Loading
 
 
 
Loading
 
Paquistão: cristão é morto por não renegar a Fé
Loading
 
23 de Agosto de 2017 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Islamabad - Paquistão (Quarta-feira, 23-08-2017, Gaudium Press) Indaryas Ghulam, católico paquistanês de 38 anos, foi morto na prisão de Lahore no último dia 13 e só agora anunciada sua morte. Indaryas deixa três filhas, de 12, 10 e 6 anos e a mulher Shabana, de 36. Foi mais um martírio anunciado pela Rádio Vaticana.

Paquistão cristão é morto por não renegar a Fé (2).jpg

Outro mártir Paquistanês 

Com sua morte, sobe para cinco o número de cristãos assassinados na prisão, por ódio à Fé: Robert Danish (2009), Qamar David (2011), Zubair Rashid (2015) e Liaquat Mashi (2016).

Os algozes de Indaryas Ghulam o acusam de um crime do qual ele negava sua participação: o linchamento de dois muçulmanos.
Idaryas sempre negou ter participação neste episódio que teria ocorrido após o ataque suicida á Igreja de São João, em Youhanabab, em março de 2015, quando 20 pessoas morreram e cerca de 80 ficaram feridas.

A organização "British Pakistani Christian Association" - (BPCA), recorda que a mulher e a filha de Indaryas que foi condenado à forca, -apesar de declarado veementemente sua inocência- constataram sinais evidentes de tortura por seu corpo, além de cortes e sinais de queimaduras. Somando-se a esses maus tratos, há três meses antes de sua morte, ele contraiu tuberculose. E ele nunca recebeu nenhum tratamento médico contra essa doença que, sem dúvida foi adquirida devido aos tratos e insalubridade do ambiente em que estava detido.

Paquistão cristão é morto por não renegar a Fé.png

Entre negar a Fé ou morrer, ele escolheu a eternidade

Em Ghulam o Procurador Syed Anees Shah incentivou Inaryas e a outros prisioneiros a apostatarem da Fé católica e aderissem ao islã; em troca ele seria libertado: Indaryas não aceitou abandonar sua Fé, não apostatou. O fato, que é admitido pelo próprio Procurador do Estado, foi denunciado na mídia paquistanesa. (JSG)

Loading
Paquistão: cristão é morto por não renegar a Fé

Islamabad - Paquistão (Quarta-feira, 23-08-2017, Gaudium Press) Indaryas Ghulam, católico paquistanês de 38 anos, foi morto na prisão de Lahore no último dia 13 e só agora anunciada sua morte. Indaryas deixa três filhas, de 12, 10 e 6 anos e a mulher Shabana, de 36. Foi mais um martírio anunciado pela Rádio Vaticana.

Paquistão cristão é morto por não renegar a Fé (2).jpg

Outro mártir Paquistanês 

Com sua morte, sobe para cinco o número de cristãos assassinados na prisão, por ódio à Fé: Robert Danish (2009), Qamar David (2011), Zubair Rashid (2015) e Liaquat Mashi (2016).

Os algozes de Indaryas Ghulam o acusam de um crime do qual ele negava sua participação: o linchamento de dois muçulmanos.
Idaryas sempre negou ter participação neste episódio que teria ocorrido após o ataque suicida á Igreja de São João, em Youhanabab, em março de 2015, quando 20 pessoas morreram e cerca de 80 ficaram feridas.

A organização "British Pakistani Christian Association" - (BPCA), recorda que a mulher e a filha de Indaryas que foi condenado à forca, -apesar de declarado veementemente sua inocência- constataram sinais evidentes de tortura por seu corpo, além de cortes e sinais de queimaduras. Somando-se a esses maus tratos, há três meses antes de sua morte, ele contraiu tuberculose. E ele nunca recebeu nenhum tratamento médico contra essa doença que, sem dúvida foi adquirida devido aos tratos e insalubridade do ambiente em que estava detido.

Paquistão cristão é morto por não renegar a Fé.png

Entre negar a Fé ou morrer, ele escolheu a eternidade

Em Ghulam o Procurador Syed Anees Shah incentivou Inaryas e a outros prisioneiros a apostatarem da Fé católica e aderissem ao islã; em troca ele seria libertado: Indaryas não aceitou abandonar sua Fé, não apostatou. O fato, que é admitido pelo próprio Procurador do Estado, foi denunciado na mídia paquistanesa. (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/89410-Paquistao--cristao-e-morto-por-nao-renegar-a-Fe. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

No próximo domingo, 24 de junho, a Catedral de Turim celebrará a festa do seu Padroeiro, São Joã ...
 
A proximidade dos Salesianos aos iemenitas fez com que a ordem religiosa promova neste sábado, 23, ...
 
Encontrar apoio na própria família é uma grande ajuda para os que dão este passo, e é uma grand ...
 
Conferência Episcopal do Peru comunica abertura de Centro de Auxílio a migrantes venezuelanos. ...
 
Confiança, Anúncio e Fraternidade: três palavras sobre as quais o Papa propôs aos verbitas uma r ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading