Loading
 
 
 
Loading
 
Presidente do Pontifício Conselho para a Saúde apresenta conferência sobre deficientes auditivos ao Papa
Loading
 
1 de Setembro de 2009 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Terça, 01-09-2009, Gaudium Press) "Effata! A pessoa surda na vida da Igreja". Esse é o tema da XXIV Conferência Anual Internacional de saúde, que o presidente do Pontifício Conselho para a Saúde, monsenhor Zygmunt Zimowski, apresentou na semana passada ao Papa juntamente com o programa do evento. A Conferência acontecerá no Vaticano entre os dias 19 e 21 de novembro.

"A finalidade com que propomos a escolha deste tema é a de oferecer à Igreja uma oportunidade para valorizar a inclusão das pessoas com deficiência auditiva nos diferentes campos do apostolado, dando pleno reconhecimento à relevância do seu trabalho", explica monsenhor Zimowski.

Ele explica que a conferência pretende debater como enfrentar "sob o perfil de psicológico, médico, familiar e sobretudo pastoral, a questão das condições das pessoas que não ouvem" e "sensibilizar a comunidade inteira a dar um impulso para ações concretas e eficazes, em nível social e eclesial, para aliviar as dificuldades dos deficientes auditivos".

Estão previstas para o primeiro dia do evento, 19, as intervenções de monsenhor Zimowski, do cardeal Javier Lozano, presidente emérito do dicastério, do monsenhor Patrick Altham Kelly, arcebispo de Liverpool e presidente da Fundação Católica Internacional para as pessoas surdas, e do Padre Gerard Tyrell, diretor da capelania para as pessoas surdas de Dublin.

Também falará nesse dia Antonia Claveria Puig, médica especialista do hospital São João de Deus, de Barcelona, e o psicólogo Marcel Broesterhuizen, diretor da cátedra para a pastoral com os surdos da Universidade Católica de Livorno, na Itália.

Em seguida aos discursos, haverá uma mesa redonda com o tema "Experiências do mundo do silêncio", à qual assistirão otorrinolaringologistas, professores, religiosos e artistas da Itália e também de diversos outros países.

A manhã do dia 20 de novembro será dedicada às famílias, enquanto na parte da tarde serão discutidas questões sobre pastorais, novamente com a presença de religiosos e especialistas italianos e estrangeiros.

No sábado, a conferência será concluída com o discurso do cardeal Fiorenzo Angelini, presidente emérito do dicastério.

 

Loading
Presidente do Pontifício Conselho para a Saúde apresenta conferência sobre deficientes auditivos ao Papa

Cidade do Vaticano (Terça, 01-09-2009, Gaudium Press) "Effata! A pessoa surda na vida da Igreja". Esse é o tema da XXIV Conferência Anual Internacional de saúde, que o presidente do Pontifício Conselho para a Saúde, monsenhor Zygmunt Zimowski, apresentou na semana passada ao Papa juntamente com o programa do evento. A Conferência acontecerá no Vaticano entre os dias 19 e 21 de novembro.

"A finalidade com que propomos a escolha deste tema é a de oferecer à Igreja uma oportunidade para valorizar a inclusão das pessoas com deficiência auditiva nos diferentes campos do apostolado, dando pleno reconhecimento à relevância do seu trabalho", explica monsenhor Zimowski.

Ele explica que a conferência pretende debater como enfrentar "sob o perfil de psicológico, médico, familiar e sobretudo pastoral, a questão das condições das pessoas que não ouvem" e "sensibilizar a comunidade inteira a dar um impulso para ações concretas e eficazes, em nível social e eclesial, para aliviar as dificuldades dos deficientes auditivos".

Estão previstas para o primeiro dia do evento, 19, as intervenções de monsenhor Zimowski, do cardeal Javier Lozano, presidente emérito do dicastério, do monsenhor Patrick Altham Kelly, arcebispo de Liverpool e presidente da Fundação Católica Internacional para as pessoas surdas, e do Padre Gerard Tyrell, diretor da capelania para as pessoas surdas de Dublin.

Também falará nesse dia Antonia Claveria Puig, médica especialista do hospital São João de Deus, de Barcelona, e o psicólogo Marcel Broesterhuizen, diretor da cátedra para a pastoral com os surdos da Universidade Católica de Livorno, na Itália.

Em seguida aos discursos, haverá uma mesa redonda com o tema "Experiências do mundo do silêncio", à qual assistirão otorrinolaringologistas, professores, religiosos e artistas da Itália e também de diversos outros países.

A manhã do dia 20 de novembro será dedicada às famílias, enquanto na parte da tarde serão discutidas questões sobre pastorais, novamente com a presença de religiosos e especialistas italianos e estrangeiros.

No sábado, a conferência será concluída com o discurso do cardeal Fiorenzo Angelini, presidente emérito do dicastério.

 


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O monumental presépio é um dos maiores de Andaluzia, ganhando ano após ano mais fama e presença. ...
 
O problema do sofrimento não está tanto no que o ocasiona, mas no modo como é suportado. Ele exis ...
 
Apesar de ser uma apresentação gratuita, os espectadores são convidados a doarem ao menos um quil ...
 
A neve nos fala da inocência sem mancha, da beleza virginal e pura que tem o condão de encantar os ...
 
Podemos correr o risco de fazer a festa sem a presença do festejado e o que Ele é e significa para ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading