Loading
 
 
 
Loading
 
Religiosa em Kandhamal, Índia: A Fé dos cristãos perseguidos reafirmou minha vocação
Loading
 
21 de Setembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Rourkela - Índia (Quarta-feira, 21-09-2016, Gaudium Press) A Irmã Santowna Singh, membro da Congregação das Servas de Maria, fez seus votos perpétuos junto a 18 religiosas no dia 08 de setembro no templo de Cristo Ressuscitado de Kalunga, Índia, em uma cerimônia presidida por Dom John Barwa, Arcebispo de Cuttack- Bhubaneswar e Dom Kishor Kumar Kujur, Bispo de Rourkela. A religiosa provêm de Kandhamal, região onde se realizou um dos piores ataques anticristãos da Índia e professou seus primeiros votos no mesmo ano e época da tragédia. "A Fé das pessoas perseguidas em Orissa em 2008, me confirmou ainda mais minha vontade de servir a Jesus como religiosa", relatou a AsiaNews.

Religiosa em Kandhamal, Índia A Fé dos cristãos perseguidos reafirmou minha vocação.jpg

"É vossa livre escolha e responsabilidade servir a Jesus nos outros. A vocação religiosa impõem servir com uma dedicação total", pregou Dom Kishor Kumar na Eucaristia. "A todas vocês é confiada a responsabilidade da missão e esta deve ser realizada com a ajuda das orações e da graça de Deus. Estejam firmes no amor de Deus e rendam-se à sua vontade em tudo o que façam".

Segundo a religiosa, os fatos de violência que obrigaram a fuga de milhares de famílias foram também ocasião de um profundo testemunho. "Me surpreendeu a Fé simples, mas forte, dos cristãos. Esta reforçou meu amor por Jesus e me alentou a servir aos pobres na Igreja", comentou. Para ela, a dura experiência de seus irmãos na Fé "me deu a força de converter-me em uma mensageira de Cristo".

A celebração das profissionais convocou a 40 sacerdotes, 55 Irmãs e mais de dois mil fiéis e os votos da Irmã Singh fazem parte de uma onda de vocações suscitada após o ataque. "A chama da Fé dos cristãos perseguidos está em mim e nas outras. Em todas está o poder e a graça de Deus", acrescentou a religiosa. "Estamos agradecidas ao Senhor por ter-nos dado esta maravilhosa vida para servi-lo em Orissa que é um dos Estados mais pobres de toda Índia". (GPE/EPC)

Loading
Religiosa em Kandhamal, Índia: A Fé dos cristãos perseguidos reafirmou minha vocação

Rourkela - Índia (Quarta-feira, 21-09-2016, Gaudium Press) A Irmã Santowna Singh, membro da Congregação das Servas de Maria, fez seus votos perpétuos junto a 18 religiosas no dia 08 de setembro no templo de Cristo Ressuscitado de Kalunga, Índia, em uma cerimônia presidida por Dom John Barwa, Arcebispo de Cuttack- Bhubaneswar e Dom Kishor Kumar Kujur, Bispo de Rourkela. A religiosa provêm de Kandhamal, região onde se realizou um dos piores ataques anticristãos da Índia e professou seus primeiros votos no mesmo ano e época da tragédia. "A Fé das pessoas perseguidas em Orissa em 2008, me confirmou ainda mais minha vontade de servir a Jesus como religiosa", relatou a AsiaNews.

Religiosa em Kandhamal, Índia A Fé dos cristãos perseguidos reafirmou minha vocação.jpg

"É vossa livre escolha e responsabilidade servir a Jesus nos outros. A vocação religiosa impõem servir com uma dedicação total", pregou Dom Kishor Kumar na Eucaristia. "A todas vocês é confiada a responsabilidade da missão e esta deve ser realizada com a ajuda das orações e da graça de Deus. Estejam firmes no amor de Deus e rendam-se à sua vontade em tudo o que façam".

Segundo a religiosa, os fatos de violência que obrigaram a fuga de milhares de famílias foram também ocasião de um profundo testemunho. "Me surpreendeu a Fé simples, mas forte, dos cristãos. Esta reforçou meu amor por Jesus e me alentou a servir aos pobres na Igreja", comentou. Para ela, a dura experiência de seus irmãos na Fé "me deu a força de converter-me em uma mensageira de Cristo".

A celebração das profissionais convocou a 40 sacerdotes, 55 Irmãs e mais de dois mil fiéis e os votos da Irmã Singh fazem parte de uma onda de vocações suscitada após o ataque. "A chama da Fé dos cristãos perseguidos está em mim e nas outras. Em todas está o poder e a graça de Deus", acrescentou a religiosa. "Estamos agradecidas ao Senhor por ter-nos dado esta maravilhosa vida para servi-lo em Orissa que é um dos Estados mais pobres de toda Índia". (GPE/EPC)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Matriz da Boa Vista acolherá grupos das paróquias que vão se revezar nas Adorações ao Santís ...
 
...
 
Mais de 8 mil católicos, 100 sacerdotes, 120 religiosas e 10 Bispos de todo o país, participaram d ...
 
Segundo o diretor da Rede do Apostolado da Oração do Papa, elas são fruto de um longo processo de ...
 
Desde a infância, ela tinha uma piedade intensa. Aos dez anos dedicou sua virgindade a Deus. ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading