Loading
 
 
 
Loading
 
Governo inglês autoriza vigílias de oração em frente à clínicas de aborto
Loading
 
17 de Setembro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Londres - Inglaterra (Segunda-feira, 17-09-2018, Gaudium Press) A decisão do governo inglês de não introduzir zonas de proteção fora das clínicas de aborto na Inglaterra e no País de Gales foi celebrada pelo bispo auxiliar da Arquidiocese de Westminster, Dom John Sherrington.

 Governo inglês autoriza vigílias de oração em frente à clínicas de aborto
Dom John Sherrington/ Foto: Arquidiocese de Westminster

O Estado considerou a proposta que impedia a realização de vigílias de oração em frente às clínicas de aborto desproporcional ao levar em conta as experiências de trabalho dos grupos pró-vida no país.

"Congratulo-me com a rejeição do governo ao chamado para introduzir zonas de proteção fora das clínicas de aborto na Inglaterra e no País de Gales", comemorou o prelado. Segundo ele, "a liberdade de assembleia e de expressar preocupação pelo bem da mãe e do feto é um aspecto da busca pelo bem comum que envolve o cuidado do nascituro, que acreditamos que deve ser protegido de qualquer perigo".

O bispo classificou as vigílias de oração e demais atividades desenvolvidas em grupos por membros da Igreja como uma maneira de conceder testemunho da dignidade da vida humana.

Dom Sherrington afirmou ainda que já existe uma legislação que protege as mulheres e funcionários de qualquer instituição, sem a necessidade de zonas de proteção, em caso de uma situação de ameaça ou assédio por parte de qualquer manifestante. No caso de atividades pró-vida, disse que essas situações são excepcionais e inaceitáveis para a Igreja.

"Acreditamos que em uma sociedade democrática a liberdade de protestar e expressar sua opinião deve sempre ser considerada em sua relação com o bem comum", lembrou. "Não deveria ser necessário limitar a liberdade de indivíduos e grupos para expressar opiniões, exceto quando causam sérios danos a outros ou uma ameaça à ordem pública", concluiu o bispo auxiliar. (LMI)

Loading
Governo inglês autoriza vigílias de oração em frente à clínicas de aborto

Londres - Inglaterra (Segunda-feira, 17-09-2018, Gaudium Press) A decisão do governo inglês de não introduzir zonas de proteção fora das clínicas de aborto na Inglaterra e no País de Gales foi celebrada pelo bispo auxiliar da Arquidiocese de Westminster, Dom John Sherrington.

 Governo inglês autoriza vigílias de oração em frente à clínicas de aborto
Dom John Sherrington/ Foto: Arquidiocese de Westminster

O Estado considerou a proposta que impedia a realização de vigílias de oração em frente às clínicas de aborto desproporcional ao levar em conta as experiências de trabalho dos grupos pró-vida no país.

"Congratulo-me com a rejeição do governo ao chamado para introduzir zonas de proteção fora das clínicas de aborto na Inglaterra e no País de Gales", comemorou o prelado. Segundo ele, "a liberdade de assembleia e de expressar preocupação pelo bem da mãe e do feto é um aspecto da busca pelo bem comum que envolve o cuidado do nascituro, que acreditamos que deve ser protegido de qualquer perigo".

O bispo classificou as vigílias de oração e demais atividades desenvolvidas em grupos por membros da Igreja como uma maneira de conceder testemunho da dignidade da vida humana.

Dom Sherrington afirmou ainda que já existe uma legislação que protege as mulheres e funcionários de qualquer instituição, sem a necessidade de zonas de proteção, em caso de uma situação de ameaça ou assédio por parte de qualquer manifestante. No caso de atividades pró-vida, disse que essas situações são excepcionais e inaceitáveis para a Igreja.

"Acreditamos que em uma sociedade democrática a liberdade de protestar e expressar sua opinião deve sempre ser considerada em sua relação com o bem comum", lembrou. "Não deveria ser necessário limitar a liberdade de indivíduos e grupos para expressar opiniões, exceto quando causam sérios danos a outros ou uma ameaça à ordem pública", concluiu o bispo auxiliar. (LMI)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/98059-Governo-ingles-autoriza-vigilias-de-oracao-em-frente-a-clinicas-de-aborto. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

“Temos que chamar os jovens a ser Santos e nós também devemos ser Santos”, ressaltou Dom José ...
 
Segundo o Padre Davide Carbonaro, a ideia da procissão “é iluminar esta noite especial para nós ...
 
Proveniente de Portugal, a imagem peregrina de Nossa Senhora de Fátima viajou para a Colômbia onde ...
 
Por causa 92ª Jornada Missionária Mundial a ser realizada no domingo, 21/10, foram publicadas vár ...
 
“Senso do maravilhoso”: tendência natural que leva a buscar Deus, glorificá-Lo nos seus reflex ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading