Loading
 
 
 
Loading
 
Papa aceita demissão do prefeito da Secretaria para a Comunicação da Santa Sé
Loading
 
21 de Março de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 21-03-2018, Gaudium Press) Dom Dario Edoardo Viganò, prefeito da Secretaria para a Comunicação da Santa Sé pediu demissão do cargo que até agora ocupava e Papa Francisco aceita seu pedido.

O anúncio da renúncia do prefeito foi feito pelo porta-voz do Vaticano.

O cargo deverá ser ocupado, interinamente, pelo secretário do mesmo organismo, o sacerdote argentino Lucio Adrián Ruiz, antigo responsável pelo serviço de internet do Vaticano.

Desenrrolar de fatos

Dom Dario Edoardo Viganò recebeu críticas por causa da publicação de uma carta do Papa emérito Bento XVI a propósito da edição de escritos teológicos do Papa Francisco. Inicialmente a carta foi publicada omitindo partes do texto e edição digital de uma fotografia.

Bento XVI lamentou que entre os convidados para os comentários aos 11 volumes da "Teologia do Papa Francisco" estivesse Peter Hunermann, que, de acordo com o Papa emérito, durante o seu pontificado "se distinguiu por ter liderado iniciativas anti-papais".

A carta foi parcialmente divulgada pelo Vaticano por ocasião do 5.º aniversário de eleição de Francisco.

A publicação traz críticas de Bento XVI aos "preconceitos tolos daqueles que acham que falta ao Papa Francisco uma particular formação teológica e filosófica" e os que viam em Ratzinger "apenas um teórico da teologia, com pouca compreensão da vida concreta das vidas dos cristãos hoje", e destaca "continuidade interior" entre os dois pontificados.

Secretaria para a Comunicação, Renuncia, Aceitação

A Secretaria para a Comunicação (SPC) foi instituída pelo Papa Francisco a 27 de junho de 2015 para responder "cada vez melhor às necessidades da missão da Igreja".

Monsenhor Dario Viganò era diretor do Centro Televisivo Vaticano antes de ser nomeado prefeito da SPC.

Na carta de demissão, divulgada pelo Vaticano, Viganò evoca as "muitas polémicas" dos últimos dias para justificar a sua decisão de deixar o cargo, a fim de evitar perturbações no "complexo e grande trabalho" de reforma em curso no setor.

Em resposta, o Papa Francisco aceitou a renúncia, expressando um certo pesar e nomeando Dom monsenhor Dario Viganò como assessor do SPC. (JSG)

 

Loading
Papa aceita demissão do prefeito da Secretaria para a Comunicação da Santa Sé

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 21-03-2018, Gaudium Press) Dom Dario Edoardo Viganò, prefeito da Secretaria para a Comunicação da Santa Sé pediu demissão do cargo que até agora ocupava e Papa Francisco aceita seu pedido.

O anúncio da renúncia do prefeito foi feito pelo porta-voz do Vaticano.

O cargo deverá ser ocupado, interinamente, pelo secretário do mesmo organismo, o sacerdote argentino Lucio Adrián Ruiz, antigo responsável pelo serviço de internet do Vaticano.

Desenrrolar de fatos

Dom Dario Edoardo Viganò recebeu críticas por causa da publicação de uma carta do Papa emérito Bento XVI a propósito da edição de escritos teológicos do Papa Francisco. Inicialmente a carta foi publicada omitindo partes do texto e edição digital de uma fotografia.

Bento XVI lamentou que entre os convidados para os comentários aos 11 volumes da "Teologia do Papa Francisco" estivesse Peter Hunermann, que, de acordo com o Papa emérito, durante o seu pontificado "se distinguiu por ter liderado iniciativas anti-papais".

A carta foi parcialmente divulgada pelo Vaticano por ocasião do 5.º aniversário de eleição de Francisco.

A publicação traz críticas de Bento XVI aos "preconceitos tolos daqueles que acham que falta ao Papa Francisco uma particular formação teológica e filosófica" e os que viam em Ratzinger "apenas um teórico da teologia, com pouca compreensão da vida concreta das vidas dos cristãos hoje", e destaca "continuidade interior" entre os dois pontificados.

Secretaria para a Comunicação, Renuncia, Aceitação

A Secretaria para a Comunicação (SPC) foi instituída pelo Papa Francisco a 27 de junho de 2015 para responder "cada vez melhor às necessidades da missão da Igreja".

Monsenhor Dario Viganò era diretor do Centro Televisivo Vaticano antes de ser nomeado prefeito da SPC.

Na carta de demissão, divulgada pelo Vaticano, Viganò evoca as "muitas polémicas" dos últimos dias para justificar a sua decisão de deixar o cargo, a fim de evitar perturbações no "complexo e grande trabalho" de reforma em curso no setor.

Em resposta, o Papa Francisco aceitou a renúncia, expressando um certo pesar e nomeando Dom monsenhor Dario Viganò como assessor do SPC. (JSG)

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/93934-Papa-aceita-demissao-do-prefeito-da-Secretaria-para-a-Comunicacao-da-Santa-Se. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Eles estarão acompanhados de mais de cem bispos e deverão estar em Roma em agosto. ...
 
Momento alto das celebrações: peregrinação internacional a Roma, de 26 a 30 de junho, com uma au ...
 
O anúncio do modelo vencedor acontecerá durante a realização do Curso de Atualização dos Leigo ...
 
Uma das melhores formas de estimular o amor à natureza é fomentar nas almas a admiração pelas ...
 
Com o tema “Liturgia cristã e os desafios da sacramentalidade na arte e na arquitetura contempor ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading