Loading
 
 
 
Loading
 
Uruguai comemorou a 38ª Jornada Nacional da Juventude
Loading
 
9 de Setembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Montevidéu - Uruguai (Sexta-feira, 09-09-2016, Gaudium Press) No último final de semana, dias 03 e 04 de setembro, o Uruguai viveu a 38ª Jornada Nacional da Juventude que levou por lema "Deixemos nos abraçar pela misericórdia de Deus". Marcada dentro do Ano Santo convocado pelo Papa Francisco, a jornada foi celebrada em cada uma das Dioceses uruguaias com diversas atividades e encontros.

Uruguai comemorou a 38ª Jornada Nacional da Juventude 1.jpg

Um dos eventos mais numerosos ocorreu na capital, Montevidéu, com a participação de 1500 jovens, que celebraram um grande encontro de Fé em torno de três patronos, testemunhas da misericórdia. Tratou-se do Servo de Deus Jacinto Vera, primeiro Bispo de Montevidéu; a Madre Teresa de Calcutá, e o sacerdote salesiano Rubén Isidro Alonso, conhecido como o "Padre Cacho", que no Uruguai trabalhou incansavelmente pela dignidade dos mais necessitados.

Dois foram os eventos centrais que marcaram a celebração: a Vigília de Oração na noite do sábado, e a Eucaristia do domingo, presididas pelo Arcebispo de Montevidéu, Cardeal Daniel Sturla.

Durante a homilia da Santa Missa, o Cardeal se referiu aos três padroeiros da Jornada, recordando que eles, "em distintos momentos de sua vida, receberam o chamado de Jesus: 'segue-me'".

Disse que Dom Jacinto Vera, percorreu o país em três ocasiões, já que "sabia que em Jesus estava a salvação". Por sua vez, o Padre Cacho "experimentou que Jesus o esperava nos mais pobres (...) Teve um desejo de conhecer a Cristo que estava indissoluvelmente unido ao seu desejo de mudar mais vidas, que foram mais dignas".

Assinalou, também, que a Madre Teresa de Calcutá, segue sendo uma figura luminosa, "presente em todo o mundo através de suas Irmãs".

Uruguai comemorou a 38ª Jornada Nacional da Juventude 2.jpg

"Não ficaram tranquilos nem acomodados", acrescentou o Cardeal ao falar dos três padroeiros. Também deu graças a Deus "por ter testemunhas de Jesus Cristo. E porque Deus segue chamando os jovens para segui-lo no caminho de entrega total e radical ao Evangelho". (GPE/EPC)

Loading
Uruguai comemorou a 38ª Jornada Nacional da Juventude

Montevidéu - Uruguai (Sexta-feira, 09-09-2016, Gaudium Press) No último final de semana, dias 03 e 04 de setembro, o Uruguai viveu a 38ª Jornada Nacional da Juventude que levou por lema "Deixemos nos abraçar pela misericórdia de Deus". Marcada dentro do Ano Santo convocado pelo Papa Francisco, a jornada foi celebrada em cada uma das Dioceses uruguaias com diversas atividades e encontros.

Uruguai comemorou a 38ª Jornada Nacional da Juventude 1.jpg

Um dos eventos mais numerosos ocorreu na capital, Montevidéu, com a participação de 1500 jovens, que celebraram um grande encontro de Fé em torno de três patronos, testemunhas da misericórdia. Tratou-se do Servo de Deus Jacinto Vera, primeiro Bispo de Montevidéu; a Madre Teresa de Calcutá, e o sacerdote salesiano Rubén Isidro Alonso, conhecido como o "Padre Cacho", que no Uruguai trabalhou incansavelmente pela dignidade dos mais necessitados.

Dois foram os eventos centrais que marcaram a celebração: a Vigília de Oração na noite do sábado, e a Eucaristia do domingo, presididas pelo Arcebispo de Montevidéu, Cardeal Daniel Sturla.

Durante a homilia da Santa Missa, o Cardeal se referiu aos três padroeiros da Jornada, recordando que eles, "em distintos momentos de sua vida, receberam o chamado de Jesus: 'segue-me'".

Disse que Dom Jacinto Vera, percorreu o país em três ocasiões, já que "sabia que em Jesus estava a salvação". Por sua vez, o Padre Cacho "experimentou que Jesus o esperava nos mais pobres (...) Teve um desejo de conhecer a Cristo que estava indissoluvelmente unido ao seu desejo de mudar mais vidas, que foram mais dignas".

Assinalou, também, que a Madre Teresa de Calcutá, segue sendo uma figura luminosa, "presente em todo o mundo através de suas Irmãs".

Uruguai comemorou a 38ª Jornada Nacional da Juventude 2.jpg

"Não ficaram tranquilos nem acomodados", acrescentou o Cardeal ao falar dos três padroeiros. Também deu graças a Deus "por ter testemunhas de Jesus Cristo. E porque Deus segue chamando os jovens para segui-lo no caminho de entrega total e radical ao Evangelho". (GPE/EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/81955-Uruguai-comemorou-a-38a--Jornada-Nacional-da-Juventude. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O Cardeal apresentou Nossa Senhora como exemplo para todos os fiéis. ...
 
O Pontífice visitará o país europeu entre os dias 25 e 26 de agosto, para participar do Encontro ...
 
O emoji criado consiste em uma pequena representando o rosto sorridente do Papa, com a bandeira da I ...
 
“ (...) todos os dias somos impulsionados a uma resposta livre ao chamado amoroso de Deus”, afir ...
 
Na festa da Assunção da Virgem Maria, Cardeal Antônio Marto indica três motivos de alegria para ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading