Loading
 
 
 
Loading
 
Beatificado Dom Pio Alberto del Corona, o Bispo de mãos-abertas
Loading
 
21 de Setembro de 2015 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Roma (Segunda-feira, 21/09/2015, Gaudium Press) - Representando o Papa Francisco, na manhã de sábado, 19 de setembro, o Cardeal Angelo Amato, Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, presidiu na igreja de São Francisco, em San Miniato (Itália) a cerimônia de beatificação de Dom Pio Alberto del Corona.

PIO ALBERTO CORONA.jpg

O Beato Pio Alberto era conhecido entre seus fiéis como "bispo com as mãos-abertas". Tornou-se proverbial sua generosidade para com os pobres e necessitados.

É conhecida a história que circula entre o povo segundo a qual, em certo dia, não tendo nada para oferecer a um necessitado que o procurou, Dom Pio Alberto deu ao esmoler seus selos postais para que os vendesse.

Na carta apostólica de beatificação, o Papa Francisco chama-o de "pastor de almas segundo o coração de Cristo, testemunha solícita e humilde do Evangelho".

E o Cardeal Amato ressaltou esse aspecto caritativo de sua vida na cerimônia por ele presidida Com efeito, o beato, disse o purpurado, "foi um pastor que, como dizia São Gregório Magno, dialogava com Deus sem esquecer os homens e dialogava com os homens sem esquecer Deus. A sua presidência pastoral era um serviço autêntico". (JSG)

Loading
Beatificado Dom Pio Alberto del Corona, o Bispo de mãos-abertas

Roma (Segunda-feira, 21/09/2015, Gaudium Press) - Representando o Papa Francisco, na manhã de sábado, 19 de setembro, o Cardeal Angelo Amato, Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, presidiu na igreja de São Francisco, em San Miniato (Itália) a cerimônia de beatificação de Dom Pio Alberto del Corona.

PIO ALBERTO CORONA.jpg

O Beato Pio Alberto era conhecido entre seus fiéis como "bispo com as mãos-abertas". Tornou-se proverbial sua generosidade para com os pobres e necessitados.

É conhecida a história que circula entre o povo segundo a qual, em certo dia, não tendo nada para oferecer a um necessitado que o procurou, Dom Pio Alberto deu ao esmoler seus selos postais para que os vendesse.

Na carta apostólica de beatificação, o Papa Francisco chama-o de "pastor de almas segundo o coração de Cristo, testemunha solícita e humilde do Evangelho".

E o Cardeal Amato ressaltou esse aspecto caritativo de sua vida na cerimônia por ele presidida Com efeito, o beato, disse o purpurado, "foi um pastor que, como dizia São Gregório Magno, dialogava com Deus sem esquecer os homens e dialogava com os homens sem esquecer Deus. A sua presidência pastoral era um serviço autêntico". (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/73190-Beatificado-Dom-Pio-Alberto-del-Corona--o-Bispo-de-maos-abertas. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

No próximo domingo, 24 de junho, a Catedral de Turim celebrará a festa do seu Padroeiro, São Joã ...
 
A proximidade dos Salesianos aos iemenitas fez com que a ordem religiosa promova neste sábado, 23, ...
 
Encontrar apoio na própria família é uma grande ajuda para os que dão este passo, e é uma grand ...
 
Conferência Episcopal do Peru comunica abertura de Centro de Auxílio a migrantes venezuelanos. ...
 
Confiança, Anúncio e Fraternidade: três palavras sobre as quais o Papa propôs aos verbitas uma r ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading