Loading
 
 
 
Loading
 
Papa, no Angelus: ‘a oração é o principal instrumento de trabalho e salvação de vida"
Loading
 
25 de Julho de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (25/07/2016, Gaudium Press) - "Senhor, ensina-me a rezar" foi a frase que o Pontífice destacou do Evangelho do dia (Lc 11, 1-13), em sua catequese feita antes da oração mariana do Angelus, no domingo, 24 de julho, com a Praça de São Pedro repleta, sobretudo de jovens, muitos deles já indo em direção a Cracóvia para a Jornada Mundial da Juventude, na Polônia.

vaticano.jpg

Com suas palavras o Papa Francisco procurou mostrar a importância da oração como ‘ferramenta de trabalho' e salvação de vida:

A frase que o Pontífice destacou do Evangelho do dia foi: "Senhor, ensina-me a rezar" tirada de São Lucas (11, 1-13).

Francisco destacou a palavra "Pai" que Evangelho trazia. Para ele, Pai, é o segredo ‘fundamental' da oração:

"É a chave que Ele nos dá para que possamos entrar também na relação de diálogo íntimo com o Pai", disse.

O Papa reforço seu pensamento afirmando que "insistir com Deus não serve para convencê-lo, mas para fortalecer a nossa fé, nossa capacidade de lutar com Deus pelas coisas realmente importantes". Do importante que Francisco apontou, ele destacou o Espírito Santo.

Três Súplicas

O Pontífice recordou que na oração do Pai Nosso o evangelista destaca três súplicas que são fitas no decorrer da oração:

Ele pede o pão, com o qual Jesus nos mostra o que é necessário e não o supérfluo; pede o perdão, que recebemos, antes de tudo de Deus, e que nos torna capazes de realizar gestos de reconciliação; e, por fim, o terceiro pedido: ‘não nos deixeis cair em tentação'.

E este terceiro pedido contém em si um conceito que expressa bem a condição de estarmos sempre, com as tentações, à mercê do mal e da corrupção.

"Não se pode viver sem pão, não se pode viver sem perdão e não se pode viver sem a ajuda de Deus para não cairmos em tentação", afirmou Francisco que, em seguida, concluiu reafirmando o peso que é viver dentro das consequências do pecado original:

"Sabemos bem o que são as tentações! ". (JSG)

Loading
Papa, no Angelus: ‘a oração é o principal instrumento de trabalho e salvação de vida"

Cidade do Vaticano (25/07/2016, Gaudium Press) - "Senhor, ensina-me a rezar" foi a frase que o Pontífice destacou do Evangelho do dia (Lc 11, 1-13), em sua catequese feita antes da oração mariana do Angelus, no domingo, 24 de julho, com a Praça de São Pedro repleta, sobretudo de jovens, muitos deles já indo em direção a Cracóvia para a Jornada Mundial da Juventude, na Polônia.

vaticano.jpg

Com suas palavras o Papa Francisco procurou mostrar a importância da oração como ‘ferramenta de trabalho' e salvação de vida:

A frase que o Pontífice destacou do Evangelho do dia foi: "Senhor, ensina-me a rezar" tirada de São Lucas (11, 1-13).

Francisco destacou a palavra "Pai" que Evangelho trazia. Para ele, Pai, é o segredo ‘fundamental' da oração:

"É a chave que Ele nos dá para que possamos entrar também na relação de diálogo íntimo com o Pai", disse.

O Papa reforço seu pensamento afirmando que "insistir com Deus não serve para convencê-lo, mas para fortalecer a nossa fé, nossa capacidade de lutar com Deus pelas coisas realmente importantes". Do importante que Francisco apontou, ele destacou o Espírito Santo.

Três Súplicas

O Pontífice recordou que na oração do Pai Nosso o evangelista destaca três súplicas que são fitas no decorrer da oração:

Ele pede o pão, com o qual Jesus nos mostra o que é necessário e não o supérfluo; pede o perdão, que recebemos, antes de tudo de Deus, e que nos torna capazes de realizar gestos de reconciliação; e, por fim, o terceiro pedido: ‘não nos deixeis cair em tentação'.

E este terceiro pedido contém em si um conceito que expressa bem a condição de estarmos sempre, com as tentações, à mercê do mal e da corrupção.

"Não se pode viver sem pão, não se pode viver sem perdão e não se pode viver sem a ajuda de Deus para não cairmos em tentação", afirmou Francisco que, em seguida, concluiu reafirmando o peso que é viver dentro das consequências do pecado original:

"Sabemos bem o que são as tentações! ". (JSG)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Dentro do tema Sermão da Montanha, o autor trata de dois pontos: a Castidae e o Inferno. ...
 
O Cardeal apresentou Nossa Senhora como exemplo para todos os fiéis. ...
 
O Pontífice visitará o país europeu entre os dias 25 e 26 de agosto, para participar do Encontro ...
 
O emoji criado consiste em uma pequena representando o rosto sorridente do Papa, com a bandeira da I ...
 
“ (...) todos os dias somos impulsionados a uma resposta livre ao chamado amoroso de Deus”, afir ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading