Loading
 
 
 
Loading
 
Encerrada investigação sobre milagre atribuído ao Padre Vítor Coelho
Loading
 
6 de Setembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Ribeirão Preto - São Paulo (Terça-feira, 06-09-2016, Gaudium Press) A sessão solene de encerramento do processo de investigação do possível milagre atribuído ao Servo de Deus Padre Vítor Coelho de Almeida, para a causa de beatificação, ocorreu no último dia 29 de agosto, no Tribunal da Arquidiocese de Ribeirão Preto.

Gaudium Press.jpg

O processo de investigação do missionário redentorista foi aberto em 22 de julho e prolongou-se por 37 dias.

Durante este período foram ouvidas diversas testemunhas referentes ao milagre recebido pela miraculada Edilene Pavão Geraldini. A moradora da cidade paulista de Pirassununga recebeu há 23 anos o possível milagre atribuído ao Padre Vítor, alusivo a uma gravidez complicada e com risco de vida, enquanto estava internada na Santa Casa de Misericórdia de Ribeirão Preto.

O Arcebispo de Ribeirão Preto, Dom Moacir Silva, foi quem presidiu a sessão que contou ainda com a presença de Dom Darci José Nicioli, vice postulador da causa de beatificação e Arcebispo de Diamantina (MG), entre outros colaboradores do Tribunal de Ribeirão Preto e um grupo de amigos e familiares da miraculada.

Logo no início da cerimônia, os participantes fizeram a oração de invocação ao Espírito Santo, e na sequência, Dom Moacir saudou a todos e agradeceu o empenho da comissão de investigação do Tribunal.

"Para a Arquidiocese de Ribeirão Preto é motivo de alegria e gratidão por mérito do padre Vítor que por aqui também esteve pregando as santas missões, e pelo fato, também de modo especial, por ter realizado o possível milagre aqui na cidade de Ribeirão Preto, daí o sentido de realizarmos no Tribunal a investigação desse possível milagre. E, graças a Deus e a cooperação de cada um dos oficiais do tribunal, das testemunhas e dos peritos, pudemos chegar a bom termo concluindo este processo na Arquidiocese", disse o Arcebispo.

Por sua vez, o vice postulador da causa apresentou um relato histórico da vida e do início do processo da causa de beatificação do Padre Vítor. Além disso, enalteceu a seriedade da investigação, que já tem aproximadamente 30 anos, para se chegar ao postulado de se elevar a glória dos altares uma pessoa que se destaca por suas virtudes.

"Quero agradecer o trabalho deste tribunal nomeado por dom Moacir, um trabalho de documentação, de colher os testemunhos, bem como da família daquela que foi a miraculada, da própria miraculada e de sua filha. Este trabalho também foi conduzido pela irmã Pier Paula de Farias, a quem eu agradeço. Obrigado a família, que de uma maneira muito generosa correspondeu e ajudou a irmã para que nós perscrutássemos o caso e encontrássemos a verdade. É isso que nos interessa! Se ali há a graça de Deus agindo de uma maneira especial, e é a isso que nós estamos chegando à conclusão, graças a Deus!", ressaltou Dom Darci.

O Arcebispo de Diamantina também explicou a continuidade do processo da causa de beatificação. "Hoje, com o trabalho feito, levaremos a sagrada Congregação da Causa dos Santos, agora para uma análise de peritos de lá, para então termos o resultado. Ainda há um caminhar bastante longo. Vejam a seriedade da Igreja para encontrar onde a graça trabalha e de uma maneira especial, graças a Deus então estamos neste caminho e estamos fazendo um serviço à Igreja e temos a consciência da seriedade".

Dando prosseguimento a sessão, Dom Moacir solicitou ao notário Padre José Sidney Gouvêa Lima a leitura dos atos do processo. Ao mesmo tempo, o prelado fez o testemunho e juramento e as assinaturas na ata final do processo de investigação.

Antes do encerramento da sessão, o Padre Antônio Carlos Santana, Juiz do Tribunal e Delegado da Investigação da Causa, fez as considerações finais. Já o Arcebispo de Ribeirão Preto concedeu um testemunho da vida do Padre Vítor. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Ribeirão Preto

Loading
Encerrada investigação sobre milagre atribuído ao Padre Vítor Coelho

Ribeirão Preto - São Paulo (Terça-feira, 06-09-2016, Gaudium Press) A sessão solene de encerramento do processo de investigação do possível milagre atribuído ao Servo de Deus Padre Vítor Coelho de Almeida, para a causa de beatificação, ocorreu no último dia 29 de agosto, no Tribunal da Arquidiocese de Ribeirão Preto.

Gaudium Press.jpg

O processo de investigação do missionário redentorista foi aberto em 22 de julho e prolongou-se por 37 dias.

Durante este período foram ouvidas diversas testemunhas referentes ao milagre recebido pela miraculada Edilene Pavão Geraldini. A moradora da cidade paulista de Pirassununga recebeu há 23 anos o possível milagre atribuído ao Padre Vítor, alusivo a uma gravidez complicada e com risco de vida, enquanto estava internada na Santa Casa de Misericórdia de Ribeirão Preto.

O Arcebispo de Ribeirão Preto, Dom Moacir Silva, foi quem presidiu a sessão que contou ainda com a presença de Dom Darci José Nicioli, vice postulador da causa de beatificação e Arcebispo de Diamantina (MG), entre outros colaboradores do Tribunal de Ribeirão Preto e um grupo de amigos e familiares da miraculada.

Logo no início da cerimônia, os participantes fizeram a oração de invocação ao Espírito Santo, e na sequência, Dom Moacir saudou a todos e agradeceu o empenho da comissão de investigação do Tribunal.

"Para a Arquidiocese de Ribeirão Preto é motivo de alegria e gratidão por mérito do padre Vítor que por aqui também esteve pregando as santas missões, e pelo fato, também de modo especial, por ter realizado o possível milagre aqui na cidade de Ribeirão Preto, daí o sentido de realizarmos no Tribunal a investigação desse possível milagre. E, graças a Deus e a cooperação de cada um dos oficiais do tribunal, das testemunhas e dos peritos, pudemos chegar a bom termo concluindo este processo na Arquidiocese", disse o Arcebispo.

Por sua vez, o vice postulador da causa apresentou um relato histórico da vida e do início do processo da causa de beatificação do Padre Vítor. Além disso, enalteceu a seriedade da investigação, que já tem aproximadamente 30 anos, para se chegar ao postulado de se elevar a glória dos altares uma pessoa que se destaca por suas virtudes.

"Quero agradecer o trabalho deste tribunal nomeado por dom Moacir, um trabalho de documentação, de colher os testemunhos, bem como da família daquela que foi a miraculada, da própria miraculada e de sua filha. Este trabalho também foi conduzido pela irmã Pier Paula de Farias, a quem eu agradeço. Obrigado a família, que de uma maneira muito generosa correspondeu e ajudou a irmã para que nós perscrutássemos o caso e encontrássemos a verdade. É isso que nos interessa! Se ali há a graça de Deus agindo de uma maneira especial, e é a isso que nós estamos chegando à conclusão, graças a Deus!", ressaltou Dom Darci.

O Arcebispo de Diamantina também explicou a continuidade do processo da causa de beatificação. "Hoje, com o trabalho feito, levaremos a sagrada Congregação da Causa dos Santos, agora para uma análise de peritos de lá, para então termos o resultado. Ainda há um caminhar bastante longo. Vejam a seriedade da Igreja para encontrar onde a graça trabalha e de uma maneira especial, graças a Deus então estamos neste caminho e estamos fazendo um serviço à Igreja e temos a consciência da seriedade".

Dando prosseguimento a sessão, Dom Moacir solicitou ao notário Padre José Sidney Gouvêa Lima a leitura dos atos do processo. Ao mesmo tempo, o prelado fez o testemunho e juramento e as assinaturas na ata final do processo de investigação.

Antes do encerramento da sessão, o Padre Antônio Carlos Santana, Juiz do Tribunal e Delegado da Investigação da Causa, fez as considerações finais. Já o Arcebispo de Ribeirão Preto concedeu um testemunho da vida do Padre Vítor. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Ribeirão Preto

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/81868-Encerrada-investigacao-sobre-milagre-atribuido-ao-Padre-Vitor-Coelho. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading