Loading
 
 
 
Loading
 
Roma sedia exposição de Fra Angélico até o início de julho
Loading
 
15 de Junho de 2009 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Roma (Segunda, 15-06-2009, Gaudium Press) A cidade de Roma é palco até o dia 5 de julho da exposição "Beato Angélico: alvorada do Renascimento", uma das maiores exposições sobre Fra (Frei) Angélico, pintor e sacerdote italiano do início do Renascimento, no começo do século XV.

A exposição mostrará grandes obras do sacerdote, a maioria delas voltada para temas como a Virgem com o Menino, a coroação da Virgem e a Anunciação. Especialistas dizem que passagens bíblicas do Antigo e do Novo Testamento, trajetórias de santos (como São Pedro, São Paulo e São Francisco) lhe serviam de fonte de inspiração.

De acordo com alguns biógrafos, Fra Angélico sequer encostava nos pincéis antes de fazer uma oração. A arte sacra foi o único assunto utilizado pelo artista e frade.

Um de seus grandes feitos na vida artística foi a pintura do Convento de São Marcos, por encargo do Papa Eugenio IV.

Vida

Giovanni da Fiesole foi batizado como Guido di Pietro Trosini em 1387, na Toscana, onde nasceu. Já com treinamento artístico, ingressou no convento de Fiesole em 1407, mas foi ordenado sacerdote somente em 1418. Com talento reconhecido por autoridades eclesiásticas e pelo público, passou a vida fazendo pinturas de capelas, conventos e outras obras até sua morte, em Roma, no ano de 1455.

Loading
Roma sedia exposição de Fra Angélico até o início de julho

Roma (Segunda, 15-06-2009, Gaudium Press) A cidade de Roma é palco até o dia 5 de julho da exposição "Beato Angélico: alvorada do Renascimento", uma das maiores exposições sobre Fra (Frei) Angélico, pintor e sacerdote italiano do início do Renascimento, no começo do século XV.

A exposição mostrará grandes obras do sacerdote, a maioria delas voltada para temas como a Virgem com o Menino, a coroação da Virgem e a Anunciação. Especialistas dizem que passagens bíblicas do Antigo e do Novo Testamento, trajetórias de santos (como São Pedro, São Paulo e São Francisco) lhe serviam de fonte de inspiração.

De acordo com alguns biógrafos, Fra Angélico sequer encostava nos pincéis antes de fazer uma oração. A arte sacra foi o único assunto utilizado pelo artista e frade.

Um de seus grandes feitos na vida artística foi a pintura do Convento de São Marcos, por encargo do Papa Eugenio IV.

Vida

Giovanni da Fiesole foi batizado como Guido di Pietro Trosini em 1387, na Toscana, onde nasceu. Já com treinamento artístico, ingressou no convento de Fiesole em 1407, mas foi ordenado sacerdote somente em 1418. Com talento reconhecido por autoridades eclesiásticas e pelo público, passou a vida fazendo pinturas de capelas, conventos e outras obras até sua morte, em Roma, no ano de 1455.

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/5158-Roma-sedia-exposicao-de-Fra-Angelico-ate-o-inicio-de-julho. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Em entrevista, Bispo diz que quardará segredo de confissão e que está pronto para ser preso. ...
 
Bispo de Frederico Westphalen, comenta a liturgia do XXI Domingo do Tempo Comum e ressalta a uni ...
 
O 8.º encontro bilateral realçou “desenvolvimentos positivos” na relação entre a Santa Sé e ...
 
Seu nome de batismo era Isabel Mariana de Jesus Paredes Flores y Oliva. Bela como uma flor, todos a ...
 
Em outubro a Igreja vai promover em todo o mundo o Mês Missionário Extraordinário, com o tema: Ba ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading