Loading
 
 
 
Loading
 
Bispos de Linz falam ao Papa sobre a situação da Igreja na Áustria
Loading
 
15 de Junho de 2009 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Segunda, 15-06-2009, Gaudium Press) Bispos austríacos estiveram no Vaticano para falar com Bento XVI sobre problemas da Igreja em seu país. O Papa os recebeu hoje pela manhã no Palácio Apostólico. A delegação está sendo conduzida pelo cardeal de Viena Christoph Schoenborn e fará encontros hoje e amanhã.

Uma das questões apresentadas pelos prelados ao pontífice é a situação da diocese de Linz, depois da renúncia do bispo ultraconservador Gerhard Maria Wagner. Wagner ficara conhecido por diversas declarações polêmicas, entre as quais uma em que disse que o furacão Katrina, de 2005, foi a maneira usada por Deus para castigar a cidade de Nova Orleans por seus pecados. Ele também havia classificado os livros de Harry Potter de satânicos, disse que a homossexualidade é curável, se negou a permitir a entrada de sacerdotes mulheres em sua igreja e excluiu a participação de leigos em assuntos da Igreja.

A nomeação provocara uma enorme sangria entre os fiéis da Igreja Católica na Áustria, o que fez com que Bento XVI recuasse e retirasse o convite ao bispo, após pedidos também do próprio.

O episcopado austríaco foi muito crítico também em relação à revogação da excomunhão dos lefebvrianos, dentre os quais estava o britânico Richard Williamson, que negara o Holocausto e dissera em entrevista que as câmaras de gás da Segunda Guerra não existiram. São previstos encontros na Congregação do Clero e na dos Bispos. Provavelmente amanhã o Vaticano publicará um comunicado de balanço.

Sobre o prelado ultraconservador austríaco Maria Wagner, o vaticanista Andrea Tornielli escreveu em seu blog "Sacri Palazzi": "Não posso deixar de notar que alguma coisa não funciona em uma Igreja na qual bispos e ilustríssimos cardeais contestam abertamente o magistério, assim mesmo permanecendo louvados e reverenciados, enquanto outros são obrigados a renunciar ao episcopado por terem contestado não a doutrina sobre a transubstanciação, mas as historinhas de Harry Potter".

 

Loading
Bispos de Linz falam ao Papa sobre a situação da Igreja na Áustria

Cidade do Vaticano (Segunda, 15-06-2009, Gaudium Press) Bispos austríacos estiveram no Vaticano para falar com Bento XVI sobre problemas da Igreja em seu país. O Papa os recebeu hoje pela manhã no Palácio Apostólico. A delegação está sendo conduzida pelo cardeal de Viena Christoph Schoenborn e fará encontros hoje e amanhã.

Uma das questões apresentadas pelos prelados ao pontífice é a situação da diocese de Linz, depois da renúncia do bispo ultraconservador Gerhard Maria Wagner. Wagner ficara conhecido por diversas declarações polêmicas, entre as quais uma em que disse que o furacão Katrina, de 2005, foi a maneira usada por Deus para castigar a cidade de Nova Orleans por seus pecados. Ele também havia classificado os livros de Harry Potter de satânicos, disse que a homossexualidade é curável, se negou a permitir a entrada de sacerdotes mulheres em sua igreja e excluiu a participação de leigos em assuntos da Igreja.

A nomeação provocara uma enorme sangria entre os fiéis da Igreja Católica na Áustria, o que fez com que Bento XVI recuasse e retirasse o convite ao bispo, após pedidos também do próprio.

O episcopado austríaco foi muito crítico também em relação à revogação da excomunhão dos lefebvrianos, dentre os quais estava o britânico Richard Williamson, que negara o Holocausto e dissera em entrevista que as câmaras de gás da Segunda Guerra não existiram. São previstos encontros na Congregação do Clero e na dos Bispos. Provavelmente amanhã o Vaticano publicará um comunicado de balanço.

Sobre o prelado ultraconservador austríaco Maria Wagner, o vaticanista Andrea Tornielli escreveu em seu blog "Sacri Palazzi": "Não posso deixar de notar que alguma coisa não funciona em uma Igreja na qual bispos e ilustríssimos cardeais contestam abertamente o magistério, assim mesmo permanecendo louvados e reverenciados, enquanto outros são obrigados a renunciar ao episcopado por terem contestado não a doutrina sobre a transubstanciação, mas as historinhas de Harry Potter".

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/5161-Bispos-de-Linz-falam-ao-Papa-sobre-a-situacao-da-Igreja-na-Austria-. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Em entrevista, Bispo diz que quardará segredo de confissão e que está pronto para ser preso. ...
 
Bispo de Frederico Westphalen, comenta a liturgia do XXI Domingo do Tempo Comum e ressalta a uni ...
 
O 8.º encontro bilateral realçou “desenvolvimentos positivos” na relação entre a Santa Sé e ...
 
Seu nome de batismo era Isabel Mariana de Jesus Paredes Flores y Oliva. Bela como uma flor, todos a ...
 
Em outubro a Igreja vai promover em todo o mundo o Mês Missionário Extraordinário, com o tema: Ba ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading