Loading
 
 
 
Loading
 
No Angelus, Francisco orienta os fiéis a dar valor à esmola como obra de misericórdia
Loading
 
8 de Agosto de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 08-08-2016, Gaudium Press) Ao conduzir a oração mariana do Angelus deste domingo, 7 de agosto, aos milhares de peregrinos vindos de várias partes do mundo que se reuniram na Praça São Pedro, o Papa Francisco aproveitou para relembrá-los sobre o Evangelho do dia.

Gaudium Press.jpg

"No Evangelho de hoje, Jesus fala aos seus discípulos sobre a atitude a ser tomada em vista do encontro final com Ele, e explica como a expectativa deste encontro deve conduzir a uma vida rica de boas obras", disse o Pontífice, em sua alocução.

Quando Francisco leu o trecho em que Nosso Senhor Jesus Cristo dizia a seguinte frase: "vendam os seus bens e deem o dinheiro em esmola. Façam bolsas que não envelhecem, um tesouro que não perde o seu valor no céu: lá o ladrão não chega, nem a traça rói", afirmou que este "é um convite a dar valor à esmola como obra de misericórdia, a não colocar a confiança nos bens efêmeros, a usar as coisas sem apego e egoísmo, mas segundo a lógica de Deus, a lógica da atenção aos outros, a lógica do amor.

"Nós podemos ser muito apegados ao dinheiro, ter muitas coisas, mas no final, não podemos levar tudo isso conosco. Recordem que o sudário não tem bolsos", ressaltou o Papa.

Além disso, o ensinamento de Jesus prossegue com três parábolas breves sobre o tema da vigilância. De acordo com o Santo Padre, "isto é importante: a vigilância, estar atentos, ser vigilantes na vida".

"Jesus hoje nos recorda que a espera da bem-aventurança eterna não nos exime do compromisso de tornar o mundo mais justo e habitável. Aliás, esta nossa esperança de possuir o Reino na eternidade nos impulsiona a trabalhar para melhorar as condições da vida terrena, especialmente dos irmãos desfavorecidos", acrescentou.

No final, o Papa pediu à Virgem Maria para que nos ajude a ser pessoas e comunidades não achatadas no presente, inclinadas ao futuro de Deus. (LMI)

Loading
No Angelus, Francisco orienta os fiéis a dar valor à esmola como obra de misericórdia

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 08-08-2016, Gaudium Press) Ao conduzir a oração mariana do Angelus deste domingo, 7 de agosto, aos milhares de peregrinos vindos de várias partes do mundo que se reuniram na Praça São Pedro, o Papa Francisco aproveitou para relembrá-los sobre o Evangelho do dia.

Gaudium Press.jpg

"No Evangelho de hoje, Jesus fala aos seus discípulos sobre a atitude a ser tomada em vista do encontro final com Ele, e explica como a expectativa deste encontro deve conduzir a uma vida rica de boas obras", disse o Pontífice, em sua alocução.

Quando Francisco leu o trecho em que Nosso Senhor Jesus Cristo dizia a seguinte frase: "vendam os seus bens e deem o dinheiro em esmola. Façam bolsas que não envelhecem, um tesouro que não perde o seu valor no céu: lá o ladrão não chega, nem a traça rói", afirmou que este "é um convite a dar valor à esmola como obra de misericórdia, a não colocar a confiança nos bens efêmeros, a usar as coisas sem apego e egoísmo, mas segundo a lógica de Deus, a lógica da atenção aos outros, a lógica do amor.

"Nós podemos ser muito apegados ao dinheiro, ter muitas coisas, mas no final, não podemos levar tudo isso conosco. Recordem que o sudário não tem bolsos", ressaltou o Papa.

Além disso, o ensinamento de Jesus prossegue com três parábolas breves sobre o tema da vigilância. De acordo com o Santo Padre, "isto é importante: a vigilância, estar atentos, ser vigilantes na vida".

"Jesus hoje nos recorda que a espera da bem-aventurança eterna não nos exime do compromisso de tornar o mundo mais justo e habitável. Aliás, esta nossa esperança de possuir o Reino na eternidade nos impulsiona a trabalhar para melhorar as condições da vida terrena, especialmente dos irmãos desfavorecidos", acrescentou.

No final, o Papa pediu à Virgem Maria para que nos ajude a ser pessoas e comunidades não achatadas no presente, inclinadas ao futuro de Deus. (LMI)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Junto com a peça os visitantes podem assistir a um vídeo com os testemunhos das pessoas que partic ...
 
“A mensagem de Fátima continua a desafiar a uma atitude de oferta da própria vida a Deus e aos ...
 
As celebrações seguiram o lema: “Com Lourenço servidor, do povo protetor, escutamos e anunciamo ...
 
Bispos da Igreja Caldeia Católica apelaram para o fim da guerra na Síria e em todo o Médio Orient ...
 
“A lei que penaliza o aborto provocado está a serviço de um valor altíssimo, que é a vida do n ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading