Loading
 
 
 
Loading
 
Iniciativa popular propõe proibição total do aborto na Polônia
Loading
 
30 de Setembro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Varsóvia - Polônia (Sexta-feira, 29-09-2016, Gaudium Press) A Fundação "Pró-Direito à Vida", com o apoio do partido 'Lei e Justiça' e com com a assinatura de mais de 450.000 eleitores, promoveu uma "iniciativa legislativa' que proíbe totalmente o aborto na Polônia.

A iniciativa legislativa apresentada ao Parlamento polonês propõe que "quem causar a morte de um nascituro será castigado com prisão de 3 meses até 5 anos".

A legislação atual da Polônia permite o aborto nos casos em que a mãe estiver correndo risco de morte, em casos de violação ou má formações severas do bebê.

Iniciativa anti-aborto será debatida

No último dia 23, os parlamentares poloneses enviaram a proposta legislativa às comissões composta por deputados. Ali ela será debatida por tempo ilimitado até ser redigido um projeto de lei definitivo para, em seguida ser ele, finalmente, submetido ao voto dos congressistas. Numa primeira votação para decidir se a iniciativa legislativa seria levada a debate e votação, ela foi aprovada por 267 votos contra 154.

Eugenia

O ministro do Interior da Polônia, Mariusz Blaszczak, demostrou aprovação ao projeto expressando seu desejo de que ele seja aprovado para que se possa ter "uma mudança, um desvio da eugenia ou das práticas que são idênticas àquelas da Alemanha dos tempos de (Adolfo) Hitler, onde o aborto era permitido devido a doenças".

Blaszczak lamentou que na Polônia quatro de cada cinco bebês com síndrome de Down são voluntariamente abortados. (JSG)

Loading
Iniciativa popular propõe proibição total do aborto na Polônia

Varsóvia - Polônia (Sexta-feira, 29-09-2016, Gaudium Press) A Fundação "Pró-Direito à Vida", com o apoio do partido 'Lei e Justiça' e com com a assinatura de mais de 450.000 eleitores, promoveu uma "iniciativa legislativa' que proíbe totalmente o aborto na Polônia.

A iniciativa legislativa apresentada ao Parlamento polonês propõe que "quem causar a morte de um nascituro será castigado com prisão de 3 meses até 5 anos".

A legislação atual da Polônia permite o aborto nos casos em que a mãe estiver correndo risco de morte, em casos de violação ou má formações severas do bebê.

Iniciativa anti-aborto será debatida

No último dia 23, os parlamentares poloneses enviaram a proposta legislativa às comissões composta por deputados. Ali ela será debatida por tempo ilimitado até ser redigido um projeto de lei definitivo para, em seguida ser ele, finalmente, submetido ao voto dos congressistas. Numa primeira votação para decidir se a iniciativa legislativa seria levada a debate e votação, ela foi aprovada por 267 votos contra 154.

Eugenia

O ministro do Interior da Polônia, Mariusz Blaszczak, demostrou aprovação ao projeto expressando seu desejo de que ele seja aprovado para que se possa ter "uma mudança, um desvio da eugenia ou das práticas que são idênticas àquelas da Alemanha dos tempos de (Adolfo) Hitler, onde o aborto era permitido devido a doenças".

Blaszczak lamentou que na Polônia quatro de cada cinco bebês com síndrome de Down são voluntariamente abortados. (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/82531-Iniciativa-popular-propoe-proibicao-total-do-aborto-na-Polonia. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Segundo o purpurado, “um cristão não pode deixar de ser alegre, otimista, e ter uma concepção ...
 
Igreja indiana na linha de frente nas horas dramáticas, quando o Estado de Kerala sofre violentas c ...
 
O Encontro Mundial das Famílias será realizado entre os dias 22 a 26 de agosto na Irlanda. ...
 
O Padre Pedro Pablo Garín, Vigário da Vida Consagrada, presidiu a Missa. ...
 
Um monge sonhou com uma imagem de Nossa Senhora que estava enterrada no alto de uma montanha de dif ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading