Loading
 
 
 
Loading
 
Audiência Geral: Confiança, diz Papa, "Jesus carrega os fardos e dificuldades da humanidade"
Loading
 
14 de Setembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 14-09-2016, Gaudium Press) Na Audiência Geral desta quarta-feira, o Papa Francisco mostrou o Jubileu da Misericórdia como sendo uma oportunidade para as pessoas se aproximarem da Igreja e revigorarem as forças no regaço de Deus:

"Neste Jubileu peregrinos de todo o mundo cruzaram a Porta Santa da Misericórdia em busca de conversão. Ao aproximarmo-nos de Deus, descobrimos que o seu jugo é leve: Jesus, que carrega os fardos e dificuldades da humanidade, mostra-nos o caminho da salvação", disse Francisco.

Mais uma vez, o que dominou no encontro do Papa com os peregrinos foram suas palavras sobre a Misericórdia. E será assim até o dia 20 de novembro, quando se encerra o Ano Santo.

Milhões de peregrinos

Desde o início do Jubileu da Misericórdia, em dezembro de 2015, já estiveram em Roma e passaram pela Porta Santa da Basílica de São Pedro mais de 15 milhões de peregrinos.

Confiar as dificuldades a Jesus

No dia de hoje, a mensagem que o Santo Padre salientou para os milhares de fiéis e peregrinos na Praça São Pedro foi a importância de os cristãos confiarem as suas dificuldades a Nosso Senhor Jesus Cristo.

"Quando estamos cansados e desanimados, que não tenhamos medo; pois a nossa esperança em Cristo nunca será confundida", disse. (JSG)

Loading
Audiência Geral: Confiança, diz Papa, "Jesus carrega os fardos e dificuldades da humanidade"

Cidade do Vaticano (Quarta-feira, 14-09-2016, Gaudium Press) Na Audiência Geral desta quarta-feira, o Papa Francisco mostrou o Jubileu da Misericórdia como sendo uma oportunidade para as pessoas se aproximarem da Igreja e revigorarem as forças no regaço de Deus:

"Neste Jubileu peregrinos de todo o mundo cruzaram a Porta Santa da Misericórdia em busca de conversão. Ao aproximarmo-nos de Deus, descobrimos que o seu jugo é leve: Jesus, que carrega os fardos e dificuldades da humanidade, mostra-nos o caminho da salvação", disse Francisco.

Mais uma vez, o que dominou no encontro do Papa com os peregrinos foram suas palavras sobre a Misericórdia. E será assim até o dia 20 de novembro, quando se encerra o Ano Santo.

Milhões de peregrinos

Desde o início do Jubileu da Misericórdia, em dezembro de 2015, já estiveram em Roma e passaram pela Porta Santa da Basílica de São Pedro mais de 15 milhões de peregrinos.

Confiar as dificuldades a Jesus

No dia de hoje, a mensagem que o Santo Padre salientou para os milhares de fiéis e peregrinos na Praça São Pedro foi a importância de os cristãos confiarem as suas dificuldades a Nosso Senhor Jesus Cristo.

"Quando estamos cansados e desanimados, que não tenhamos medo; pois a nossa esperança em Cristo nunca será confundida", disse. (JSG)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Na mentalidade de muitas pessoas perpassa essa ideia de que o sacramento é alguma coisa que se comp ...
 
Há 18 anos João Paulo II reconhecia o carisma dos Arautos do Evangelho, e os erigia como Associaç ...
 
O tema do encontro, que reuniu mais de 1.200 homens na Diocese de Phoenix, foi 'Uma Nova Cavalaria'. ...
 
A comemoração da Cátedra de São Pedro põe em relevo a missão de mestre e de pastor conferida p ...
 
O telegrama foi endereçado a Dom Anthony Fallah Borwah, presidente da Conferência Episcopal da Lib ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading