Loading
 
 
 
Loading
 
Especial Via Sacra: VII Estação - Jesus cai pela segunda vez
Loading
 
26 de Março de 2010 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

 

VII Estação - Jesus cai pela segunda vez

Mons. João S.Clá Dias, EP

 

V/. Nós Vos adoramos, ó Cristo, e Vos bendizemos.

R/. Porque pela Vossa Santa Cruz remistes o mundo.
Não abriu a boca, como um cordeiro que se conduz ao matadouro, e uma ovelha muda nas mãos do tosquiador. O Senhor torna firmes os passos do homem e aprova os seus caminhos. Ainda que caia, não ficará prostrado, porque o Senhor o sustenta pela mão (Sl 36, 23-24).

Apesar do auxílio do Cireneu, o peso da cruz vai se tornando esmagador. Quem, ao cair pela segunda vez naquelas circunstâncias, não se deixaria permanecer no chão? Era a oportunidade para desistir. Mas Jesus quis levar até ao fim o holocausto. E como eram suaves aquelas pedras do caminho em comparação com os sofrimentos que ainda viriam pela frente...

Mais uma vez, quis Jesus mostrar-nos qual deve ser a extensão de nossa confiança, mesmo quando recaímos em nossas faltas. O Salvador está sempre disposto a nos perdoar. Tendo Ele assumido nossas culpas, jamais deixará de nos reerguer.

Pelos infinitos méritos dessa Vossa segunda queda, confirmai-me na Vossa graça, por Maria Santíssima eu Vo-lo imploro.

Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória.

V/. Sagrado Coração de Jesus, vítima dos pecadores.

R/. Tende piedade de nós.

V/. Pela misericórdia de Deus descansem em paz as almas dos fiéis defuntos.

R/. Amém.

 

Loading
Especial Via Sacra: VII Estação - Jesus cai pela segunda vez

 

VII Estação - Jesus cai pela segunda vez

Mons. João S.Clá Dias, EP

 

V/. Nós Vos adoramos, ó Cristo, e Vos bendizemos.

R/. Porque pela Vossa Santa Cruz remistes o mundo.
Não abriu a boca, como um cordeiro que se conduz ao matadouro, e uma ovelha muda nas mãos do tosquiador. O Senhor torna firmes os passos do homem e aprova os seus caminhos. Ainda que caia, não ficará prostrado, porque o Senhor o sustenta pela mão (Sl 36, 23-24).

Apesar do auxílio do Cireneu, o peso da cruz vai se tornando esmagador. Quem, ao cair pela segunda vez naquelas circunstâncias, não se deixaria permanecer no chão? Era a oportunidade para desistir. Mas Jesus quis levar até ao fim o holocausto. E como eram suaves aquelas pedras do caminho em comparação com os sofrimentos que ainda viriam pela frente...

Mais uma vez, quis Jesus mostrar-nos qual deve ser a extensão de nossa confiança, mesmo quando recaímos em nossas faltas. O Salvador está sempre disposto a nos perdoar. Tendo Ele assumido nossas culpas, jamais deixará de nos reerguer.

Pelos infinitos méritos dessa Vossa segunda queda, confirmai-me na Vossa graça, por Maria Santíssima eu Vo-lo imploro.

Pai-Nosso, Ave-Maria, Glória.

V/. Sagrado Coração de Jesus, vítima dos pecadores.

R/. Tende piedade de nós.

V/. Pela misericórdia de Deus descansem em paz as almas dos fiéis defuntos.

R/. Amém.

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/14221-Especial-Via-Sacra--VII-Estacao---Jesus-cai-pela-segunda-vez. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Bispo de Phoenix, Estados Unidos, Dom Thomas Olmsted, escreveu um artigo para analisar um dos tran ...
 
O Natal é a festa da gratuidade, recorda Arcebispo de Turim ...
 
Superior a tudo quanto foi criado, inferior somente à humanidade santíssima de Jesus, Maria recebe ...
 
O Ano Jubilar Mariano ocorre por ocasião dos 400 anos do encontro da sagrada imagem de Nossa Senhor ...
 
As velas acesas do Advento simbolizam nossa fé, nossa alegria, nossa esperança que não decepciona ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading