Loading
 
 
 
Loading
 
As almas Cor de Ametista
Loading
 
15 de Junho de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Redação (Sexta-feira, 15-06-2018, Gaudium Press) Pensando um pouco no que Deus deu ao Brasil a gente se espanta: tem de tudo.

O que precisa é que paremos um pouco para contemplar alguma destas dádivas de Deus para este país continente.

Parar, ver, pensar e, mais que isso, meditar e agradecer...

Vejamos o que nos tem a dizer do que viu em sua meditação o autor de "As almas cor de ametista".
Uma pedra pode expressar sentimentos? Vejamos:

As almas cor de ametista.jpg

--Da ametista não se pode dizer que seja uma pedra carrancuda, abrutalhada ou cheia de azedume.
Pelo contrário! Quanta bondade, afeto e benquerença ela nos transmite!

Ao descrever a psicologia humana usamos em várias ocasiões, para não dizer sempre, símbolos, metáforas ou figuras que nos ajudem a exprimir verdades mais elevadas. Dada a nossa necessidade de conhecer por meio dos sentidos, afirmamos, por exemplo, que certos olhares são vastos como o mar, ou fulgurantes como uma estrela; equiparamos as dificuldades e provações pelas quais passamos com procelosas tormentas; ou comparamos com um serelepe alguém cheio de vivacidade e energia.

Nesse mundo de analogias, as cores possuem um papel todo especial. Diz-se que o verde representa a esperança; o vermelho, o fogo da caridade; o branco, a pureza; o azul, a serenidade e o equilíbrio...

Ora, assim como tais imagens podem ser usadas para aprofundar na psicologia humana, elas podem servir também para descrever povos e nações.

Percorrendo as vastidões deste nosso país-continente, nos encantamos ao saborear os diferentes aspectos de cada região: as comidas, os sotaques, a vegetação, a cultura. Lancemos um olhar de Norte a Sul do Brasil, de Leste a Oeste. Que encanto! Que vastidão! Quanta abundância de tesouros depositados pelo Criador nesta bem-amada Terra de Santa Cruz!

Caro leitor, proponho que se detenha por um momento e medite se, em sua opinião, há algum símbolo que sintetize e abranja tanta riqueza. Ou, indo um pouco mais longe, se seria capaz de achar uma cor ou algum objeto material que a represente satisfatoriamente.

As almas cor de ametista1.jpg

A resposta talvez pareça difícil, mas, na realidade, não se encontra longe de nós. Deus foi tão dadivoso para com esta terra que espalhou por ela minas e mais minas de um sublime minério: a ametista. E, no nosso parecer, ela bem poderia ser o símbolo que procuramos.

A ametista? - perguntará surpreso alguém. Como um povo tão vivo e expressivo se sentiria representado por uma discreta gema, à qual costuma se atribuir o poder de trazer a paz e acalmar o espírito? Mas não nos deixemos levar pelas primeiras impressões...

Da ametista não se pode dizer que seja uma pedra carrancuda, abrutalhada ou cheia de azedume. Pelo contrário! Quanta bondade, afeto e benquerença ela nos transmite! Além do mais, sua coloração entre o roxo e o lilás nos faz lembrar o sofrimento: um sofrimento suave, isento de recriminações, levado com resignação e alegria. Caberia descrevê-la, então, como uma pedra bondosa e sofrida, que esparge amabilidade e afagos, que consola e protege.

Será que Deus espalhou por acaso em todo nosso território essa tão valiosa gema? Ou terá querido Ele torná-la num símbolo da faceta da infinitude divina que a alma brasileira é chamada a refletir?

As almas cor de ametista2download.jpg

Consideremos tantas almas que aqui nasceram e que atingiram o termo de sua vida cumprindo o desígnio de Deus. Sejam sacerdotes, religiosas, missionários ou mães de família, sempre encontraremos nelas as suaves luzes de brilho lilás que cintilam discretamente na ametista.

Podemos dizer, então, que o Brasil é chamado de modo especial a reluzir a bondade do próprio Deus, temperada com os méritos do sofrimento. Queira Deus que ao chegarmos ao Céu conheçamos muitas destas "almas cor de ametista" e, por intercessão delas, tenhamos nós mesmos uma alma dessa cor! (RAE)

Loading
As almas Cor de Ametista

Redação (Sexta-feira, 15-06-2018, Gaudium Press) Pensando um pouco no que Deus deu ao Brasil a gente se espanta: tem de tudo.

O que precisa é que paremos um pouco para contemplar alguma destas dádivas de Deus para este país continente.

Parar, ver, pensar e, mais que isso, meditar e agradecer...

Vejamos o que nos tem a dizer do que viu em sua meditação o autor de "As almas cor de ametista".
Uma pedra pode expressar sentimentos? Vejamos:

As almas cor de ametista.jpg

--Da ametista não se pode dizer que seja uma pedra carrancuda, abrutalhada ou cheia de azedume.
Pelo contrário! Quanta bondade, afeto e benquerença ela nos transmite!

Ao descrever a psicologia humana usamos em várias ocasiões, para não dizer sempre, símbolos, metáforas ou figuras que nos ajudem a exprimir verdades mais elevadas. Dada a nossa necessidade de conhecer por meio dos sentidos, afirmamos, por exemplo, que certos olhares são vastos como o mar, ou fulgurantes como uma estrela; equiparamos as dificuldades e provações pelas quais passamos com procelosas tormentas; ou comparamos com um serelepe alguém cheio de vivacidade e energia.

Nesse mundo de analogias, as cores possuem um papel todo especial. Diz-se que o verde representa a esperança; o vermelho, o fogo da caridade; o branco, a pureza; o azul, a serenidade e o equilíbrio...

Ora, assim como tais imagens podem ser usadas para aprofundar na psicologia humana, elas podem servir também para descrever povos e nações.

Percorrendo as vastidões deste nosso país-continente, nos encantamos ao saborear os diferentes aspectos de cada região: as comidas, os sotaques, a vegetação, a cultura. Lancemos um olhar de Norte a Sul do Brasil, de Leste a Oeste. Que encanto! Que vastidão! Quanta abundância de tesouros depositados pelo Criador nesta bem-amada Terra de Santa Cruz!

Caro leitor, proponho que se detenha por um momento e medite se, em sua opinião, há algum símbolo que sintetize e abranja tanta riqueza. Ou, indo um pouco mais longe, se seria capaz de achar uma cor ou algum objeto material que a represente satisfatoriamente.

As almas cor de ametista1.jpg

A resposta talvez pareça difícil, mas, na realidade, não se encontra longe de nós. Deus foi tão dadivoso para com esta terra que espalhou por ela minas e mais minas de um sublime minério: a ametista. E, no nosso parecer, ela bem poderia ser o símbolo que procuramos.

A ametista? - perguntará surpreso alguém. Como um povo tão vivo e expressivo se sentiria representado por uma discreta gema, à qual costuma se atribuir o poder de trazer a paz e acalmar o espírito? Mas não nos deixemos levar pelas primeiras impressões...

Da ametista não se pode dizer que seja uma pedra carrancuda, abrutalhada ou cheia de azedume. Pelo contrário! Quanta bondade, afeto e benquerença ela nos transmite! Além do mais, sua coloração entre o roxo e o lilás nos faz lembrar o sofrimento: um sofrimento suave, isento de recriminações, levado com resignação e alegria. Caberia descrevê-la, então, como uma pedra bondosa e sofrida, que esparge amabilidade e afagos, que consola e protege.

Será que Deus espalhou por acaso em todo nosso território essa tão valiosa gema? Ou terá querido Ele torná-la num símbolo da faceta da infinitude divina que a alma brasileira é chamada a refletir?

As almas cor de ametista2download.jpg

Consideremos tantas almas que aqui nasceram e que atingiram o termo de sua vida cumprindo o desígnio de Deus. Sejam sacerdotes, religiosas, missionários ou mães de família, sempre encontraremos nelas as suaves luzes de brilho lilás que cintilam discretamente na ametista.

Podemos dizer, então, que o Brasil é chamado de modo especial a reluzir a bondade do próprio Deus, temperada com os méritos do sofrimento. Queira Deus que ao chegarmos ao Céu conheçamos muitas destas "almas cor de ametista" e, por intercessão delas, tenhamos nós mesmos uma alma dessa cor! (RAE)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/95995-As-almas-Cor-de-Ametista. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A mostra é uma verdadeira viagem na descoberta de como a Bíblia é um texto em movimento, centrado ...
 
O anúncio foi realizado durante Missa presidida pelo Núncio Apostólico no Uruguai, Dom Martin Kre ...
 
"Nós confiamos: Deus tem um plano para Emma". Estaremos juntos na eternidade. ...
 
Ricardo Henry Marques Dip é desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo desde janeiro de 20 ...
 
O evento desembarca em solo tocantinense pela segunda vez inspirado no tema “Uma jovem chamada Mar ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading