Loading
 
 
 
Loading
 
Vigília Pascal atrai fiéis à Praça da Sé
Loading
 
12 de Abril de 2009 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

São Paulo (Quinta-feira, 11-04-2009, Gaudium Press) Aconteceu na noite do último sábado, dia 11 de abril, na Catedral da Sé, Centro de São Paulo, a Santa Missa da Vigília Pascal. Na ocasião, aconteceu a benção do Fogo e da Água. Comandada pelo arcebispo de São Paulo, cardeal dom Odilo Pedro Scherer, a celebração levou um bom número de fiéis à catedral.

A vigília, com a benção do fogo, foi iniciada no lado externo da catedral, no marco zero da Praça da Sé. Lá, dom Odilo - na companhia de outros sacerdotes, entre eles dom Mamed, bispo auxiliar da região da Lapa - fez a preparação e o acendimento do Círio Pascal, que é a imagem do Cristo vivo.

O Círio, seguido dos sacerdotes e fiéis em procissão, entrou na catedral, que estava com as luzes apagadas. As velas dos fiéis foram acessas recordando a história da salvação. Em seguida, iniciaram-se as leituras das sagradas escrituras, a entoação dos cânticos e os momentos de oração.

Depois de fazer o anúncio Pascal, da ressurreição de Cristo, dom Odilo iniciou sua mensagem ressaltando que a vigília pascal consiste "na noite mais solene do ano, que é lembrada desde os primórdios do Cristianismo e da Igreja". O arcebispo instigou todos os presentes a refletirem sobre o significado da luz, sempre tão presente no tempo pascal.

"O fogo lembra a luz verdadeira. O espírito de Deus que nos dá vida", prosseguiu o cardeal. A luz é a referência da Igreja e dos fiéis, que devem sempre levá-la adiante. "Devemos fazer esta luz brilhar. O mundo anda em trevas e esta luz deve chegar àqueles que praticam o mal e a violência, rebaixando o próximo".

Dom Odilo também pediu Luz aos comunicadores, que devem sempre buscar a verdade, aos políticos, economistas e administradores, para que estes sejam guiados por Deus e por Cristo Ressuscitado nos momentos de suas decisões.

Finalizada a mensagem, dom Odilo comandou a benção das águas, quando o Círio foi introduzido na água benta. Com as velas novamente acessas a partir do Círio, os fiéis renovaram seus votos de batismo, que é lembrado na noite pascal. Em seguida, a água abençoada foi aspergida nos fiéis.

 

Loading
Vigília Pascal atrai fiéis à Praça da Sé

São Paulo (Quinta-feira, 11-04-2009, Gaudium Press) Aconteceu na noite do último sábado, dia 11 de abril, na Catedral da Sé, Centro de São Paulo, a Santa Missa da Vigília Pascal. Na ocasião, aconteceu a benção do Fogo e da Água. Comandada pelo arcebispo de São Paulo, cardeal dom Odilo Pedro Scherer, a celebração levou um bom número de fiéis à catedral.

A vigília, com a benção do fogo, foi iniciada no lado externo da catedral, no marco zero da Praça da Sé. Lá, dom Odilo - na companhia de outros sacerdotes, entre eles dom Mamed, bispo auxiliar da região da Lapa - fez a preparação e o acendimento do Círio Pascal, que é a imagem do Cristo vivo.

O Círio, seguido dos sacerdotes e fiéis em procissão, entrou na catedral, que estava com as luzes apagadas. As velas dos fiéis foram acessas recordando a história da salvação. Em seguida, iniciaram-se as leituras das sagradas escrituras, a entoação dos cânticos e os momentos de oração.

Depois de fazer o anúncio Pascal, da ressurreição de Cristo, dom Odilo iniciou sua mensagem ressaltando que a vigília pascal consiste "na noite mais solene do ano, que é lembrada desde os primórdios do Cristianismo e da Igreja". O arcebispo instigou todos os presentes a refletirem sobre o significado da luz, sempre tão presente no tempo pascal.

"O fogo lembra a luz verdadeira. O espírito de Deus que nos dá vida", prosseguiu o cardeal. A luz é a referência da Igreja e dos fiéis, que devem sempre levá-la adiante. "Devemos fazer esta luz brilhar. O mundo anda em trevas e esta luz deve chegar àqueles que praticam o mal e a violência, rebaixando o próximo".

Dom Odilo também pediu Luz aos comunicadores, que devem sempre buscar a verdade, aos políticos, economistas e administradores, para que estes sejam guiados por Deus e por Cristo Ressuscitado nos momentos de suas decisões.

Finalizada a mensagem, dom Odilo comandou a benção das águas, quando o Círio foi introduzido na água benta. Com as velas novamente acessas a partir do Círio, os fiéis renovaram seus votos de batismo, que é lembrado na noite pascal. Em seguida, a água abençoada foi aspergida nos fiéis.

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/3307-Vigilia-Pascal-atrai-fieis-a-Praca-da-Se. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Não somos distribuidores de azeite em garrafa. Somos ungidos para ungir, distribuindo-nos a nós me ...
 
O suspeito estava com quatro galões de gasolina, duas latas de fluído de isqueiro e dois isqueiros ...
 
Esbofeteamos Jesus, como o fizeram seus cruéis algozes: o pecado é, em certa medida, uma participa ...
 
Nosso Senhor Jesus Cristo, com sua Morte na Cruz, derrotou o poder das trevas e quebrou-lhe o vigor, ...
 
Desde tempos imemoriais, o ovo é tomado como símbolo de vida e de renascimento. Quando, porém, co ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading