Loading
 
 
 
Loading
 
“A palavra poderosa de Jesus realiza em nós a passagem da morte para a vida”, lembra o Papa
Loading
 
10 de Agosto de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 10-08-2016, Gaudium Press) Reunido com milhares de fiéis vindos de diversas partes do mundo, o Papa Francisco iniciou a Audiência Geral desta quarta-feira, 10, abordando a passagem evangélica da "ressurreição de um jovem".

view.jpg

Segundo Francisco, a misericórdia se apresenta aqui como uma grande compaixão de Jesus pela mulher, que havia perdido seu marido e, agora, acompanhava seu único filho ao cemitério. A dor desta mãe comoveu Jesus, a ponto de realizar o milagre da ressurreição de seu filho.

"Durante este Jubileu seria bom que, ao passar pela Porta Santa, a ‘Porta da Misericórdia', os peregrinos se recordassem deste episódio do Evangelho. Quando Jesus viu aquela mulher em lágrimas, ele entrou em seu coração. Ao passar pela Porta Santa cada uma leva a própria vida, com suas alegrias e sofrimentos, projetos e falências, dúvidas e temores, para apresentá-la à misericórdia divina", disse.

Devemos estar cientes, acrescentou o Pontífice, que na Porta Santa o Senhor se aproxima de cada um de nós para oferecer a sua palavra consoladora.

"Esta é a Porta do encontro entre a dor da humanidade e a compaixão de Deus. Ao passar pela Porta Santa realizamos a nossa peregrinação no âmbito da misericórdia de Deus, que hoje repete a nós, como fez com o jovem defunto: ‘Levante-se'. A palavra poderosa de Jesus realiza em nós a passagem da morte para a vida, nos faz reviver, nos dá esperança, fortalece os corações e nos leva para além do sofrimento e da morte".

Após catequese semanal, o Papa cumprimentou os diversos grupos de peregrinos em algumas línguas. (LMI)

Loading
“A palavra poderosa de Jesus realiza em nós a passagem da morte para a vida”, lembra o Papa

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 10-08-2016, Gaudium Press) Reunido com milhares de fiéis vindos de diversas partes do mundo, o Papa Francisco iniciou a Audiência Geral desta quarta-feira, 10, abordando a passagem evangélica da "ressurreição de um jovem".

view.jpg

Segundo Francisco, a misericórdia se apresenta aqui como uma grande compaixão de Jesus pela mulher, que havia perdido seu marido e, agora, acompanhava seu único filho ao cemitério. A dor desta mãe comoveu Jesus, a ponto de realizar o milagre da ressurreição de seu filho.

"Durante este Jubileu seria bom que, ao passar pela Porta Santa, a ‘Porta da Misericórdia', os peregrinos se recordassem deste episódio do Evangelho. Quando Jesus viu aquela mulher em lágrimas, ele entrou em seu coração. Ao passar pela Porta Santa cada uma leva a própria vida, com suas alegrias e sofrimentos, projetos e falências, dúvidas e temores, para apresentá-la à misericórdia divina", disse.

Devemos estar cientes, acrescentou o Pontífice, que na Porta Santa o Senhor se aproxima de cada um de nós para oferecer a sua palavra consoladora.

"Esta é a Porta do encontro entre a dor da humanidade e a compaixão de Deus. Ao passar pela Porta Santa realizamos a nossa peregrinação no âmbito da misericórdia de Deus, que hoje repete a nós, como fez com o jovem defunto: ‘Levante-se'. A palavra poderosa de Jesus realiza em nós a passagem da morte para a vida, nos faz reviver, nos dá esperança, fortalece os corações e nos leva para além do sofrimento e da morte".

Após catequese semanal, o Papa cumprimentou os diversos grupos de peregrinos em algumas línguas. (LMI)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Na mensagem, os prelados incentivam para que se trabalhe por “uma educação verdadeiramente human ...
 
O novo app funcionará durante as audiências gerais das quartas-feiras, ao ângelus do domingo na P ...
 
O edifício havia sido fechado em 1968, por conta da guerra entre Israel e Palestina, que converteu ...
 
Varão de fogo e conselheiro de Papas e monarcas, foi também admirável arauto da Virgem Maria e um ...
 
“A necessidade da eternidade é tão clara que estamos de acordo com a imensa maioria dos homens d ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading