Loading
 
 
 
Loading
 
Nossa Senhora das Lágrimas de Siracusa peregrina por Lenola, Itália
Loading
 
13 de Julho de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Lenola - Itália (Quarta-feira, 13-07-2016, Gaudium Press) O relicário da venerada imagem de Nossa Senhora das Lágrimas de Siracusa -o mesmo que esteve na Basílica de São Pedro, no Vaticano, no dia 05 de maio para a Vigília de Oração "Enxugar as lágrimas"- estará de 14 a 16 de julho na Basílica Santuário del Colle em LeNossa Senhora das Lágrimas de Siracusa peregrina por Lenola, Itália 1.jpgnola, Itália, por ocasião do Ano Santo da Misericórdia.

"A Basílica da Virgem del Colle em Lenola, para consolar os aflitos, abrirá as portas da misericórdia acolhendo e oferecendo à veneração dos fiéis o precioso relicário da Virgem das Lágrimas", reiteram a partir do website do Santuário.

A Virgem e as relíquias de suas lágrimas serão acolhidas às 21h do dia 14 na Praça Cavour aonde chegarão acompanhadas por uma procissão de velas pela escadaria até a Basílica del Colle onde permanecerão expostas para a veneração.

A visita do relicário na povoação italiana continuará na sexta-feira, 15, às 09h30 no Instituto Mater Domini, onde se celebrará a Santa Missa e se realizará uma procissão pela Casa de Repouso. Às 11h seguirá para o Hospital São João de Deus. Na parte da tarde, às 18h, será a Missa pelos enfermos no Santuário del Colle. A jornada culminará na Praça da Basílica com um concerto em honra à Mãe de Deus.

Para o sábado, 16 de julho, o relicário visitará na parte da manhã aos enfermos da casa de repouso de Lenola. À tarde, às 18h, seguirá uma jornada de oração com o Santo Rosário, que será animada pelos voluntários do Centro de Ajuda à Vida "Santa Maria del Colle-João Paulo II".

O fenômeno de lacrimação

O Relicário da Virgem de Siracusa contêm as lágrimas ligadas a um fenômeno milagroso que ocorreu do dia 29 de agosto à 1º de setembro de 1953 em Siracusa, Itália, quando uma simples, mas bela imagem do Imaculado Coração de Maria começou a chorar de maneira inexplicável na casa de uma família de recém-casados, os esposos Angelo Iannuso e Antonina Giusto.Nossa Senhora das Lágrimas de Siracusa peregrina por Lenola, Itália 2.jpg

O fenômeno da lacrimação da venerada imagem, a quem se edificou um Santuário em Siracusa, foi submetido a diversas provas científicas e médicas que determinaram que se tratavam de lágrimas humanas. Dito prodígio foi declarado autêntico pelos Bispos da Sicília, reunidos em Conferência Episcopal, no dia 12 de dezembro de 1953. O fenômeno foi reconhecido também pelo Papa Pio XII.

No relicário se encontra uma tela bordada por Antonina que se utilizava para cobrir a imagem, a qual ficou molhada pelas lágrimas que pendiam da Virgem. Também está a metade de um pano empapado pelas lágrimas, doado por Lisette Toscano Piccione, assim como um tubo utilizado pelo comitê científico que estudou o fenômeno.

As relíquias foram fechadas hermeticamente no dia 08 de maio de 1954, assinando-se em pergaminho a autenticidade que se credita o milagre. No relicário está inscrito: "Oh, Virgem das lágrimas rompe a dureza do nosso coração, lágrimas de penitente -29 de agosto de 1953". (GPE/EPC)

Loading
Nossa Senhora das Lágrimas de Siracusa peregrina por Lenola, Itália

Lenola - Itália (Quarta-feira, 13-07-2016, Gaudium Press) O relicário da venerada imagem de Nossa Senhora das Lágrimas de Siracusa -o mesmo que esteve na Basílica de São Pedro, no Vaticano, no dia 05 de maio para a Vigília de Oração "Enxugar as lágrimas"- estará de 14 a 16 de julho na Basílica Santuário del Colle em LeNossa Senhora das Lágrimas de Siracusa peregrina por Lenola, Itália 1.jpgnola, Itália, por ocasião do Ano Santo da Misericórdia.

"A Basílica da Virgem del Colle em Lenola, para consolar os aflitos, abrirá as portas da misericórdia acolhendo e oferecendo à veneração dos fiéis o precioso relicário da Virgem das Lágrimas", reiteram a partir do website do Santuário.

A Virgem e as relíquias de suas lágrimas serão acolhidas às 21h do dia 14 na Praça Cavour aonde chegarão acompanhadas por uma procissão de velas pela escadaria até a Basílica del Colle onde permanecerão expostas para a veneração.

A visita do relicário na povoação italiana continuará na sexta-feira, 15, às 09h30 no Instituto Mater Domini, onde se celebrará a Santa Missa e se realizará uma procissão pela Casa de Repouso. Às 11h seguirá para o Hospital São João de Deus. Na parte da tarde, às 18h, será a Missa pelos enfermos no Santuário del Colle. A jornada culminará na Praça da Basílica com um concerto em honra à Mãe de Deus.

Para o sábado, 16 de julho, o relicário visitará na parte da manhã aos enfermos da casa de repouso de Lenola. À tarde, às 18h, seguirá uma jornada de oração com o Santo Rosário, que será animada pelos voluntários do Centro de Ajuda à Vida "Santa Maria del Colle-João Paulo II".

O fenômeno de lacrimação

O Relicário da Virgem de Siracusa contêm as lágrimas ligadas a um fenômeno milagroso que ocorreu do dia 29 de agosto à 1º de setembro de 1953 em Siracusa, Itália, quando uma simples, mas bela imagem do Imaculado Coração de Maria começou a chorar de maneira inexplicável na casa de uma família de recém-casados, os esposos Angelo Iannuso e Antonina Giusto.Nossa Senhora das Lágrimas de Siracusa peregrina por Lenola, Itália 2.jpg

O fenômeno da lacrimação da venerada imagem, a quem se edificou um Santuário em Siracusa, foi submetido a diversas provas científicas e médicas que determinaram que se tratavam de lágrimas humanas. Dito prodígio foi declarado autêntico pelos Bispos da Sicília, reunidos em Conferência Episcopal, no dia 12 de dezembro de 1953. O fenômeno foi reconhecido também pelo Papa Pio XII.

No relicário se encontra uma tela bordada por Antonina que se utilizava para cobrir a imagem, a qual ficou molhada pelas lágrimas que pendiam da Virgem. Também está a metade de um pano empapado pelas lágrimas, doado por Lisette Toscano Piccione, assim como um tubo utilizado pelo comitê científico que estudou o fenômeno.

As relíquias foram fechadas hermeticamente no dia 08 de maio de 1954, assinando-se em pergaminho a autenticidade que se credita o milagre. No relicário está inscrito: "Oh, Virgem das lágrimas rompe a dureza do nosso coração, lágrimas de penitente -29 de agosto de 1953". (GPE/EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/80604-Nossa-Senhora-das-Lagrimas-de-Siracusa-peregrina-por-Lenola--Italia. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Cardeal apresentou Nossa Senhora como exemplo para todos os fiéis. ...
 
O Pontífice visitará o país europeu entre os dias 25 e 26 de agosto, para participar do Encontro ...
 
O emoji criado consiste em uma pequena representando o rosto sorridente do Papa, com a bandeira da I ...
 
“ (...) todos os dias somos impulsionados a uma resposta livre ao chamado amoroso de Deus”, afir ...
 
Na festa da Assunção da Virgem Maria, Cardeal Antônio Marto indica três motivos de alegria para ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading