Loading
 
 
 
Loading
 
Polônia celebra os 36 anos da canonização de São Maximiliano Kolbe
Loading
 
10 de Outubro de 2018 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Polônia - Oswiecim (Quarta-feira, 10-10-2018, Gaudium Press) O Bispo de Bielsko-Zywiec, Polônia, Dom Roman Pindel, celebrou em Oswiecim os 36 anos da canonização de São Maximiliano Kolbe. O Santo é recordado pelo seu audaz emprego dos meios de comunicação para evangelizar e difundir a devoção à Santíssima Virgem, materializada na Milícia da Imaculada, organização devota que fundou como reação às ações de inimigos da Igreja.

Polônia celebra os 36 anos da canonização de São Maximiliano Kolbe.jpg

"São Maximiliano deu sua vida para salvar a unidade do matrimônio", recordou o prelado em sua homilia, fazendo referência ao seu oferecimento de substituir a um homem condenado à morte que tinha esposa e filhos para que pudesse reencontrar-se com sua família como efetivamente aconteceu. "Esta foi a lógica da escolha quando apareceu dentre vários prisioneiros e declarou que queria morrer de fome no lugar de Franciszek Gajowniczek, que havia sido escolhido".

Este último testemunho de um religioso que entregou a totalidade de sua vida em favor da evangelização e a difusão da Consagração pessoal à Santíssima Virgem é uma expressão da sacralidade do Sacramento do Matrimônio. "Que seja um sinal para nosso tempo", expressou Dom Pindel. "Que ele interceda por nós e que voltemos à unidade e aprofundemos o amor conjugal, o amor na família".

Os fiéis católicos ofereceram como obséquio à paróquia de São Maximiliano um retrato do Santo e veneraram suas relíquias de segundo grau, já que seu corpo foi incinerado junto aos demais prisioneiros do campo de concentração. A paróquia conserva um Rosário de sua propriedade que foi obsequiado ao prisioneiro Wilhelm Zelazny e vários objetos empregados pelo sacerdote para celebrar a Eucaristia no campo de concentração. São Maximiliano Kolbe foi beatificado em 1971 pelo Beato Papa Paulo VI e canonizado em 1982 por São João Paulo II. (EPC)

Loading
Polônia celebra os 36 anos da canonização de São Maximiliano Kolbe

Polônia - Oswiecim (Quarta-feira, 10-10-2018, Gaudium Press) O Bispo de Bielsko-Zywiec, Polônia, Dom Roman Pindel, celebrou em Oswiecim os 36 anos da canonização de São Maximiliano Kolbe. O Santo é recordado pelo seu audaz emprego dos meios de comunicação para evangelizar e difundir a devoção à Santíssima Virgem, materializada na Milícia da Imaculada, organização devota que fundou como reação às ações de inimigos da Igreja.

Polônia celebra os 36 anos da canonização de São Maximiliano Kolbe.jpg

"São Maximiliano deu sua vida para salvar a unidade do matrimônio", recordou o prelado em sua homilia, fazendo referência ao seu oferecimento de substituir a um homem condenado à morte que tinha esposa e filhos para que pudesse reencontrar-se com sua família como efetivamente aconteceu. "Esta foi a lógica da escolha quando apareceu dentre vários prisioneiros e declarou que queria morrer de fome no lugar de Franciszek Gajowniczek, que havia sido escolhido".

Este último testemunho de um religioso que entregou a totalidade de sua vida em favor da evangelização e a difusão da Consagração pessoal à Santíssima Virgem é uma expressão da sacralidade do Sacramento do Matrimônio. "Que seja um sinal para nosso tempo", expressou Dom Pindel. "Que ele interceda por nós e que voltemos à unidade e aprofundemos o amor conjugal, o amor na família".

Os fiéis católicos ofereceram como obséquio à paróquia de São Maximiliano um retrato do Santo e veneraram suas relíquias de segundo grau, já que seu corpo foi incinerado junto aos demais prisioneiros do campo de concentração. A paróquia conserva um Rosário de sua propriedade que foi obsequiado ao prisioneiro Wilhelm Zelazny e vários objetos empregados pelo sacerdote para celebrar a Eucaristia no campo de concentração. São Maximiliano Kolbe foi beatificado em 1971 pelo Beato Papa Paulo VI e canonizado em 1982 por São João Paulo II. (EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/98564-Polonia-celebra-os-36-anos-da-canonizacao-de-Sao-Maximiliano-Kolbe. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A relíquia se conserva em um relicário de ouro, incrustada em uma imagem de São Juan Diego. ...
 
O Pregador da Casa Pontifícia ministrou a primeira meditação do Advento intitulada 'Deus existe!' ...
 
“Os Artesãos e seus Presépios II” exibe 33 presépios criados por 15 artesãos paulistas. ...
 
O Arcebispo Dom Wilson Tadeu Jönck preside a missa e abençoa o templo, que estava fechado há seis ...
 
O purpurado recordou aos novos sacerdotes e diáconos que suas vocações são um dom dado por Deus. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading