Loading
 
 
 
Loading
 
O tempo de espera
Loading
 
10 de Dezembro de 2013 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Dallas - Estados Unidos (Terça-feira, 10-12-2013, Gaudium Press) "O tempo do Advento é um tempo de espera, um tempo para estarmos alerta", escreveu Dom Kevin Farrell, Bispo da Diocese de Dallas, no Texas (EUA), em seu artigo sobre o período do Advento.

Dom Farrell afirmou que, nas leituras deste Primeiro Domingo do Advento, o profeta Isaías nos recorda da importância de escutarmos a voz do Senhor, da mesma forma como fez Acaz, rei de Judá.bishop_kevin_farrell.jpg

Ao anunciar a primeira de suas muitas profecias, lembrou o prelado, Isaías teria prometido um tempo de paz e justiça ao atribulado Reino de Judá, "no entanto, isso também serviu de aviso para que o rei depositasse sua confiança em Deus", ao invés de procurar alianças pagãs.

"As Sagradas Escrituras nos dizem que Acaz não queria escutar a mensagem de Deus porque ele acreditava ter uma ideia melhor de como guiar seu povo. Quando nos sentimos impacientes e somos tentados a pensar que a nossa sabedoria é superior a sabedoria de Deus, há um pouco de Acaz em cada um de nós", explicou.

Para Dom Farrell, o tempo do Advento é um tempo de preparação para que o Senhor venha até nós. "No final de uma queda frenética, todos nós precisamos de um chamado que nos faça despertar de um sono espiritual e nos prepare para a vinda do Senhor".

"Em seu Evangelho, Mateus repete a mensagem de forma enérgica e clara quando adverte: ‘Vigiai, pois não sabeis em que dia virá o vosso Senhor...Assim também estarão preparados, porque o Filho do Homem virá numa hora em que você menos espera'" (Mt 24, 42-44), afirmou.

No final de seu artigo, Dom Farrell deixou claro que "devemos depositar nossa confiança no Senhor" e "não nas promessas efêmeras que o mundo nos faz". (LMI)

Loading
O tempo de espera

Dallas - Estados Unidos (Terça-feira, 10-12-2013, Gaudium Press) "O tempo do Advento é um tempo de espera, um tempo para estarmos alerta", escreveu Dom Kevin Farrell, Bispo da Diocese de Dallas, no Texas (EUA), em seu artigo sobre o período do Advento.

Dom Farrell afirmou que, nas leituras deste Primeiro Domingo do Advento, o profeta Isaías nos recorda da importância de escutarmos a voz do Senhor, da mesma forma como fez Acaz, rei de Judá.bishop_kevin_farrell.jpg

Ao anunciar a primeira de suas muitas profecias, lembrou o prelado, Isaías teria prometido um tempo de paz e justiça ao atribulado Reino de Judá, "no entanto, isso também serviu de aviso para que o rei depositasse sua confiança em Deus", ao invés de procurar alianças pagãs.

"As Sagradas Escrituras nos dizem que Acaz não queria escutar a mensagem de Deus porque ele acreditava ter uma ideia melhor de como guiar seu povo. Quando nos sentimos impacientes e somos tentados a pensar que a nossa sabedoria é superior a sabedoria de Deus, há um pouco de Acaz em cada um de nós", explicou.

Para Dom Farrell, o tempo do Advento é um tempo de preparação para que o Senhor venha até nós. "No final de uma queda frenética, todos nós precisamos de um chamado que nos faça despertar de um sono espiritual e nos prepare para a vinda do Senhor".

"Em seu Evangelho, Mateus repete a mensagem de forma enérgica e clara quando adverte: ‘Vigiai, pois não sabeis em que dia virá o vosso Senhor...Assim também estarão preparados, porque o Filho do Homem virá numa hora em que você menos espera'" (Mt 24, 42-44), afirmou.

No final de seu artigo, Dom Farrell deixou claro que "devemos depositar nossa confiança no Senhor" e "não nas promessas efêmeras que o mundo nos faz". (LMI)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/53811-O-tempo-de-espera. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Esta será a segunda edição da procissão, que ocorreu pela primeira vez no ano de 2017, com a par ...
 
Com expectativa de participação de 50 mil pessoas por dia, de 23 a 26 de maio, a Igreja em Recife ...
 
O novo museu faz parte do projeto cultural ‘Segóvia Sacra' e busca dar uma oportunidade aos fiéi ...
 
O Hospital dos Inocentes de Florença, há seiscentos anos, acolhe, assiste e promove a infância h ...
 
Francisco defende necessidade de colocar pessoas antes dos projetos, na ação social da Igreja. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading