Loading
 
 
 
Loading
 
Senado presta homenagem aos 45 anos da Campanha da Fraternidade da CNBB
Loading
 
26 de Março de 2009 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Brasília (Quinta, 26-03-2009, Gaudium Press) Os 45 anos da Campanha da Fraternidade, promovida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), foram motivo de homenagem no Senado, ontem. "É com muita honra e privilégio que o Senado Federal abre a sessão especial em homenagem aos 45 anos da Campanha da Fraternidade", discursou o senador Marconi Perillo (PSDB-GO), que abriu a sessão.

Durante a homenagem, outros 15 parlamentares também se pronunciaram sobre a Campanha da Fraternidade e, principalmente, sobre a sua importância em âmbito nacional. "Milhares de brasileiros já nasceram vendo essa iniciativa da CNBB presente no país. É uma instituição que, como poucas, proporciona um debate tão sério e natural em nosso país", afirmou o senador Flávio Arns (PT-PR).

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) relembrou o centenário de dom Hélder Câmara e a importância do bispo na criação da Campanha da Fraternidade, em 1964. Por fim, pediu a urgente aprovação de projeto que estabelece pena para a exploração do trabalho escravo. "O trabalho escravo também se trata de uma forma de violência", explicou, em alusão ao tema deste ano da CF, "Fraternidade e Segurança Pública".

A solenidade no Senado Federal contou com a participação do secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Dimas Lara Barbosa; do núncio apostólico no Brasil, dom Lorenzo Baldisseri, e do assessor político da Conferência dos Bispos, Padre Ernanne Pinheiro, além de representantes de outras denominações religiosas, como budistas e evangélicos.

"A CNBB não quer apresentar receitas prontas, mas suscitar um debate na sociedade. É importante que as mais diversas realidades do Brasil possam receber a palavra de Deus e buscar soluções para combater a violência. Nosso objetivo é fazer um trabalho a partir da ótica da fé, uma vez que acreditamos com São Tiago que a ‘fé sem obras é morta'", concluiu dom Dimas, no encerramento da sessão.

 

Loading
Senado presta homenagem aos 45 anos da Campanha da Fraternidade da CNBB

Brasília (Quinta, 26-03-2009, Gaudium Press) Os 45 anos da Campanha da Fraternidade, promovida pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), foram motivo de homenagem no Senado, ontem. "É com muita honra e privilégio que o Senado Federal abre a sessão especial em homenagem aos 45 anos da Campanha da Fraternidade", discursou o senador Marconi Perillo (PSDB-GO), que abriu a sessão.

Durante a homenagem, outros 15 parlamentares também se pronunciaram sobre a Campanha da Fraternidade e, principalmente, sobre a sua importância em âmbito nacional. "Milhares de brasileiros já nasceram vendo essa iniciativa da CNBB presente no país. É uma instituição que, como poucas, proporciona um debate tão sério e natural em nosso país", afirmou o senador Flávio Arns (PT-PR).

O senador Eduardo Suplicy (PT-SP) relembrou o centenário de dom Hélder Câmara e a importância do bispo na criação da Campanha da Fraternidade, em 1964. Por fim, pediu a urgente aprovação de projeto que estabelece pena para a exploração do trabalho escravo. "O trabalho escravo também se trata de uma forma de violência", explicou, em alusão ao tema deste ano da CF, "Fraternidade e Segurança Pública".

A solenidade no Senado Federal contou com a participação do secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Dimas Lara Barbosa; do núncio apostólico no Brasil, dom Lorenzo Baldisseri, e do assessor político da Conferência dos Bispos, Padre Ernanne Pinheiro, além de representantes de outras denominações religiosas, como budistas e evangélicos.

"A CNBB não quer apresentar receitas prontas, mas suscitar um debate na sociedade. É importante que as mais diversas realidades do Brasil possam receber a palavra de Deus e buscar soluções para combater a violência. Nosso objetivo é fazer um trabalho a partir da ótica da fé, uma vez que acreditamos com São Tiago que a ‘fé sem obras é morta'", concluiu dom Dimas, no encerramento da sessão.

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/2977-Senado-presta-homenagem-aos-45-anos-da-Campanha-da-Fraternidade-da-CNBB. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Cardeal Zen Ze-kiun, afirmou que o governo comunista chinês quer a rendição do Vaticano. ...
 
O caso acontece duas semanas após o assassinato de Michael Nnadi. Seminarista que havia sido seques ...
 
Papa: para os diplomatas vaticanos será necessária a realização de uma ação missionária de um ...
 
A ideia nasceu do desejo de tornar público o melhor das coleções e ter a maneira de dar a conhece ...
 
Os cardeais Conselheiros reúnem-se nesses três dias com o Papa para a 33ª Reunião do Conselho de ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading