Loading
 
 
 
Loading
 
Corte Europeia revê sentença contra crucifixos nas escolas públicas da Itália
Loading
 
5 de Março de 2010 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 
Crucifixo-na-Escola-2FEV200.jpg
Corte Europeia voltou atrás na decisão de retirar crucifixos das salas de aula

Cidade do Vaticano (Sexta-feira, 05-03-2010, Gaudium Press) A Corte Europeia de Direitos Humanos, sediada em Estrasburgo, França, acatou, na última terça-feira, 02, a apelação apresentada pelo governo da Itália contra a sentença emitida pelo próprio tribunal, no dia 3 de novembro de 2009, que obrigava as escolas públicas italianas a retirarem os crucifixos de suas salas de aula, informaram agências de notícias.

Em novembro do ano passado, a corte europeia havia afirmado que o crucifixo nas salas de aula das escolas públicas era uma violação "dos direitos dos pais para educar seus filhos, segundo suas convicções" e da "liberdade de religião dos alunos".

A sentença foi dada em resposta ao recurso apresentado pela cidadã italiana de origem finlandesa, Soile Lautsi, que pediu, em 2001, que a escola pública frequentada por seus filhos retirasse os crucifixos presentes nas salas de aula.

A decisão da Corte Europeia causou grande impacto em católicos italianos e também de outras partes do mundo e provocou o desagravo do governo da Itália. Em 29 de janeiro deste ano, o governo italiano pediu que a sentença emitida pela corte fosse revista, argumentando que os crucifixos eram símbolos das raízes cristãs do país. Na última terça-feira, a Corte de Estrasburgo acatou o pedido.

O caso dos crucifixos será julgado novamente pelos juízes da corte. Todavia, antes que isso ocorra, está prevista uma audiência na sede do Tribunal, para que os advogados de defesa de Lautsi e os advogados do Estado italiano exponham seus argumentos.

 

 

 

Loading
Corte Europeia revê sentença contra crucifixos nas escolas públicas da Itália
Crucifixo-na-Escola-2FEV200.jpg
Corte Europeia voltou atrás na decisão de retirar crucifixos das salas de aula

Cidade do Vaticano (Sexta-feira, 05-03-2010, Gaudium Press) A Corte Europeia de Direitos Humanos, sediada em Estrasburgo, França, acatou, na última terça-feira, 02, a apelação apresentada pelo governo da Itália contra a sentença emitida pelo próprio tribunal, no dia 3 de novembro de 2009, que obrigava as escolas públicas italianas a retirarem os crucifixos de suas salas de aula, informaram agências de notícias.

Em novembro do ano passado, a corte europeia havia afirmado que o crucifixo nas salas de aula das escolas públicas era uma violação "dos direitos dos pais para educar seus filhos, segundo suas convicções" e da "liberdade de religião dos alunos".

A sentença foi dada em resposta ao recurso apresentado pela cidadã italiana de origem finlandesa, Soile Lautsi, que pediu, em 2001, que a escola pública frequentada por seus filhos retirasse os crucifixos presentes nas salas de aula.

A decisão da Corte Europeia causou grande impacto em católicos italianos e também de outras partes do mundo e provocou o desagravo do governo da Itália. Em 29 de janeiro deste ano, o governo italiano pediu que a sentença emitida pela corte fosse revista, argumentando que os crucifixos eram símbolos das raízes cristãs do país. Na última terça-feira, a Corte de Estrasburgo acatou o pedido.

O caso dos crucifixos será julgado novamente pelos juízes da corte. Todavia, antes que isso ocorra, está prevista uma audiência na sede do Tribunal, para que os advogados de defesa de Lautsi e os advogados do Estado italiano exponham seus argumentos.

 

 

 

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/13885-Corte-Europeia-reve-sentenca-contra-crucifixos-nas-escolas-publicas-da-Italia. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Eucaristia, Rafael ibaruren, arautos do evangelho, bispo Auxiliar de Los Angeles, Dom Roberto Barr ...
 
Os vândalos profanaram o templo, que geralmente fica aberto ao público, e gritaram coisas impronun ...
 
“As quatro proximidades: a Deus, ao bispo, aos sacerdotes e ao povo de Deus. Não vos esqueçais.. ...
 
O acontecimento ocorrerá no dia 26 de janeiro, na festa dos Santos Timóteo e Tito, e em união com ...
 
A famosa cidade italiana sofreu uma inundação com o nível das águas chegando a 1,87 metros de al ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading