Loading
 
 
 
Loading
 
Pátio do Colégio, marco zero de São Paulo, recebe missa do Domingo de Ramos
Loading
 
5 de Abril de 2009 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

São Paulo (Domingo, 05-04-2009, Gaudium Press) Às 13h30, no Pátio do Colégio - região histórica da cidade de São Paulo - nas redondezas da Catedral da Sé, já era possível presenciar a aglutinação de jovens. Aos poucos, mais pessoas se juntavam e a multidão começava a se formar. Os ramos de palmeira levantados ao céu indicavam o motivo e a ocasião: a celebração do Domingo de Ramos.

O dia pelo qual entramos na semana santa e lembramos da entrada triunfal de Jesus Cristo em Jesrusalém, "como um rei que chega a seu próprio reino", nas palavras de Padre Carlos Alberto Cantieri, foi comemorado como o símbolo da vitória de Cristo sobre a morte. "Valorizar a juventude nesse dia é muito importante, para que possam viver os valores que garantem uma vida verdadeira, e ter a luz, que é a fé em Jesus Cristo, sobre as dúvidas e o relativismo, que se proliferam muito hoje em dia", versou o Pároco da Igreja Beato José de Anchieta.

Quando mais de quinhentas pessoas aguardavam o momento da celebração, o Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer e comitiva se fizeram presentes, para saudar e abençoar os fiéis. Após a leitura de uma mensagem do Papa Dom Bento XVI especialmente direcionada para os jovens - os protagonistas do evento -, Dom Odilo fez um discursos curto, para em seguida entonar o canto Hosana ao filho de Davi, que deu início a peregrinação da juventude.

Já na Catedral da Sé, os presentes tiveram a oportunidade de acompanhar a celebração presidida pelo Cardeal da arquidiocese paulista. Dentre os pontos altos da celebração, além dos tradicionais cânticos e orações, foram as intervenções de jovens representantes das mais diversas igrejas e paróquias católicas da cidade e região, que acabaram auxiliando na condução da celebração. A Campanha da Fraternidade, movimento coordenado anualmente pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) também foi exaltado, com o objetivo de despertar a solidariedade dos fiéis e da sociedade para com a difícil realidade social brasileira. A campanha acontece desde 1.964, initerruptamente, e tem como tema atual Fraternidade e Segurança Pública.

Vários grupos de jovens participaram do evento. Para Reinaldo Vieira, de 24 anos, o evento foi muito interessante "porque mobilizou e mexeu com um número muito grande de jovens fiéis". Rosimeire Quieroz, de 21 anos, acrescentou: "e o melhor de tudo é que eventos como esse ajudam a criar uma unidade entre os jovens, uma maior proximidade, indeferente de seus grupos ou paróquias, afinal, a igreja é uma só". Ambos são missionários da Aliança da Misericórdia. Já Lucas Abreu, de 14 anos, e frequentador da Paróquia de Santa Cecília, aprovou a celebração, pois "pode refletir sobre os assuntos tocados, e também conhecer e fazer amizado com vários outros jovens". Yanne Rebouças, de 23 anos e fiel da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, na zona norte da cidade, foi mais sucinta: "Essa celebração é um investimento na continuidade da obra".

Ao final do dia e das comemorações, o cardeal Dom Odilo Scherer, em exclusiva à Gaudium Press, revelou uma alegria enorme em poder presidir a celebração com e para a juventude. "A presença deles, aclamando a Jesus, ainda mais neste Ano Paulino, é algo muito bonito. Isto tudo serve para que eles tenham a certeza de que não estão sozinhos, de que milhares de jovens, com a mesma idade e com os mesmos valores, andam por esta cidade e pelo mundo", afirmou.

"O meu convite, é para que participem de todos os eventos e celebrações que puderem nesta semana tão especial, e para que não deixem de se confessar, e nem de praticar a solidariedade. Dessa forma, é que paz reinará sobre a violência, a justiça sobre a injustiça, e por fim, a vida sobre a morte - através da misericórdia de Jesus Cristo", finalizou o Cardeal da Arquidiocese de São Paulo.

 

 

Loading
Pátio do Colégio, marco zero de São Paulo, recebe missa do Domingo de Ramos

São Paulo (Domingo, 05-04-2009, Gaudium Press) Às 13h30, no Pátio do Colégio - região histórica da cidade de São Paulo - nas redondezas da Catedral da Sé, já era possível presenciar a aglutinação de jovens. Aos poucos, mais pessoas se juntavam e a multidão começava a se formar. Os ramos de palmeira levantados ao céu indicavam o motivo e a ocasião: a celebração do Domingo de Ramos.

O dia pelo qual entramos na semana santa e lembramos da entrada triunfal de Jesus Cristo em Jesrusalém, "como um rei que chega a seu próprio reino", nas palavras de Padre Carlos Alberto Cantieri, foi comemorado como o símbolo da vitória de Cristo sobre a morte. "Valorizar a juventude nesse dia é muito importante, para que possam viver os valores que garantem uma vida verdadeira, e ter a luz, que é a fé em Jesus Cristo, sobre as dúvidas e o relativismo, que se proliferam muito hoje em dia", versou o Pároco da Igreja Beato José de Anchieta.

Quando mais de quinhentas pessoas aguardavam o momento da celebração, o Cardeal Dom Odilo Pedro Scherer e comitiva se fizeram presentes, para saudar e abençoar os fiéis. Após a leitura de uma mensagem do Papa Dom Bento XVI especialmente direcionada para os jovens - os protagonistas do evento -, Dom Odilo fez um discursos curto, para em seguida entonar o canto Hosana ao filho de Davi, que deu início a peregrinação da juventude.

Já na Catedral da Sé, os presentes tiveram a oportunidade de acompanhar a celebração presidida pelo Cardeal da arquidiocese paulista. Dentre os pontos altos da celebração, além dos tradicionais cânticos e orações, foram as intervenções de jovens representantes das mais diversas igrejas e paróquias católicas da cidade e região, que acabaram auxiliando na condução da celebração. A Campanha da Fraternidade, movimento coordenado anualmente pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) também foi exaltado, com o objetivo de despertar a solidariedade dos fiéis e da sociedade para com a difícil realidade social brasileira. A campanha acontece desde 1.964, initerruptamente, e tem como tema atual Fraternidade e Segurança Pública.

Vários grupos de jovens participaram do evento. Para Reinaldo Vieira, de 24 anos, o evento foi muito interessante "porque mobilizou e mexeu com um número muito grande de jovens fiéis". Rosimeire Quieroz, de 21 anos, acrescentou: "e o melhor de tudo é que eventos como esse ajudam a criar uma unidade entre os jovens, uma maior proximidade, indeferente de seus grupos ou paróquias, afinal, a igreja é uma só". Ambos são missionários da Aliança da Misericórdia. Já Lucas Abreu, de 14 anos, e frequentador da Paróquia de Santa Cecília, aprovou a celebração, pois "pode refletir sobre os assuntos tocados, e também conhecer e fazer amizado com vários outros jovens". Yanne Rebouças, de 23 anos e fiel da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida, na zona norte da cidade, foi mais sucinta: "Essa celebração é um investimento na continuidade da obra".

Ao final do dia e das comemorações, o cardeal Dom Odilo Scherer, em exclusiva à Gaudium Press, revelou uma alegria enorme em poder presidir a celebração com e para a juventude. "A presença deles, aclamando a Jesus, ainda mais neste Ano Paulino, é algo muito bonito. Isto tudo serve para que eles tenham a certeza de que não estão sozinhos, de que milhares de jovens, com a mesma idade e com os mesmos valores, andam por esta cidade e pelo mundo", afirmou.

"O meu convite, é para que participem de todos os eventos e celebrações que puderem nesta semana tão especial, e para que não deixem de se confessar, e nem de praticar a solidariedade. Dessa forma, é que paz reinará sobre a violência, a justiça sobre a injustiça, e por fim, a vida sobre a morte - através da misericórdia de Jesus Cristo", finalizou o Cardeal da Arquidiocese de São Paulo.

 

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/3201-Patio-do-Colegio--marco-zero-de-Sao-Paulo--recebe-missa-do-Domingo-de-Ramos. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A alegria verdadeira brota de um coração puro que ama a Deus e ao próximo, tem a consciência tra ...
 
A iniciativa, que é aberta a toda comunidade, não apenas aos jovens, já reuniu mais de 700 pessoa ...
 
O Bispo de Braga, Dom Jorge Ortiga expressou em seu perfil no Twitter sentir uma "tristeza de morte" ...
 
Todos batizados “somos convidados a defender de maneira especial a vida por nascer”. ...
 
O decreto de concessão do título foi assinado pela Sagrada Congregação do Culto Divino e Discipl ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading