Loading
 
 
 
Loading
 
Exposição sobre São Thomas Morus nos EUA busca inspirar políticos e legisladores
Loading
 
20 de Setembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Washington - Estados Unidos (Terça-feira, 20-09-2016, Gaudium Press) O Santuário Nacional de São João Paulo II em Washington, Estados Unidos, é a sede desde o dia 16 de setembro, de uma exposição sobre a vida e legado do mártir inglês e homem de estado São Thomas Morus, que foi condenado à morte por rejeitar a declaração de supremacia do rei Henrique VIII sobre a Igreja na Inglaterra. O exemplo do Santo foi destacado como inspiração atual para os políticos e legisladores por parte do Lord David Alton de Liverpool, um Parlamentar católico inglês que serve como parte da Câmara dos Lordes.

Exposição sobre São Thomas Morus nos EUA busca inspirar políticos e legisladores.jpg

"Os objetos contam sua própria história e também nos inspiram nesta geração", declarou o legislador inglês, que indicou que o exemplo de um homem que se manteve fiel à sua Fé e sua consciência apesar da forte pressão política é algo que "necessitamos em nossa época", segundo informou 'Crux'. Lord Alton comparou os desafios que São Thomas Morus enfrentou com os ataques à liberdade religiosa e a perseguição aberta padecida atualmente por um grande número de cristãos no mundo. "Uma Fé pela qual vale a pena morrer é uma Fé pela qual vale a pena viver", comentou sobre a força do testemunho do mártir.

O título da exposição é "God's Servant First" (Servo de Deus em primeiro lugar), que recorda a célebre última frase que pronunciou em sua execução. "Morro sendo o bom servo do rei, mas primeiro de Deus". A exibição inclui mais de 60 artigos principalmente das coleções de 'Stonyhurst College' da Inglaterra, as quais conservam o maior número de objetos da história do catolicismo na Inglaterra e outros países anglófonos. O evento é patrocinado pelos 'Caballeros de Colón' e o 'Christian Heritage Centre of Stonyhurst'.

Exposição sobre São Thomas Morus nos EUA busca inspirar políticos e legisladores 2.jpg

Um dos objetos mais significativos da mostra é o crucifixo que o Santo pode ter portado durante seu tempo na prisão na espera de sua execução. A Cruz exibe algumas pequenas protuberâncias em forma de espinhos que ao entrar em contato com a pele seria "uma recordação da dor e sofrimento de Cristo em sua crucifixão", segundo explicou o curador das coleções de 'Stonyhurst College'. Da mesma forma se exibe uma reconstrução de como pode ter sido sua cela na Torre de Londres. A exibição ocorrerá no Santuário até o dia 31 de março como única sede no país. (GPE/EPC)

Loading
Exposição sobre São Thomas Morus nos EUA busca inspirar políticos e legisladores

Washington - Estados Unidos (Terça-feira, 20-09-2016, Gaudium Press) O Santuário Nacional de São João Paulo II em Washington, Estados Unidos, é a sede desde o dia 16 de setembro, de uma exposição sobre a vida e legado do mártir inglês e homem de estado São Thomas Morus, que foi condenado à morte por rejeitar a declaração de supremacia do rei Henrique VIII sobre a Igreja na Inglaterra. O exemplo do Santo foi destacado como inspiração atual para os políticos e legisladores por parte do Lord David Alton de Liverpool, um Parlamentar católico inglês que serve como parte da Câmara dos Lordes.

Exposição sobre São Thomas Morus nos EUA busca inspirar políticos e legisladores.jpg

"Os objetos contam sua própria história e também nos inspiram nesta geração", declarou o legislador inglês, que indicou que o exemplo de um homem que se manteve fiel à sua Fé e sua consciência apesar da forte pressão política é algo que "necessitamos em nossa época", segundo informou 'Crux'. Lord Alton comparou os desafios que São Thomas Morus enfrentou com os ataques à liberdade religiosa e a perseguição aberta padecida atualmente por um grande número de cristãos no mundo. "Uma Fé pela qual vale a pena morrer é uma Fé pela qual vale a pena viver", comentou sobre a força do testemunho do mártir.

O título da exposição é "God's Servant First" (Servo de Deus em primeiro lugar), que recorda a célebre última frase que pronunciou em sua execução. "Morro sendo o bom servo do rei, mas primeiro de Deus". A exibição inclui mais de 60 artigos principalmente das coleções de 'Stonyhurst College' da Inglaterra, as quais conservam o maior número de objetos da história do catolicismo na Inglaterra e outros países anglófonos. O evento é patrocinado pelos 'Caballeros de Colón' e o 'Christian Heritage Centre of Stonyhurst'.

Exposição sobre São Thomas Morus nos EUA busca inspirar políticos e legisladores 2.jpg

Um dos objetos mais significativos da mostra é o crucifixo que o Santo pode ter portado durante seu tempo na prisão na espera de sua execução. A Cruz exibe algumas pequenas protuberâncias em forma de espinhos que ao entrar em contato com a pele seria "uma recordação da dor e sofrimento de Cristo em sua crucifixão", segundo explicou o curador das coleções de 'Stonyhurst College'. Da mesma forma se exibe uma reconstrução de como pode ter sido sua cela na Torre de Londres. A exibição ocorrerá no Santuário até o dia 31 de março como única sede no país. (GPE/EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/82199-Exposicao-sobre-Sao-Thomas-Morus-nos-EUA-busca-inspirar-politicos-e-legisladores. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O evento, que seguiu o lema “Não temas Maria, pois encontras-te graça diante de Deus”, foi con ...
 
“A capela de adoração é uma iniciativa do Senhor para que tivéssemos um lugar adequado para or ...
 
Conforme o purpurado, Deus não escolhe os capacitados, mas capacita os escolhidos. ...
 
Criada em 27 de maio de 1998 pelo Papa João Paulo II, o bispado de Criciúma foi desmembrado da Dio ...
 
O sucesso vocacional do sacerdote depende das orações dos fiéis, afirma arcebispo de Malanje, no ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading