Loading
 
 
 
Loading
 
No Paquistão, nova violência contra uma menina cristã
Loading
 
6 de Setembro de 2012 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Lahore (Quinta-feira, 06-09-2012, Gaudium Press) A onda de violência contra os cristãos, no Paquistão, continua. São vítimas de abusos perpetrados em nome da lei sobre a blasfêmia ou de violências sexuais segundo uma lógica que considera as jovens da minoria religiosa como meros objetos de prazer pessoal.

Enquanto debate-se internacionalmente sobre o caso de Rimsha Masih, (a adolescente com problemas mentais que se encontra detida por ter violado, segundo falsa acusação, a "lei negra"), uma notícia veiculada na segunda-feira dá conta de que, no final de agosto, uma menina foi violentada sem piedade e abandonada por terra desamaiada.

No dia 25 de agosto, Allah Rakhi, de 10 anos, natural de Yousafabad, Faisalabad, que pertence a uma família cristã muito pobre foi violentada por um comerciante muçulmano. Fontes locais contam que a polícia iniciou uma investigação e teria detido o homem, no mesmo dia do estupro.

O pai da menina,Sarfraz Masih, foi entrevistado pela agência AsiaNews e afirmou: "somos pessoas pobres e não somos capazes de lutar contra esses ricos". Ele confirma "as repetidas ameaças" que recebeu, mas promete lutar pela justiça e assegura que "não voltará atrás, nem diante das ameaças. Por razões de segurança, ele escondeu sua filha, que ainda se encontra em condições "críticas".

Padre Khalid Rashid Asi, Vigário Geral da Diocese de Faisalabad interveio no episódio e, segundo ele, "por falta de justiça, no Paquistão, os ricos e os potentes pensam em poder fazer semelhantes gestos sem serem punidos". Isso ocorre frequentemente.

Padre Khalid acrescentou que se este crime tivesse como vítima uma menina muçulmana, "com muita probabilidade eles teriam queimado todas as casas cristãs da região".

A lei deve ser igual para todos, conclui o sacerdote, e "os culpados devem ser punidos". (JSG)

Loading
No Paquistão, nova violência contra uma menina cristã

Lahore (Quinta-feira, 06-09-2012, Gaudium Press) A onda de violência contra os cristãos, no Paquistão, continua. São vítimas de abusos perpetrados em nome da lei sobre a blasfêmia ou de violências sexuais segundo uma lógica que considera as jovens da minoria religiosa como meros objetos de prazer pessoal.

Enquanto debate-se internacionalmente sobre o caso de Rimsha Masih, (a adolescente com problemas mentais que se encontra detida por ter violado, segundo falsa acusação, a "lei negra"), uma notícia veiculada na segunda-feira dá conta de que, no final de agosto, uma menina foi violentada sem piedade e abandonada por terra desamaiada.

No dia 25 de agosto, Allah Rakhi, de 10 anos, natural de Yousafabad, Faisalabad, que pertence a uma família cristã muito pobre foi violentada por um comerciante muçulmano. Fontes locais contam que a polícia iniciou uma investigação e teria detido o homem, no mesmo dia do estupro.

O pai da menina,Sarfraz Masih, foi entrevistado pela agência AsiaNews e afirmou: "somos pessoas pobres e não somos capazes de lutar contra esses ricos". Ele confirma "as repetidas ameaças" que recebeu, mas promete lutar pela justiça e assegura que "não voltará atrás, nem diante das ameaças. Por razões de segurança, ele escondeu sua filha, que ainda se encontra em condições "críticas".

Padre Khalid Rashid Asi, Vigário Geral da Diocese de Faisalabad interveio no episódio e, segundo ele, "por falta de justiça, no Paquistão, os ricos e os potentes pensam em poder fazer semelhantes gestos sem serem punidos". Isso ocorre frequentemente.

Padre Khalid acrescentou que se este crime tivesse como vítima uma menina muçulmana, "com muita probabilidade eles teriam queimado todas as casas cristãs da região".

A lei deve ser igual para todos, conclui o sacerdote, e "os culpados devem ser punidos". (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/40029-No-Paquistao--nova-violencia-contra-uma-menina-crista. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

“Nossos filhos e netos não devem pagar o custo da irresponsabilidade de nossas gerações”. ...
 
Bispo de Viseu, Portugal, defende respeito ao ser humano “desde o momento da concepção até à m ...
 
A Associação "iMision" reúne instituições católicas e pessoas interessadas em evangelizar o co ...
 
Padre Patton fala da importância da presença de Cristãos e da formação dos jovens no Oriente M ...
 
Quantas coisas hediondas acontecem hoje em lugares sagrados! ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading