Loading
 
 
 
Loading
 
Mosteiro de Clarissas em Marília (SP) tem suas Portas Santas abertas
Loading
 
15 de Agosto de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Marília - São Paulo (Segunda-feira, 15-08-2016, Gaudium Press) A Porta Santa da Misericórdia foi aberta no mosteiro Maria Imaculada, pertencente às religiosas Clarissas da Ordem de Santa Clara, em Marília. No dia 11 de agosto, o bispo diocesano Dom Luiz Antonio Cipolini presidiu a cerimônia, em memória à fundadora da ordem, Santa Clara de Assis.

Gaudium Press.jpg

Por ocasião ao Jubileu Extraordinário da Misericórdia, convocado pelo Papa Francisco, Dom Luiz não deixou de ressaltar o desejo do Pontífice de que todos os cristãos reflitam sobre as obras de misericórdia corporais e espirituais.

Ao citá-las, o prelado afirmou que elas constituem a maneira de acordar as consciências, muitas vezes adormecidas, perante o drama da pobreza.

"Se quisermos experimentar a misericórdia de Deus nosso Pai, se quisermos sentir a alegria que vem de Deus, sejamos praticantes das obras de misericórdia; quem as coloca em prática é feliz", disse Dom Luiz.

O único na cidade de Marília, o mosteiro Maria Imaculada conta atualmente com 16 religiosas enclausuradas. A abadessa do local, Irmã Francis Maris da Imaculada, registrou sua alegria junto às monjas pela celebração do perdão de Deus com a passagem pela Porta da Misericórdia. "Ficamos muito felizes pela oportunidade. É o momento que Nosso Senhor olha para a nossa miséria e nos perdoa", declarou.

Ao abordar a vida de Santa Clara, responsável por criar a Regra da Ordem que leva seu nome e que inspira a vida de monjas reclusas no mundo inteiro, Dom Luiz Antonio Cipolini lembrou que as renúncias, realizadas ainda na juventude, foram feitas para que ela pudesse seguir o caminho apontado por São Francisco de Assis.

"Santa Clara deixou tudo que ela tinha para seguir este caminho que é o próprio Cristo, por isso ela entrou nesta videira que é a vida religiosa", explicou o Bispo de Marília. (LMI)

Loading
Mosteiro de Clarissas em Marília (SP) tem suas Portas Santas abertas

Marília - São Paulo (Segunda-feira, 15-08-2016, Gaudium Press) A Porta Santa da Misericórdia foi aberta no mosteiro Maria Imaculada, pertencente às religiosas Clarissas da Ordem de Santa Clara, em Marília. No dia 11 de agosto, o bispo diocesano Dom Luiz Antonio Cipolini presidiu a cerimônia, em memória à fundadora da ordem, Santa Clara de Assis.

Gaudium Press.jpg

Por ocasião ao Jubileu Extraordinário da Misericórdia, convocado pelo Papa Francisco, Dom Luiz não deixou de ressaltar o desejo do Pontífice de que todos os cristãos reflitam sobre as obras de misericórdia corporais e espirituais.

Ao citá-las, o prelado afirmou que elas constituem a maneira de acordar as consciências, muitas vezes adormecidas, perante o drama da pobreza.

"Se quisermos experimentar a misericórdia de Deus nosso Pai, se quisermos sentir a alegria que vem de Deus, sejamos praticantes das obras de misericórdia; quem as coloca em prática é feliz", disse Dom Luiz.

O único na cidade de Marília, o mosteiro Maria Imaculada conta atualmente com 16 religiosas enclausuradas. A abadessa do local, Irmã Francis Maris da Imaculada, registrou sua alegria junto às monjas pela celebração do perdão de Deus com a passagem pela Porta da Misericórdia. "Ficamos muito felizes pela oportunidade. É o momento que Nosso Senhor olha para a nossa miséria e nos perdoa", declarou.

Ao abordar a vida de Santa Clara, responsável por criar a Regra da Ordem que leva seu nome e que inspira a vida de monjas reclusas no mundo inteiro, Dom Luiz Antonio Cipolini lembrou que as renúncias, realizadas ainda na juventude, foram feitas para que ela pudesse seguir o caminho apontado por São Francisco de Assis.

"Santa Clara deixou tudo que ela tinha para seguir este caminho que é o próprio Cristo, por isso ela entrou nesta videira que é a vida religiosa", explicou o Bispo de Marília. (LMI)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/81359-Mosteiro-de-Clarissas-em-Marilia--SP--tem-suas-Portas-Santas-abertas. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Com 250 quilômetros, a ciclovia unirá caminhos já existentes com outros que serão criados, passa ...
 
A Igreja sempre considerou o serviço aos enfermos como “parte integral de sua missão”. ...
 
Os franciscanos conventuais de Pádua apresentaram um balanço sobre os peregrinos que visitam a Ba ...
 
O Encontro do organismo da CNBB reuniu-se em Brasília entre os dias 16 e 17 últimos. ...
 
Jesus expulsa o espírito mau: Mestre, eu trouxe a Ti o meu filho que tem um espírito mudo... ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading