Loading
 
 
 
Loading
 
Santuário de Zakopane: ação de graças da Polônia pela sobrevivência de São João Paulo II
Loading
 
20 de Julho de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Santuário de Zakopane, ação de graças da Polônia pela sobrevivência de São João Paulo II 1.jpg
Exterior do Santuário de Nossa Senhora de Fátima em Zakopane, Polônia.
Foto: Santuário de Zakopane.

Zakopane - Polônia (Quarta-feira, 20-07-2016, Gaudium Press)
Um Santuário edificado nas terras altas de Zakopane, Polônia, foi destacado pelo serviço informativo da JMJ Cracóvia 2016, Pope2016.com, por sua estreita relação com um portentoso capítulo da história da Igreja: A maternal intervenção da Santíssima Virgem Maria para evitar o assassinato do Papa São João Paulo II em 1981. O templo, dedicado à Nossa Senhora de Fátima, foi criado pelos devotos da Polônia em ação de graças pela sobrevivência do Pontífice.

"Este Santuário foi vinculado ao Papa polonês desde o início, e construído em agradecimento porque sua vida foi salva, explicou o Padre Grzegorz Suchodolski. "É um dos quatro templos na Polônia que o Papa consagrou pessoalmente". Os trabalhos de edificação se realizaram pelos devotos locais, entre os quais se encontravam artesãos e artistas que deram vida a um templo de madeira e metal que recorda a arquitetura dos chalés para permitir o deslizamento da neve sobre os telhados.

Santuário de Zakopane, ação de graças da Polônia pela sobrevivência de São João Paulo II 2.jpg
Foto: Santuário de Zakopane.
O templo conserva duas relíquias importantes: uma de São Carlos Borromeu, considerado pelo Papa como seu Padroeiro, e outra do próprio São João Paulo II. Além das relíquias, o Santuário custodia quase 400 objetos relacionados ao Pontífice, tais como vestimentas e um livro de orações, assim como o equipamento de alpinismo, os quais ainda não foram exibidos publicamente.

O Santuário é um dos principais centros de devoção a Nossa Senhora de Fátima na Polônia, com o valor agregado por estar ligado à figura do Pontífice, que expressou seu desejo de que este fosse um "Santuário Mariano Papal", pedindo a oração constante do Santo Rosário pela sua saúde e sua força para continuar seu apostolado. No templo se praticam as devoções recomendadas pela Santíssima Virgem em Portugal: o Santo Rosário, a Adoração Eucarística, o espírito de penitência e a devoção aos primeiros sábados.

A figura de São João Paulo II está muito relacionada à extensão da devoção à Virgem de Fátima, não somente pela clara alusão do Santo Padre à sua intervenção como uma mão misteriosa que desviou a bala, mas pelas três viagens apostólicas do Pontífice à Fátima, a beatificação dos videntes Jacinta e Francisco, e os Atos de Consagração ao Imaculado Coração de Maria em 1982, 1984 e 1991. (GPE/EPC)

Loading
Santuário de Zakopane: ação de graças da Polônia pela sobrevivência de São João Paulo II

Santuário de Zakopane, ação de graças da Polônia pela sobrevivência de São João Paulo II 1.jpg
Exterior do Santuário de Nossa Senhora de Fátima em Zakopane, Polônia.
Foto: Santuário de Zakopane.

Zakopane - Polônia (Quarta-feira, 20-07-2016, Gaudium Press)
Um Santuário edificado nas terras altas de Zakopane, Polônia, foi destacado pelo serviço informativo da JMJ Cracóvia 2016, Pope2016.com, por sua estreita relação com um portentoso capítulo da história da Igreja: A maternal intervenção da Santíssima Virgem Maria para evitar o assassinato do Papa São João Paulo II em 1981. O templo, dedicado à Nossa Senhora de Fátima, foi criado pelos devotos da Polônia em ação de graças pela sobrevivência do Pontífice.

"Este Santuário foi vinculado ao Papa polonês desde o início, e construído em agradecimento porque sua vida foi salva, explicou o Padre Grzegorz Suchodolski. "É um dos quatro templos na Polônia que o Papa consagrou pessoalmente". Os trabalhos de edificação se realizaram pelos devotos locais, entre os quais se encontravam artesãos e artistas que deram vida a um templo de madeira e metal que recorda a arquitetura dos chalés para permitir o deslizamento da neve sobre os telhados.

Santuário de Zakopane, ação de graças da Polônia pela sobrevivência de São João Paulo II 2.jpg
Foto: Santuário de Zakopane.
O templo conserva duas relíquias importantes: uma de São Carlos Borromeu, considerado pelo Papa como seu Padroeiro, e outra do próprio São João Paulo II. Além das relíquias, o Santuário custodia quase 400 objetos relacionados ao Pontífice, tais como vestimentas e um livro de orações, assim como o equipamento de alpinismo, os quais ainda não foram exibidos publicamente.

O Santuário é um dos principais centros de devoção a Nossa Senhora de Fátima na Polônia, com o valor agregado por estar ligado à figura do Pontífice, que expressou seu desejo de que este fosse um "Santuário Mariano Papal", pedindo a oração constante do Santo Rosário pela sua saúde e sua força para continuar seu apostolado. No templo se praticam as devoções recomendadas pela Santíssima Virgem em Portugal: o Santo Rosário, a Adoração Eucarística, o espírito de penitência e a devoção aos primeiros sábados.

A figura de São João Paulo II está muito relacionada à extensão da devoção à Virgem de Fátima, não somente pela clara alusão do Santo Padre à sua intervenção como uma mão misteriosa que desviou a bala, mas pelas três viagens apostólicas do Pontífice à Fátima, a beatificação dos videntes Jacinta e Francisco, e os Atos de Consagração ao Imaculado Coração de Maria em 1982, 1984 e 1991. (GPE/EPC)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Junto com a peça os visitantes podem assistir a um vídeo com os testemunhos das pessoas que partic ...
 
“A mensagem de Fátima continua a desafiar a uma atitude de oferta da própria vida a Deus e aos ...
 
As celebrações seguiram o lema: “Com Lourenço servidor, do povo protetor, escutamos e anunciamo ...
 
Bispos da Igreja Caldeia Católica apelaram para o fim da guerra na Síria e em todo o Médio Orient ...
 
“A lei que penaliza o aborto provocado está a serviço de um valor altíssimo, que é a vida do n ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading