Loading
 
 
 
Loading
 
PUC-SP comemora seus 70 anos durante celebração na Catedral da Sé
Loading
 
9 de Setembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

São Paulo (Sexta-feira, 09-09-2016, Gaudium Press) A Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) teve seus 70 anos de fundação comemorados pelos fiéis paulistanos no último domingo, 4 de setembro. Na ocasião, a Catedral Metropolitana celebrou uma Santa Missa em ação de graças pelo aniversário da instituição de ensino, ocorrido em 22 de agosto passado.

Gaudium Press.jpg

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, grão-chanceler da universidade e Arcebispo de São Paulo, foi quem presidiu a cerimônia, que foi concelebrada pelos bispos auxiliares Dom Carlos Lema Garcia, vigário episcopal para a Educação e a Universidade, Dom Julio Endi Akamine, vigário episcopal na Região Lapa, e Dom Devair Araújo da Fonseca, vigário episcopal na Região Brasilândia.

Além deles, participaram da missa funcionários, professores e alunos, assim como a reitora Anna Maria Marques Cintra e a pró-reitora de Pós-Graduação, Maria Amalia Andery, nomeada por Dom Odilo como reitora da PUC-SP para a gestão da instituição durante o período 2017-2020.

Em sua homilia, Dom Odilo aproveitou o momento para recordar a canonização de Santa Teresa de Calcutá, realizada naquele mesmo dia no Vaticano. "O Papa Francisco nos propõe Santa Teresa como um exemplo de quem viveu a misericórdia, de como a vida cristã pode levar a coisas grandiosas. Ela soube traduzir, na prática, as luzes do Evangelho", declarou.

Em seguida, o purpurado comentou a respeito do ideal que marcou a fundação da PUC-SP, em 1946, na conjuntura que se seguiu à Segunda Guerra Mundial, que seria o de formar pessoas que, inspiradas pela mensagem cristã, fossem capazes de mudar a sociedade e fazê-la viver sem guerras e injustiças, em um mundo de igualdade social e respeito à pessoa humana.

"Podemos dizer que esse objetivo foi alcançado? Não, o mundo segue com violências. Por isso, a tarefa da PUC-SP segue atual", afirmou Dom Odilo.

"Peço novas luzes para a universidade seguir com essa missão no contexto de hoje, preparando cidadãos que contribuam para o bem comum a partir da sapiência cristã. Que a PUC-SP se mantenha sempre fiel à sua missão e se deixe guiar pela sabedoria que vem do alto", completou.

Por sua vez, Dom Carlos Lema Garcia, ao final da celebração, fez votos para que a instituição prossiga como um "foco de luz na busca da verdade, na produção do bem e da justiça e na evangelização" para a Arquidiocese de São Paulo. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de São Paulo

Loading
PUC-SP comemora seus 70 anos durante celebração na Catedral da Sé

São Paulo (Sexta-feira, 09-09-2016, Gaudium Press) A Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) teve seus 70 anos de fundação comemorados pelos fiéis paulistanos no último domingo, 4 de setembro. Na ocasião, a Catedral Metropolitana celebrou uma Santa Missa em ação de graças pelo aniversário da instituição de ensino, ocorrido em 22 de agosto passado.

Gaudium Press.jpg

O Cardeal Odilo Pedro Scherer, grão-chanceler da universidade e Arcebispo de São Paulo, foi quem presidiu a cerimônia, que foi concelebrada pelos bispos auxiliares Dom Carlos Lema Garcia, vigário episcopal para a Educação e a Universidade, Dom Julio Endi Akamine, vigário episcopal na Região Lapa, e Dom Devair Araújo da Fonseca, vigário episcopal na Região Brasilândia.

Além deles, participaram da missa funcionários, professores e alunos, assim como a reitora Anna Maria Marques Cintra e a pró-reitora de Pós-Graduação, Maria Amalia Andery, nomeada por Dom Odilo como reitora da PUC-SP para a gestão da instituição durante o período 2017-2020.

Em sua homilia, Dom Odilo aproveitou o momento para recordar a canonização de Santa Teresa de Calcutá, realizada naquele mesmo dia no Vaticano. "O Papa Francisco nos propõe Santa Teresa como um exemplo de quem viveu a misericórdia, de como a vida cristã pode levar a coisas grandiosas. Ela soube traduzir, na prática, as luzes do Evangelho", declarou.

Em seguida, o purpurado comentou a respeito do ideal que marcou a fundação da PUC-SP, em 1946, na conjuntura que se seguiu à Segunda Guerra Mundial, que seria o de formar pessoas que, inspiradas pela mensagem cristã, fossem capazes de mudar a sociedade e fazê-la viver sem guerras e injustiças, em um mundo de igualdade social e respeito à pessoa humana.

"Podemos dizer que esse objetivo foi alcançado? Não, o mundo segue com violências. Por isso, a tarefa da PUC-SP segue atual", afirmou Dom Odilo.

"Peço novas luzes para a universidade seguir com essa missão no contexto de hoje, preparando cidadãos que contribuam para o bem comum a partir da sapiência cristã. Que a PUC-SP se mantenha sempre fiel à sua missão e se deixe guiar pela sabedoria que vem do alto", completou.

Por sua vez, Dom Carlos Lema Garcia, ao final da celebração, fez votos para que a instituição prossiga como um "foco de luz na busca da verdade, na produção do bem e da justiça e na evangelização" para a Arquidiocese de São Paulo. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de São Paulo

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/81938-PUC-SP-comemora-seus-70-anos-durante-celebracao-na-Catedral-da-Se. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading