Loading
 
 
 
Loading
 
Evangelizar mostrando a beleza das igrejas
Loading
 
23 de Setembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Redação (Sexta-feira, 23-09-2016, Gaudium Press) "Na conversa silenciosa do coração com Deus se preparam as pedras vivas, com as quais cresce o Reino de Deus, e se forjam os instrumentos escolhidos que cooperam para sua edificação (...) Nós devemos, em silêncio, escutar por horas e deixar atuar a Palavra até que nos leve a louvar a Deus na oração e no trabalho".

Evangelizar mostrando a beleza das igrejas 1.jpg

Inspirados nestas palavras de Edith Stein, nasceu há alguns anos a iniciativa "Pietre Vive" (Pedras Vivas), um grupo internacional que congrega várias comunidades de jovens cuja missão é anunciar a Jesus e a beleza da Igreja evangelizando através da arte que encontramos nos templos.

Presente já em mais de 20 cidades europeias -principalmente na Itália, Espanha e França-, assim como uma na América Latina, em Santiago do Chile, a proposta tem por objetivo animar a descobrir a beleza da Fé a quem visita uma igreja. "Através de explicações histórico-artísticas e outros momentos de boas vindas, as pedras vivas restituem aos grandes monumentos da arte cristã sua vocação originária de acolhida e espiritualidade", expõem.

Por isso entre suas atividades está a promoção de visitas guiadas aos templos mais representativos da Fé. "Cada tour guiado pelas 'Piedras Vivas', é uma proclamação do amor de Deus aos turistas e visitantes que entram, por causalidade, a uma igreja".

Sobre esta iniciativa sublinhou o projeto 'Via da Beleza', promovido pela Conferência Episcopal Italiana (CEI): "Por meio da acolhida, a oração e as visitas guiadas gratuitas as 'Piedras Vivas' anunciam o Evangelho como aquele 'invisível no visível' que a arte revela. Fazem experimentar o espaço sacro cristão como lugar do encontro com Deus. Para 'Piedras Vivas', a arte cristã é uma oração que se entrega ao olhar, e permanece acessível. Também é uma narração, uma história de santidade".

"Contemplar a obra de arte é entrar na oração do artista e na história que narra. Vem assim uma comunhão espiritual através dos séculos onde o turista se converte em peregrino. Ele se encontra em um espaço que lhe revela sua própria interioridade, a própria identidade, a própria vocação", prossegue o projeto da CEI.

Tal como explicam a partir de 'Pietre Vive', ser parte desta proposta evangelizadora significa receber uma formação teológica e histórico-artística, fazer experiência de oração e de comunidade, e acolher a tantos turistas e curiosos que buscam a Beleza, aquela que vem de Deus.

Evangelizar mostrando a beleza das igrejas 2.jpg

Mas seu trabalho não se centra somente em evangelizar mostrando a beleza artística dos templos, os jovens que fazem parte de 'Pietre Vive', também comunicam outros nobres ideais e valores: "As comunidades de 'Piedras Vivas' têm um estilo distintivo que lhe dá prioridade à oração, a uma intensa vida em comunidade, a simplicidade da vida, a atenção aos pobres e crianças, e seu serviço é completamente voluntário".

Entre as cidades italianas onde está presente a comunidade se encontra em Bolonha, Cagliari, Florença, Gênova, Milão, Nápoles, Pádua, Palermo, Roma, Siena e Turim. Também está em Barcelona, Madri, Santiago de Compostela, Paris, Praga e Valletta em Malta.

Santiago de Chile é a única cidade fora da Europa onde esta proposta está presente. (GPE/EPC)

Loading
Evangelizar mostrando a beleza das igrejas

Redação (Sexta-feira, 23-09-2016, Gaudium Press) "Na conversa silenciosa do coração com Deus se preparam as pedras vivas, com as quais cresce o Reino de Deus, e se forjam os instrumentos escolhidos que cooperam para sua edificação (...) Nós devemos, em silêncio, escutar por horas e deixar atuar a Palavra até que nos leve a louvar a Deus na oração e no trabalho".

Evangelizar mostrando a beleza das igrejas 1.jpg

Inspirados nestas palavras de Edith Stein, nasceu há alguns anos a iniciativa "Pietre Vive" (Pedras Vivas), um grupo internacional que congrega várias comunidades de jovens cuja missão é anunciar a Jesus e a beleza da Igreja evangelizando através da arte que encontramos nos templos.

Presente já em mais de 20 cidades europeias -principalmente na Itália, Espanha e França-, assim como uma na América Latina, em Santiago do Chile, a proposta tem por objetivo animar a descobrir a beleza da Fé a quem visita uma igreja. "Através de explicações histórico-artísticas e outros momentos de boas vindas, as pedras vivas restituem aos grandes monumentos da arte cristã sua vocação originária de acolhida e espiritualidade", expõem.

Por isso entre suas atividades está a promoção de visitas guiadas aos templos mais representativos da Fé. "Cada tour guiado pelas 'Piedras Vivas', é uma proclamação do amor de Deus aos turistas e visitantes que entram, por causalidade, a uma igreja".

Sobre esta iniciativa sublinhou o projeto 'Via da Beleza', promovido pela Conferência Episcopal Italiana (CEI): "Por meio da acolhida, a oração e as visitas guiadas gratuitas as 'Piedras Vivas' anunciam o Evangelho como aquele 'invisível no visível' que a arte revela. Fazem experimentar o espaço sacro cristão como lugar do encontro com Deus. Para 'Piedras Vivas', a arte cristã é uma oração que se entrega ao olhar, e permanece acessível. Também é uma narração, uma história de santidade".

"Contemplar a obra de arte é entrar na oração do artista e na história que narra. Vem assim uma comunhão espiritual através dos séculos onde o turista se converte em peregrino. Ele se encontra em um espaço que lhe revela sua própria interioridade, a própria identidade, a própria vocação", prossegue o projeto da CEI.

Tal como explicam a partir de 'Pietre Vive', ser parte desta proposta evangelizadora significa receber uma formação teológica e histórico-artística, fazer experiência de oração e de comunidade, e acolher a tantos turistas e curiosos que buscam a Beleza, aquela que vem de Deus.

Evangelizar mostrando a beleza das igrejas 2.jpg

Mas seu trabalho não se centra somente em evangelizar mostrando a beleza artística dos templos, os jovens que fazem parte de 'Pietre Vive', também comunicam outros nobres ideais e valores: "As comunidades de 'Piedras Vivas' têm um estilo distintivo que lhe dá prioridade à oração, a uma intensa vida em comunidade, a simplicidade da vida, a atenção aos pobres e crianças, e seu serviço é completamente voluntário".

Entre as cidades italianas onde está presente a comunidade se encontra em Bolonha, Cagliari, Florença, Gênova, Milão, Nápoles, Pádua, Palermo, Roma, Siena e Turim. Também está em Barcelona, Madri, Santiago de Compostela, Paris, Praga e Valletta em Malta.

Santiago de Chile é a única cidade fora da Europa onde esta proposta está presente. (GPE/EPC)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/82300-Evangelizar-mostrando-a-beleza-das-igrejas. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

A Celebração Eucarística foi presidida pelo Arcebispo de Buenos Aires, Cardeal Mario Poli, e foi ...
 
“Sempre é o Espírito Santo quem suscita os carismas para a Igreja e para a humanidade”, afirma ...
 
Para celebrar a data, o Arcebispo de Maputo, Dom Francisco Chimoio, presidiu uma Santa Missa que con ...
 
O intuito do encontro era o de explicar a natureza do Canto Litúrgico da Missa a partir da teologia ...
 
O encontro, que se encontra em sua nona edição, segue o tema: “O Evangelho da Família, alegria ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading