Loading
 
 
 
Loading
 
Imagem de Nossa Senhora permaneceu intacta após terremoto na Itália e é sinal de esperança
Loading
 
26 de Agosto de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Amatrice - Itália (Sexta-feira, 26-08-2016, Gaudium Press) Aterradoras! Assim são as imagens que são vistas nos diversos meios de comunicação que mostram a devastação que deixou o terremoto que atingiu o centro da Itália na última quarta-feira, 24. Localidades como Amatrice ficaram praticamente desaparecidas do mapa, são inumeráveis os esforços que vem realizando equipes de resgate e voluntários para tirar as pessoas dos escombros, e o Papa Francisco suspendeu a tradicional catequese de quarta-feira para orar, junto com os peregrinos da Praça de São Pedro, pelas vítimas e prejudicados pelos estragos causados pelo movimento telúrico.

Imagem de Nossa Senhora permaneceu intacta após terremoto na Itália e é sinal de esperança 1.jpg

Mas em meio da desolação, desconsolação e tragédia surgiu um fato, que para muitos é sinal de esperança. Trata-se de uma imagem da Virgem Maria que permaneceu intacta após o forte terremoto.

O ocorrido aconteceu em Pescara del Tronto, um dos lugares mais devastados após o sismo. A imagem da Mãe de Deus, que hoje se encontra entre os escombros e permanecia entre um nicho de cristal suspenso a dois metros de altura, se manteve intacta apesar da violência do temor. A imagem da Virgem é agora símbolo de sua presença maternal e de sua companhia nestes momentos de dificuldade.

Também são vários os testemunhos de solidariedade que desde que ocorreu a tragédia surgiram de diversas instituições, organizações e gente comum, não apenas da Itália, mas do resto do mundo, entre eles o da Igreja Católica, começando pelo Papa Francisco que, além de manifestar sua proximidade e orar pelas vítimas e pessoas afetadas, autorizou o envio a Amatrice, o povoado mais afetado, de uma equipe de Bombeiros da Cidade do Vaticano, e um grupo do Corpo da 'Gendarmeria' do Vaticano, que se colocaram à disposição da Proteção Civil.

Por outro lado, a Conferência Episcopal Italiana (CEI) anunciou que no dia 18 de setembro realizará uma coleta em todas as paróquias do país, pela qual está chamando à generosa colaboração dos italianos para que manifestem sua solidariedade com os afetados neste Ano da Misericórdia.

Igualmente, o organismo eclesial, destinou um milhão de Euros do fundo oito por mil para fazer frente a primeira urgência e atender as necessidades essenciais dos atingidos. E habilitou uma conta, por meio da Cáritas Itália, para uma coleta especial destinada exclusivamente à atenção após o terremoto.

Imagem de Nossa Senhora permaneceu intacta após terremoto na Itália e é sinal de esperança 2.jpg

"A Igreja presente na Itália se une em oração por todas as vítimas e expressa sua fraterna proximidade até a povoação afetada por este dramático evento. As Dioceses, a rede de paróquias, os institutos religiosos e as associações leigas, são convidadas a aliviar as difíceis condições pelas quais as pessoas estão obrigadas a viver. Com este propósito, a Presidência da CEI inicia uma coleta nacional, que ocorrerá em todas as igrejas italianas no dia 18 de setembro, coincidindo com o 26º Congresso Eucarístico Nacional, como fruto da caridade que dele deriva e de participação diante das necessidades concretas da povoação afetada", diz a CEI em nota à imprensa.

O terremoto já deixou mais de 240 mortos e mais de mil pessoas perderam seus lares. Outras 260 estão feridas e se recuperam em hospitais. (GPE/EPC)

Loading
Imagem de Nossa Senhora permaneceu intacta após terremoto na Itália e é sinal de esperança

Amatrice - Itália (Sexta-feira, 26-08-2016, Gaudium Press) Aterradoras! Assim são as imagens que são vistas nos diversos meios de comunicação que mostram a devastação que deixou o terremoto que atingiu o centro da Itália na última quarta-feira, 24. Localidades como Amatrice ficaram praticamente desaparecidas do mapa, são inumeráveis os esforços que vem realizando equipes de resgate e voluntários para tirar as pessoas dos escombros, e o Papa Francisco suspendeu a tradicional catequese de quarta-feira para orar, junto com os peregrinos da Praça de São Pedro, pelas vítimas e prejudicados pelos estragos causados pelo movimento telúrico.

Imagem de Nossa Senhora permaneceu intacta após terremoto na Itália e é sinal de esperança 1.jpg

Mas em meio da desolação, desconsolação e tragédia surgiu um fato, que para muitos é sinal de esperança. Trata-se de uma imagem da Virgem Maria que permaneceu intacta após o forte terremoto.

O ocorrido aconteceu em Pescara del Tronto, um dos lugares mais devastados após o sismo. A imagem da Mãe de Deus, que hoje se encontra entre os escombros e permanecia entre um nicho de cristal suspenso a dois metros de altura, se manteve intacta apesar da violência do temor. A imagem da Virgem é agora símbolo de sua presença maternal e de sua companhia nestes momentos de dificuldade.

Também são vários os testemunhos de solidariedade que desde que ocorreu a tragédia surgiram de diversas instituições, organizações e gente comum, não apenas da Itália, mas do resto do mundo, entre eles o da Igreja Católica, começando pelo Papa Francisco que, além de manifestar sua proximidade e orar pelas vítimas e pessoas afetadas, autorizou o envio a Amatrice, o povoado mais afetado, de uma equipe de Bombeiros da Cidade do Vaticano, e um grupo do Corpo da 'Gendarmeria' do Vaticano, que se colocaram à disposição da Proteção Civil.

Por outro lado, a Conferência Episcopal Italiana (CEI) anunciou que no dia 18 de setembro realizará uma coleta em todas as paróquias do país, pela qual está chamando à generosa colaboração dos italianos para que manifestem sua solidariedade com os afetados neste Ano da Misericórdia.

Igualmente, o organismo eclesial, destinou um milhão de Euros do fundo oito por mil para fazer frente a primeira urgência e atender as necessidades essenciais dos atingidos. E habilitou uma conta, por meio da Cáritas Itália, para uma coleta especial destinada exclusivamente à atenção após o terremoto.

Imagem de Nossa Senhora permaneceu intacta após terremoto na Itália e é sinal de esperança 2.jpg

"A Igreja presente na Itália se une em oração por todas as vítimas e expressa sua fraterna proximidade até a povoação afetada por este dramático evento. As Dioceses, a rede de paróquias, os institutos religiosos e as associações leigas, são convidadas a aliviar as difíceis condições pelas quais as pessoas estão obrigadas a viver. Com este propósito, a Presidência da CEI inicia uma coleta nacional, que ocorrerá em todas as igrejas italianas no dia 18 de setembro, coincidindo com o 26º Congresso Eucarístico Nacional, como fruto da caridade que dele deriva e de participação diante das necessidades concretas da povoação afetada", diz a CEI em nota à imprensa.

O terremoto já deixou mais de 240 mortos e mais de mil pessoas perderam seus lares. Outras 260 estão feridas e se recuperam em hospitais. (GPE/EPC)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading