Loading
 
 
 
Loading
 
Para Deus, a autoridade é serviço e humildade, afirma Bento XVI no Ângelus
Loading
 
30 de Janeiro de 2012 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 30-01-2012, Gaudium Press) "Muitas vezes para o homem a autoridade significa a posse, poder, dominação, sucesso. Para Deus, no entanto, a autoridade significa serviço, humildade, amor", afirmou o Papa Bento XVI neste domingo, 29, antes da recitação da oração mariana do Ângelus.

2012-01-29T145040Z_1731224245_GM1E81T1RNZ01_RTRMADP_2_POPE.JPG

Bento XVI salientou que "a autoridade divina não é uma força da natureza, mas o poder do amor que restaura o mundo corrompido pelo pecado. Modelo a ser seguido no exercício da autoridade é Jesus Cristo que que se inclina para lavar os pés dos discípulos, que busca o verdadeiro bem do homem, que cura as feridas, que é capaz de um amor tão grande de dar a vida, porque Ele é Amor".

Nas tradicionais saudações em várias línguas, em inglês, o Santo Padre convidou a rezar, "apesar das distrações da língua e do progresso aparente do mal, nós devemos continuar a por nossa fé em Nosso Senhor Jesus Cristo, que é o "caminho, a verdade e a vida".

Em espanhol, o pontífice encorajou os fiéis a meditarem sobre a palavra de Deus e a responder a elas com "uma oração sincera, constante e humilde. Daqui tiraremos forças para enfrentar as dificuldades da vida e servir com simplicidade aos que nos rodeiam, sobretudo à quem passa por provas diversas".

As pombas da paz

O mês de janeiro em Roma é celebrado como o mês de oração pela paz. É uma tradição que no último domingo desse, juntamente com duas crianças, o Pontífice liberte da janela de seus escritórios duas pombas em sinal de paz. A cerimonia repetiu-se nesse domingo.

Acompanhado por uma menina e um menino, o Santo Padre libertou as pombas. Após serem soltas, as duas acabaram voltando para junto do Pontífice. Uma delas parou sobre o parapeito da janela e a outra entrou novamente no apartamento do Papa para sair logo depois.

"Querem ficar na casa do Papa", comentou o Santo Padre.

No domingo, 29 de janeiro, foi celebrado também o Dia mundial dos doentes de lepra e o Dia Internacional da intercessão pela paz na Terra Santa.

 

Loading
Para Deus, a autoridade é serviço e humildade, afirma Bento XVI no Ângelus

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 30-01-2012, Gaudium Press) "Muitas vezes para o homem a autoridade significa a posse, poder, dominação, sucesso. Para Deus, no entanto, a autoridade significa serviço, humildade, amor", afirmou o Papa Bento XVI neste domingo, 29, antes da recitação da oração mariana do Ângelus.

2012-01-29T145040Z_1731224245_GM1E81T1RNZ01_RTRMADP_2_POPE.JPG

Bento XVI salientou que "a autoridade divina não é uma força da natureza, mas o poder do amor que restaura o mundo corrompido pelo pecado. Modelo a ser seguido no exercício da autoridade é Jesus Cristo que que se inclina para lavar os pés dos discípulos, que busca o verdadeiro bem do homem, que cura as feridas, que é capaz de um amor tão grande de dar a vida, porque Ele é Amor".

Nas tradicionais saudações em várias línguas, em inglês, o Santo Padre convidou a rezar, "apesar das distrações da língua e do progresso aparente do mal, nós devemos continuar a por nossa fé em Nosso Senhor Jesus Cristo, que é o "caminho, a verdade e a vida".

Em espanhol, o pontífice encorajou os fiéis a meditarem sobre a palavra de Deus e a responder a elas com "uma oração sincera, constante e humilde. Daqui tiraremos forças para enfrentar as dificuldades da vida e servir com simplicidade aos que nos rodeiam, sobretudo à quem passa por provas diversas".

As pombas da paz

O mês de janeiro em Roma é celebrado como o mês de oração pela paz. É uma tradição que no último domingo desse, juntamente com duas crianças, o Pontífice liberte da janela de seus escritórios duas pombas em sinal de paz. A cerimonia repetiu-se nesse domingo.

Acompanhado por uma menina e um menino, o Santo Padre libertou as pombas. Após serem soltas, as duas acabaram voltando para junto do Pontífice. Uma delas parou sobre o parapeito da janela e a outra entrou novamente no apartamento do Papa para sair logo depois.

"Querem ficar na casa do Papa", comentou o Santo Padre.

No domingo, 29 de janeiro, foi celebrado também o Dia mundial dos doentes de lepra e o Dia Internacional da intercessão pela paz na Terra Santa.

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/33381-Para-Deus--a-autoridade-e-servico-e-humildade--afirma-Bento-XVI-no-Angelus. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Na província montanhosa de Yen Bai, nas Filipinas, após 100 anos foi celebrada a primeira Missa do ...
 
Não somos distribuidores de azeite em garrafa. Somos ungidos para ungir, distribuindo-nos a nós me ...
 
O suspeito estava com quatro galões de gasolina, duas latas de fluído de isqueiro e dois isqueiros ...
 
Esbofeteamos Jesus, como o fizeram seus cruéis algozes: o pecado é, em certa medida, uma participa ...
 
Nosso Senhor Jesus Cristo, com sua Morte na Cruz, derrotou o poder das trevas e quebrou-lhe o vigor, ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading