Loading
 
 
 
Loading
 
Papa invoca Santa Teresa de Calcutá e recorda missionários que arriscam a vida no serviço dos irmãos
Loading
 
5 de Setembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 05/09/2016, Gaudium Press) - No final da missa de canonização Santa Teresa de Calcutá, o Papa Francisco, ainda antes da bênção final, saudou e agradeceu a todos os presentes na Praça São Pedro.

Dirigindo-se às Missionárias e aos Missionários da Caridade, que são a família espiritual da recém canonizada religiosa de origem albanesa.

"A vossa Fundadora vele sobre o vosso caminho e obtenha para vós ser fiéis a Deus, à Igreja e aos pobres", disse Francisco.

Saudando afetuosamente os voluntários e agentes de misericórdia, colocou-os sob a proteção de Madre Teresa:

que "ela os ensine a contemplar e adorar todos os dias Jesus Crucificado para reconhecê-lo e servi-lo nos irmãos necessitados", disse.

Missões em contexto difícil e Haiti

Depois dos cumprimentos, saudações e agradecimentos, o Santo Padre recordou aqueles missionários e voluntários que, em contextos difíceis, arriscam tudo e a própria vida no serviço dos irmãos.

O Santo Padre afirmou:

"Penso especialmente em tantas religiosas que dão a sua vida sem poupar-se. Rezemos, em particular, pela missionária espanhola, Irmã Isabel, assassinada dois dias atrás na capital do Haiti, um país que vive tão duras provações, pelo qual faço votos de que cessem tais atos de violência e haja maior segurança para todos. Recordemos também outras Irmãs que, recentemente, sofreram violências em outros países." (JSG)

Loading
Papa invoca Santa Teresa de Calcutá e recorda missionários que arriscam a vida no serviço dos irmãos

Cidade do Vaticano (Segunda-feira, 05/09/2016, Gaudium Press) - No final da missa de canonização Santa Teresa de Calcutá, o Papa Francisco, ainda antes da bênção final, saudou e agradeceu a todos os presentes na Praça São Pedro.

Dirigindo-se às Missionárias e aos Missionários da Caridade, que são a família espiritual da recém canonizada religiosa de origem albanesa.

"A vossa Fundadora vele sobre o vosso caminho e obtenha para vós ser fiéis a Deus, à Igreja e aos pobres", disse Francisco.

Saudando afetuosamente os voluntários e agentes de misericórdia, colocou-os sob a proteção de Madre Teresa:

que "ela os ensine a contemplar e adorar todos os dias Jesus Crucificado para reconhecê-lo e servi-lo nos irmãos necessitados", disse.

Missões em contexto difícil e Haiti

Depois dos cumprimentos, saudações e agradecimentos, o Santo Padre recordou aqueles missionários e voluntários que, em contextos difíceis, arriscam tudo e a própria vida no serviço dos irmãos.

O Santo Padre afirmou:

"Penso especialmente em tantas religiosas que dão a sua vida sem poupar-se. Rezemos, em particular, pela missionária espanhola, Irmã Isabel, assassinada dois dias atrás na capital do Haiti, um país que vive tão duras provações, pelo qual faço votos de que cessem tais atos de violência e haja maior segurança para todos. Recordemos também outras Irmãs que, recentemente, sofreram violências em outros países." (JSG)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A cerimônia foi presidida por Dom José Carlos de Oliveira, bispo emérito de Rubiataba, em Goiás. ...
 
100 anos se passaram, mas, em todo o mundo a Igreja o reverencia celebrando sua memória litúrgica. ...
 
Na mensagem, os prelados incentivam para que se trabalhe por “uma educação verdadeiramente human ...
 
O novo app funcionará durante as audiências gerais das quartas-feiras, ao ângelus do domingo na P ...
 
O edifício havia sido fechado em 1968, por conta da guerra entre Israel e Palestina, que converteu ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading