos da sabedoria de Deus.
Ele é um Pai muito sábio e muito atento aos Seus filhos. Indica-nos o caminho para sermos felizes aqui na terra e, depois, um dia para sempre no céu.

Esse caminho é o dos mandamentos.

Às vezes os homens pensam que sabem mais do que Ele, desobedecem a Deus como os nossos primeiros pais e acabam por dar conta que se deixaram enganar pelo demônio ou pelos conselhos dos outros ou pelas suas próprias más inclinações. "

A importância de ter alguém para indicar o Céu

Referindo-se ao salmo responsorial, Salmo 118, Dom Rossi Keller diz que ele é um hino de louvor à Lei de Deus:

"Abri, Senhor os meus olhos para ver as maravilhas da Vossa lei".

"Se precisamos de quem nos indique caminhos e estradas para percorrer este mundo, ainda mais importante é termos quem nos aponte os caminhos para chegar ao céu. E Jesus continua a fazê-lo através dos sacerdotes, através da Sua Igreja. "

Dando continuidade a suas breves considerações sobre a liturgia do 6º Domingo do Tempo Comum, o Prelado fez uma especial menção à 2ª Leitura do dia que é tirada da 1ª Carta de São Paulo aos Coríntios:

"É uma exortação do Apóstolo das Gentes para aquela Comunidade cristã, que sofria pelas divisões nela existentes.

São Paulo ensina àquela Comunidade que toda a divisão se fundamenta em um desconhecimento do mistério revelado em Cristo crucificado.

O Mistério da morte de Jesus teve como objetivo o de reconduzir a Cristo todas as coisas, e tornar Cristo esperança da glória para todos.

Na Igreja, todas as divisões fazem dos cristãos pessoas coniventes com aqueles que crucificaram a Jesus.
Jamais, na Igreja, podemos perder de vista esta questão, que é a da importância da Unidade entre todos", comenta Dom Antônio Carlos, encerrando seus comentários.

(JSG)

 

Loading
Jesus é mestre que ensina, modelo a imitar, beleza a admirar

Frederico Westphalen (RS) (Sexta-feira, 14-02-2020, Gaudium Press) Comentando o Evangelho do próximo domingo, Mateus 5,17-37, Dom Antônio Carlos Rossi Keller afirmou que cumprir os mandamentos é professar a fé na vida de cada dia. É fiar-nos nos ensinamentos de Jesus e deixar-nos guiar por Ele.

 

Jesus é mestre que ensina, modelo a imitar, beleza a admirar-Foto Arquivo Gaudium Press.jpg
Deus escreveu no coração do homem a Sua Lei e deu os Dez Mandamentos.
Foto: Arquivo Gaudium Press

Jesus não veio revogar os mandamentos

Dom Keller recorda que no Evangelho deste 6º Domingo do Tempo Comum, Nosso Senhor nos diz que não veio revogar os mandamentos dados por Deus a Moisés. Veio ensinar-nos a cumpri-los com mais perfeição, com mais exigência:

"Deus escreveu no coração do homem a Sua Lei. É a chamada lei natural que todos os homens podem conhecer. Todos podem saber, por exemplo, que matar é um mal. Não é preciso ser cristão para se dar conta disto.

Falando a Moisés no Monte Sinai, Deus deu os Dez Mandamentos.

Foi uma ajuda para que o povo de Israel pudesse conhecer melhor a lei inscrita no coração de todos os homens. Como os pais com os filhos pequenos, Deus foi ensinando pouco a pouco a humanidade através dos profetas. Com a vinda de Jesus manifestou de modo pleno a Sua sabedoria, convidando todos os homens à santidade, imitando a vida de Jesus nos afazeres do dia a dia.

Jesus é Mestre e Modelo

O Bispo de Frederico Westphalen diz que Jesus é não apenas o mestre que ensina, mas é também o modelo que havemos de imitar.

O Prelado recorda que Jesus ensina no Evangelho (Mateus 5,17-37" como devemos cumprir os mandamentos com todas as suas exigências. E para isso, Jesus nos diz: "Dou-vos um mandamento novo: amai-vos uns aos outros como Eu vos amei".

Lembra-nos que o mais importante da Lei é amar a Deus com todo o coração e amar o próximo como a si mesmo.

O amor é o pleno cumprimento da Lei de Deus

O amor é o pleno cumprimento da Lei de Deus (Romanos 13,10), diz São Paulo, lembra o Bispo para explicar:

"Cumprir os mandamentos é encher-nos da sabedoria de Deus.
Ele é um Pai muito sábio e muito atento aos Seus filhos. Indica-nos o caminho para sermos felizes aqui na terra e, depois, um dia para sempre no céu.

Esse caminho é o dos mandamentos.

Às vezes os homens pensam que sabem mais do que Ele, desobedecem a Deus como os nossos primeiros pais e acabam por dar conta que se deixaram enganar pelo demônio ou pelos conselhos dos outros ou pelas suas próprias más inclinações. "

A importância de ter alguém para indicar o Céu

Referindo-se ao salmo responsorial, Salmo 118, Dom Rossi Keller diz que ele é um hino de louvor à Lei de Deus:

"Abri, Senhor os meus olhos para ver as maravilhas da Vossa lei".

"Se precisamos de quem nos indique caminhos e estradas para percorrer este mundo, ainda mais importante é termos quem nos aponte os caminhos para chegar ao céu. E Jesus continua a fazê-lo através dos sacerdotes, através da Sua Igreja. "

Dando continuidade a suas breves considerações sobre a liturgia do 6º Domingo do Tempo Comum, o Prelado fez uma especial menção à 2ª Leitura do dia que é tirada da 1ª Carta de São Paulo aos Coríntios:

"É uma exortação do Apóstolo das Gentes para aquela Comunidade cristã, que sofria pelas divisões nela existentes.

São Paulo ensina àquela Comunidade que toda a divisão se fundamenta em um desconhecimento do mistério revelado em Cristo crucificado.

O Mistério da morte de Jesus teve como objetivo o de reconduzir a Cristo todas as coisas, e tornar Cristo esperança da glória para todos.

Na Igreja, todas as divisões fazem dos cristãos pessoas coniventes com aqueles que crucificaram a Jesus.
Jamais, na Igreja, podemos perder de vista esta questão, que é a da importância da Unidade entre todos", comenta Dom Antônio Carlos, encerrando seus comentários.

(JSG)

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/107586-Jesus-e-mestre-que-ensina--modelo-a-imitar--beleza-a-admirar. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A alegria verdadeira brota de um coração puro que ama a Deus e ao próximo, tem a consciência tra ...
 
A iniciativa, que é aberta a toda comunidade, não apenas aos jovens, já reuniu mais de 700 pessoa ...
 
O Bispo de Braga, Dom Jorge Ortiga expressou em seu perfil no Twitter sentir uma "tristeza de morte" ...
 
Todos batizados “somos convidados a defender de maneira especial a vida por nascer”. ...
 
O decreto de concessão do título foi assinado pela Sagrada Congregação do Culto Divino e Discipl ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading