Loading
 
 
 
Loading
 
Venezuela celebra os 25 anos da primeira visita de João Paulo II ao país
Loading
 
28 de Janeiro de 2010 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 
papajoaopauloii.jpg
Existe "um antes e um depois" de João Paulo após visitar o país, diz Cáritas Venezuelana

Caracas (Quinta, 28-01-2010, Gaudium Press) A Igreja católica na Venezuela, por meio da Cáritas Venezuelana, celebra, desde a última terça-feira e até amanhã, os 25 anos da primeira visita do Papa João Paulo II ao país. Na ocasião, o pontífice exortou os venezuelanos a "penetrarem com o espírito do Evangelho a ordem social, econômica ou política" do país.

Ao recordar a passagem de João Paulo II pelo país, a Cáritas Venezuela afirmou que esta visita se converteu em um ponto de "referência indesculpável" na vida da Venezuela em um "antes e depois do Papa".

"A tarde de 26 de Janeiro de 1985 passaria definitivamente para a história da Venezuela e, sobretudo, da Igreja na Venezuela. Pela primeira vez um sucessor de Pedro saudava sorridente e prostrava-se, humildemente, para beijar a terra venezuelana", expressou a Cáritas.

Na ocasião, João Paulo II recordou aos venezuelanos que "a fé não deve apenas ser acreditada, mas também praticada e aplicada à vida".

O Santo Padre advertira também que o "divórcio entre fé e a vida diária" é um dos mais graves "enganos" desses tempos e, portanto, "obter a reativação prática da fé que supere essa incoerência é tarefa colossal" para o povo venezuelano.

"Ao interior da sociedade, sejam defensores dos grandes valores humanos e cristãos: o valor da vida, desde o momento da concepção, contra a violência, a estabilidade e unidade da família e a educação cristã", exortara o então Papa João Paulo II aos venezuelanos.

Loading
Venezuela celebra os 25 anos da primeira visita de João Paulo II ao país
papajoaopauloii.jpg
Existe "um antes e um depois" de João Paulo após visitar o país, diz Cáritas Venezuelana

Caracas (Quinta, 28-01-2010, Gaudium Press) A Igreja católica na Venezuela, por meio da Cáritas Venezuelana, celebra, desde a última terça-feira e até amanhã, os 25 anos da primeira visita do Papa João Paulo II ao país. Na ocasião, o pontífice exortou os venezuelanos a "penetrarem com o espírito do Evangelho a ordem social, econômica ou política" do país.

Ao recordar a passagem de João Paulo II pelo país, a Cáritas Venezuela afirmou que esta visita se converteu em um ponto de "referência indesculpável" na vida da Venezuela em um "antes e depois do Papa".

"A tarde de 26 de Janeiro de 1985 passaria definitivamente para a história da Venezuela e, sobretudo, da Igreja na Venezuela. Pela primeira vez um sucessor de Pedro saudava sorridente e prostrava-se, humildemente, para beijar a terra venezuelana", expressou a Cáritas.

Na ocasião, João Paulo II recordou aos venezuelanos que "a fé não deve apenas ser acreditada, mas também praticada e aplicada à vida".

O Santo Padre advertira também que o "divórcio entre fé e a vida diária" é um dos mais graves "enganos" desses tempos e, portanto, "obter a reativação prática da fé que supere essa incoerência é tarefa colossal" para o povo venezuelano.

"Ao interior da sociedade, sejam defensores dos grandes valores humanos e cristãos: o valor da vida, desde o momento da concepção, contra a violência, a estabilidade e unidade da família e a educação cristã", exortara o então Papa João Paulo II aos venezuelanos.

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/12979-Venezuela-celebra-os-25-anos-da-primeira-visita-de-Joao-Paulo-II-ao-pais. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O mistério da conservação do manto não é o único ao redor da imagem impressa de Nossa Senhora ...
 
A América Latina está reservada por Nossa Senhora para ser onde a glória do Reino d’Ela reluzir ...
 
Eu vos louvarei eternamente pelo que fizestes e cantarei vosso nome, na presença de vossos fiéis.. ...
 
Como São Paulo durante sua "peregrinação de encarcerado", interpretar o sofrimento com os olhos d ...
 
A obra foi traduzida pelo Arcebispo emérito da Arquidiocese do Huambo, Dom Francisco Viti, para a l ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading