Loading
 
 
 
Loading
 
Católicos da Bolívia participam de Procissão e Missa em desagravo a Nossa Senhora
Loading
 
5 de Março de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Bolívia - Oruro (Segunda-feira, 05-03-2018, Gaudium Press) Numerosos fiéis da Diocese de Oruro, Bolívia, reuniram-se para uma procissão e Missa de reparação à Nossa Senhora do Socavón, convocada pelo Bispo, Dom Cristóbal Bialasik. "Viemos aos pés da 'Mamita' para pedir reparação pelas ofensas que nossa Mãe e seu Filho receberam", expressou o prelado devido uma ofensa cometida contra a venerada imagem por parte de uma artista local.

Católicos da Bolívia participam de Procissão e Missa em desagravo à Nossa Senhora.jpg

Desde às 10h do dia 1º de março, milhares de devotos, estudantes e dançarinos que normalmente participam das festividades de Nossa Senhora do Socavón iniciaram uma procissão que culminou no átrio do Santuário. Neste lugar a Missa campal foi presidida por Dom Bialasik.

"O motivo da celebração é o desejo de desagravar Nossa Senhora, nossa mãe, sob a invocação de Nossa Senhora do Socavón pelas ofensas blasfemas que foram feitas há dias", explicou o Bispo em sua homilia. "Uma liberdade de expressão incompreendida não pode justificar esta falta, esta ofensa, esta falta de respeito devido aos outros e particularmente à santidade da Mãe de Deus".

O prelado esclareceu que as ofensas não diminuem a glória da Santíssima Virgem, mas causam dor e sofrimento aos fiéis. "Hoje em dia se quer destruir a cultura cristã, apesar que a mesma nos oferece belos valores para a construção de uma sociedade solidária, cheia de esperança, com vocação de unidade em relação às suas próprias identidades", lamentou Dom Bialasik. "O mundo laicista rejeita a Deus e este mundo laicista ensina que Deus não existe e esta farsa, esta mentira que temos que rejeitar hoje e sempre".

O prelado aproveitou a oportunidade para expressar reparações pelos ataques com explosivos realizados durante o carnaval das festas de Nossa Senhora do Socavón e convidou a continuar a dando testemunho de Fé sem deixar-se vencer pelo medo, o desespero e a indiferença. "O testemunho de Nossa Senhora nos indica que podemos vencer o medo com a Fé, o cansaço com a esperança cristã e a indiferença com amor, superando nossos desejos desordenados e seguindo Cristo, que é o Caminho, a Verdade e a Vida". (EPC)

Loading
Católicos da Bolívia participam de Procissão e Missa em desagravo a Nossa Senhora

Bolívia - Oruro (Segunda-feira, 05-03-2018, Gaudium Press) Numerosos fiéis da Diocese de Oruro, Bolívia, reuniram-se para uma procissão e Missa de reparação à Nossa Senhora do Socavón, convocada pelo Bispo, Dom Cristóbal Bialasik. "Viemos aos pés da 'Mamita' para pedir reparação pelas ofensas que nossa Mãe e seu Filho receberam", expressou o prelado devido uma ofensa cometida contra a venerada imagem por parte de uma artista local.

Católicos da Bolívia participam de Procissão e Missa em desagravo à Nossa Senhora.jpg

Desde às 10h do dia 1º de março, milhares de devotos, estudantes e dançarinos que normalmente participam das festividades de Nossa Senhora do Socavón iniciaram uma procissão que culminou no átrio do Santuário. Neste lugar a Missa campal foi presidida por Dom Bialasik.

"O motivo da celebração é o desejo de desagravar Nossa Senhora, nossa mãe, sob a invocação de Nossa Senhora do Socavón pelas ofensas blasfemas que foram feitas há dias", explicou o Bispo em sua homilia. "Uma liberdade de expressão incompreendida não pode justificar esta falta, esta ofensa, esta falta de respeito devido aos outros e particularmente à santidade da Mãe de Deus".

O prelado esclareceu que as ofensas não diminuem a glória da Santíssima Virgem, mas causam dor e sofrimento aos fiéis. "Hoje em dia se quer destruir a cultura cristã, apesar que a mesma nos oferece belos valores para a construção de uma sociedade solidária, cheia de esperança, com vocação de unidade em relação às suas próprias identidades", lamentou Dom Bialasik. "O mundo laicista rejeita a Deus e este mundo laicista ensina que Deus não existe e esta farsa, esta mentira que temos que rejeitar hoje e sempre".

O prelado aproveitou a oportunidade para expressar reparações pelos ataques com explosivos realizados durante o carnaval das festas de Nossa Senhora do Socavón e convidou a continuar a dando testemunho de Fé sem deixar-se vencer pelo medo, o desespero e a indiferença. "O testemunho de Nossa Senhora nos indica que podemos vencer o medo com a Fé, o cansaço com a esperança cristã e a indiferença com amor, superando nossos desejos desordenados e seguindo Cristo, que é o Caminho, a Verdade e a Vida". (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/93544-Catolicos-da-Bolivia-participam-de-Procissao-e-Missa-em-desagravo-a-Nossa-Senhora. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

No próximo domingo, 24 de junho, a Catedral de Turim celebrará a festa do seu Padroeiro, São Joã ...
 
A proximidade dos Salesianos aos iemenitas fez com que a ordem religiosa promova neste sábado, 23, ...
 
Encontrar apoio na própria família é uma grande ajuda para os que dão este passo, e é uma grand ...
 
Conferência Episcopal do Peru comunica abertura de Centro de Auxílio a migrantes venezuelanos. ...
 
Confiança, Anúncio e Fraternidade: três palavras sobre as quais o Papa propôs aos verbitas uma r ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading