Loading
 
 
 
Loading
 
500 milhões de cristãos vivem em países onde podem sofrer perseguição
Loading
 
9 de Dezembro de 2013 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Washington - Estados Unidos (Segunda-feira, 09-12-2013, Gaudium Press) Por volta de 500 milhões de cristãos vivem em países onde podem sofrer perseguição, ou seja, 1 a cada 5 deles. É o que diz Todd Johnson, do Centro para o estudo do Cristianismo Global do Seminário Teológico de Gordon-Conwell.

Para Johnson, isso ocorre porque "o Cristianismo está crescendo nos lugares onde as pessoas são perseguidas". Johnson será um dos especialistas que participarão da próxima Conferência "Cristianismo e Liberdade: Perspectivas Históricas e Contemporâneas", que será realizada entre os dias 13 e 14 de dezembro na Pontifícia Universidade Urbaniana em Roma, e que procura realizar uma exposição científica do panorama das perseguições aos cristãos ao redor do mundo, "para além das manchetes da mídia".

"A perseguição no século XXI é tanto de origem estatal quanto civil", afirma Johnson. "Os perseguidores hoje representam uma ampla variedade de ideologias: comunistas, agentes estatais de segurança, religiosos nacionalistas e maiorias muçulmanas." O estudante afirma que os muçulmanos, onde são maioria, só representam 25% da opressão.

A situação na China

Como se sabe, o cristianismo está crescendo rapidamente na China, apesar das fortes restrições estatais. Segundo Fengang Yang, da Universidade de Purdue, a China se converterá no país com a maior população cristã em um ponto entre 2025 e 2032. Neste momento o cristianismo já ultrapassou o "limite crítico" de 5 a 10% da população. Segundo Fengang, o cristianismo tem se mostrado muito em seus esforços para aliviar o sofrimento decorrente dos terremotos, como por exemplo o de 2008, na província de Sechuan. (GPE/EPC)

Com informações da National Catholic Register.

 

Loading
500 milhões de cristãos vivem em países onde podem sofrer perseguição

Washington - Estados Unidos (Segunda-feira, 09-12-2013, Gaudium Press) Por volta de 500 milhões de cristãos vivem em países onde podem sofrer perseguição, ou seja, 1 a cada 5 deles. É o que diz Todd Johnson, do Centro para o estudo do Cristianismo Global do Seminário Teológico de Gordon-Conwell.

Para Johnson, isso ocorre porque "o Cristianismo está crescendo nos lugares onde as pessoas são perseguidas". Johnson será um dos especialistas que participarão da próxima Conferência "Cristianismo e Liberdade: Perspectivas Históricas e Contemporâneas", que será realizada entre os dias 13 e 14 de dezembro na Pontifícia Universidade Urbaniana em Roma, e que procura realizar uma exposição científica do panorama das perseguições aos cristãos ao redor do mundo, "para além das manchetes da mídia".

"A perseguição no século XXI é tanto de origem estatal quanto civil", afirma Johnson. "Os perseguidores hoje representam uma ampla variedade de ideologias: comunistas, agentes estatais de segurança, religiosos nacionalistas e maiorias muçulmanas." O estudante afirma que os muçulmanos, onde são maioria, só representam 25% da opressão.

A situação na China

Como se sabe, o cristianismo está crescendo rapidamente na China, apesar das fortes restrições estatais. Segundo Fengang Yang, da Universidade de Purdue, a China se converterá no país com a maior população cristã em um ponto entre 2025 e 2032. Neste momento o cristianismo já ultrapassou o "limite crítico" de 5 a 10% da população. Segundo Fengang, o cristianismo tem se mostrado muito em seus esforços para aliviar o sofrimento decorrente dos terremotos, como por exemplo o de 2008, na província de Sechuan. (GPE/EPC)

Com informações da National Catholic Register.

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/53734-500-milhoes-de-cristaos-vivem-em-paises-onde-podem-sofrer-perseguicao. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Originalmente, o projeto de lei ordenava que os sacerdotes da Califórnia quebrassem o sigilo de con ...
 
Na Idade Média havia a perfeita caridade, “a filosofia do Evangelho governava os Estados [...], a ...
 
As escolas católicas fomentam a excelência, especialmente entre os menos favorecidos, mas padecem ...
 
O governo eritreu decidiu nacionalizar os hospitais da Igreja: “retaliação contra a Igreja cat ...
 
É o que diz o relatório divulgado recentemente pelo Observatório sobre Intolerância e Discrimina ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading