Loading
 
 
 
Loading
 
PUC-Campinas organiza evento em memória ao Cardeal Agnelo Rossi
Loading
 
14 de Setembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Campinas - São Paulo (Quarta-feira, 14-09-2016, Gaudium Press) Em meio às comemorações pelos 75 anos da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas, a instituição, através do Museu Universitário e da Faculdade de História, realiza desde segunda-feira, 12, a Semana Cardeal Agnelo Rossi.

Gaudium Press.jpg

O encontro que acontece até 16 de setembro tem lugar no Auditório do novo Prédio do Centro de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas (CCHSA) e no Auditório Dom Gilberto, ambos localizados no Campus I, Rodovia Dom Pedro I, Parque das Universidades.

Com este projeto, a PUC de Campinas tem a finalidade de reunir a comunidade universitária e a sociedade em geral para assim, homenagear o Cardeal Agnelo Rossi, responsável por auxiliar na consolidação dos alicerces da Universidade.

Desta forma, o evento vem promovendo desde palestras até uma mostra temática e o lançamento do livro com manuscritos de autoria do purpurado.

Dom Agnelo foi o primeiro Vice-Reitor da PUC-Campinas e quando Cardeal em Roma, obteve para ela o título de Pontifícia Universidade Católica.

Cardeal Agnelo Rossi

Gaudium Press.jpgNascido em Campinas, realizou seus primeiros estudos em Valinhos, ingressando posteriormente, em 26 de janeiro de 1926, no Seminário Menor Diocesano Santa Maria, onde cursou Filosofia.

No dia 15 de outubro de 1933, Dom Agnelo partiu para Roma e se instalou por cinco meses no Colégio Pio Latino-Americano. Depois, em 4 de abril de 1934, foi um dos 33 alunos fundadores do Pontifício Colégio Pio Brasileiro, onde recebeu a matrícula de número um da nova instituição de ensino, localizada na Via Aurélia.

Em sua estada na capital italiana, o religioso chegou ainda a realizar seus estudos de Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma.

Foi ordenado sacerdote pelas mãos do Cardeal Luigi Traglia, bispo auxiliar de Roma, na Arquibasílica de São João Latrão, em Roma, no dia 27 de março de 1937.

Aos 43 anos, Dom Agnelo foi nomeado pelo Papa Pio XII como Bispo da Diocese de Barra do Piraí, no Rio de Janeiro, em 5 de março de 1956. O anúncio havia sido feito pelo então Núncio Apostólico no Brasil, Dom Armando Lombardi, na seção solene de instalação da Universidade Católica de Campinas, realizada no Teatro Municipal da cidade, no dia 14 de março daquele ano.

Gaudium Press.jpgEm 6 de setembro de 1962, foi designado Arcebispo Metropolitano de Ribeirão Preto e exerceu a função até 1º de novembro de 1964, quando o Papa Paulo VI o nomeou como o quarto Arcebispo de São Paulo.

Ao longo das cerimônias de inauguração do Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do estado de São Paulo, em 25 de janeiro de 1965, foi anunciada a sua escolha para o cardinalato.

No Consistório do dia 22 de fevereiro do mesmo ano, Festa da Cátedra de São Pedro, presidida pelo Papa Paulo VI, na Basílica de São Pedro, Dom Agnelo Rossi foi criado Cardeal-presbítero, tomando posse de sua Igreja Particular cinco dias depois.

Até o dia 22 de outubro de 1970, o purpurado ficou a cargo do governo da Igreja de São Paulo, deixando o posto para atender ao chamado do Vaticano, que naquela época, o nomeou para a prefeitura da Congregação para a Evangelização dos Povos.

Em 8 de abril de 1984 assumiu como Presidente da Administração do Patrimônio da Sé Apostólica, cargo que renunciou no dia 6 de dezembro de 1989.

Além disso, foi Decano do Colégio Cardinalício entre os anos de 1986 e 1993.

No dia 21 de maio de 1995, faleceu aos 82 anos. Naquela ocasião, o Cardeal teria sido sepultado na Igreja de Nossa Senhora do Guadalupe, por ele construída, em Campinas. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Campinas

Loading
PUC-Campinas organiza evento em memória ao Cardeal Agnelo Rossi

Campinas - São Paulo (Quarta-feira, 14-09-2016, Gaudium Press) Em meio às comemorações pelos 75 anos da Pontifícia Universidade Católica (PUC) de Campinas, a instituição, através do Museu Universitário e da Faculdade de História, realiza desde segunda-feira, 12, a Semana Cardeal Agnelo Rossi.

Gaudium Press.jpg

O encontro que acontece até 16 de setembro tem lugar no Auditório do novo Prédio do Centro de Ciências Humanas e Sociais Aplicadas (CCHSA) e no Auditório Dom Gilberto, ambos localizados no Campus I, Rodovia Dom Pedro I, Parque das Universidades.

Com este projeto, a PUC de Campinas tem a finalidade de reunir a comunidade universitária e a sociedade em geral para assim, homenagear o Cardeal Agnelo Rossi, responsável por auxiliar na consolidação dos alicerces da Universidade.

Desta forma, o evento vem promovendo desde palestras até uma mostra temática e o lançamento do livro com manuscritos de autoria do purpurado.

Dom Agnelo foi o primeiro Vice-Reitor da PUC-Campinas e quando Cardeal em Roma, obteve para ela o título de Pontifícia Universidade Católica.

Cardeal Agnelo Rossi

Gaudium Press.jpgNascido em Campinas, realizou seus primeiros estudos em Valinhos, ingressando posteriormente, em 26 de janeiro de 1926, no Seminário Menor Diocesano Santa Maria, onde cursou Filosofia.

No dia 15 de outubro de 1933, Dom Agnelo partiu para Roma e se instalou por cinco meses no Colégio Pio Latino-Americano. Depois, em 4 de abril de 1934, foi um dos 33 alunos fundadores do Pontifício Colégio Pio Brasileiro, onde recebeu a matrícula de número um da nova instituição de ensino, localizada na Via Aurélia.

Em sua estada na capital italiana, o religioso chegou ainda a realizar seus estudos de Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma.

Foi ordenado sacerdote pelas mãos do Cardeal Luigi Traglia, bispo auxiliar de Roma, na Arquibasílica de São João Latrão, em Roma, no dia 27 de março de 1937.

Aos 43 anos, Dom Agnelo foi nomeado pelo Papa Pio XII como Bispo da Diocese de Barra do Piraí, no Rio de Janeiro, em 5 de março de 1956. O anúncio havia sido feito pelo então Núncio Apostólico no Brasil, Dom Armando Lombardi, na seção solene de instalação da Universidade Católica de Campinas, realizada no Teatro Municipal da cidade, no dia 14 de março daquele ano.

Gaudium Press.jpgEm 6 de setembro de 1962, foi designado Arcebispo Metropolitano de Ribeirão Preto e exerceu a função até 1º de novembro de 1964, quando o Papa Paulo VI o nomeou como o quarto Arcebispo de São Paulo.

Ao longo das cerimônias de inauguração do Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do estado de São Paulo, em 25 de janeiro de 1965, foi anunciada a sua escolha para o cardinalato.

No Consistório do dia 22 de fevereiro do mesmo ano, Festa da Cátedra de São Pedro, presidida pelo Papa Paulo VI, na Basílica de São Pedro, Dom Agnelo Rossi foi criado Cardeal-presbítero, tomando posse de sua Igreja Particular cinco dias depois.

Até o dia 22 de outubro de 1970, o purpurado ficou a cargo do governo da Igreja de São Paulo, deixando o posto para atender ao chamado do Vaticano, que naquela época, o nomeou para a prefeitura da Congregação para a Evangelização dos Povos.

Em 8 de abril de 1984 assumiu como Presidente da Administração do Patrimônio da Sé Apostólica, cargo que renunciou no dia 6 de dezembro de 1989.

Além disso, foi Decano do Colégio Cardinalício entre os anos de 1986 e 1993.

No dia 21 de maio de 1995, faleceu aos 82 anos. Naquela ocasião, o Cardeal teria sido sepultado na Igreja de Nossa Senhora do Guadalupe, por ele construída, em Campinas. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Campinas

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/82044-PUC-Campinas-organiza-evento-em-memoria-ao-Cardeal-Agnelo-Rossi. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading