Loading
 
 
 
Loading
 
Beatificada na Itália Irmã Leonella Sgorbati, morta por extremistas islâmicos
Loading
 
26 de Maio de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

irmarosamaria-vaticannews.jpeg

Roma - Piacencia (Sábado 26-05-2018, Gaudium Press) O Instituto das irmãs missionárias da Consolata, fundado pelo beato José Alamano tem uma nova estrela a brilhar no céus da Santa Igreja. É a irmã Lenonella missionária e mártir italiana da Consolata (IMC) beatificada neste sábado (26). A cerimônia foi presidida pelo Cardeal Dom Angelo Amato, Prefeito da Congregação das Causas dos Santos, em Piacencia, como representante do Papa Francisco.

A nova beata ingressou no Instituo das Missionárias da Consolata, em 1963, com o nome de Rosa Maria. Ela professou seus votos perpétuos em 1972. Na Inglaterra fez seus estudos de enfermagem, sendo designada como missionária no Quênia, onde em 1985 foi diretora de uma escola de enfermagem adjunta ao Hospital de Nkubu.

No ano 2001 a irmã Rosa Maria foi transferida para Mogadíscio, afim de abrir uma escola de enfermagem na cidade. Os primeiros 34 enfermeiros formaram-se em 2006, todos jovens somalis de maioria muçulmana.

BeatoAlamano_consolataorg.jpg

A beata Rosa Maria foi assassinada a tiros por extremistas muçulmanos, em um domingo 17 de setembro 2006, enquanto atravessava a rua, após dar aulas no hospital onde trabalhava. Seu guarda-costa Mahamud Mohammed Osman, também morreu. Ela sussurrava durante sua agonia, ao ser levar para o hospital perdão para seus assassinos. Seus restos mortais descansam em Nairóbi, no Quênia.

A irmã Rosa sabia bem do perigo que corria, mas como filha de seu Fundador o beato José Alamano e fiel a seu carisma que recebeu da Virgem da Consolata deu à sua vida como missionária a exemplo do Coração de Jesus, um Coração no qual brotam sangue e água para a vida e a salvação dos homens. (PJS)

Da Gaudium Press com informações Vatican News

 

Loading
Beatificada na Itália Irmã Leonella Sgorbati, morta por extremistas islâmicos

irmarosamaria-vaticannews.jpeg

Roma - Piacencia (Sábado 26-05-2018, Gaudium Press) O Instituto das irmãs missionárias da Consolata, fundado pelo beato José Alamano tem uma nova estrela a brilhar no céus da Santa Igreja. É a irmã Lenonella missionária e mártir italiana da Consolata (IMC) beatificada neste sábado (26). A cerimônia foi presidida pelo Cardeal Dom Angelo Amato, Prefeito da Congregação das Causas dos Santos, em Piacencia, como representante do Papa Francisco.

A nova beata ingressou no Instituo das Missionárias da Consolata, em 1963, com o nome de Rosa Maria. Ela professou seus votos perpétuos em 1972. Na Inglaterra fez seus estudos de enfermagem, sendo designada como missionária no Quênia, onde em 1985 foi diretora de uma escola de enfermagem adjunta ao Hospital de Nkubu.

No ano 2001 a irmã Rosa Maria foi transferida para Mogadíscio, afim de abrir uma escola de enfermagem na cidade. Os primeiros 34 enfermeiros formaram-se em 2006, todos jovens somalis de maioria muçulmana.

BeatoAlamano_consolataorg.jpg

A beata Rosa Maria foi assassinada a tiros por extremistas muçulmanos, em um domingo 17 de setembro 2006, enquanto atravessava a rua, após dar aulas no hospital onde trabalhava. Seu guarda-costa Mahamud Mohammed Osman, também morreu. Ela sussurrava durante sua agonia, ao ser levar para o hospital perdão para seus assassinos. Seus restos mortais descansam em Nairóbi, no Quênia.

A irmã Rosa sabia bem do perigo que corria, mas como filha de seu Fundador o beato José Alamano e fiel a seu carisma que recebeu da Virgem da Consolata deu à sua vida como missionária a exemplo do Coração de Jesus, um Coração no qual brotam sangue e água para a vida e a salvação dos homens. (PJS)

Da Gaudium Press com informações Vatican News

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/95487-Beatificada-na-Italia-Irma-Leonella-Sgorbati--morta-por-extremistas-islamicos. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A norma muda a política atual, que requeria informar à Igreja sobre a intenção dos aspirantes co ...
 
Os símbolos da JMJ permanecerão na Venezuela até o dia 20 de novembro. ...
 
Dom Arturo Fajardo, Bispo de San José de Mayo foi eleito como presidente da Conferência Episcopal ...
 
O Cardeal Parolin foi enviado pelo do Papa às celebrações da Igreja no Mali. ...
 
A celebração aconteceu na Igreja São João Batista, no bairro Santa Maria das Vassouras. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading