Loading
 
 
 
Loading
 
O rio milagroso
Loading
 
11 de Outubro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

 
São Paulo (Terça-feira, 11-10-2016, Gaudium Press)
 Amazonas, São Francisco, Negro, Araguaia, Tocantins, Madeira: são nomes de gigantes. Eles estão entre os maiores rios do Brasil.
 
Dentre esses verdadeiros "mares de água doce" há um que sobressai por um acontecimento que marcou de forma indelével a história de todos os corações brasileiros. É o rio Paraíba do Sul, que atravessa o belo vale que leva o seu nome.
 
Foram em suas águas calmas que três pescadores, Domingos Garcia, João Alves e Filipe Pedroso, miraculosamente, encontraram Imagem de Nossa Senhora Aparecidaprimeiramente a cabeça e depois o corpo da Virgem Aparecida, na segunda quinzena do mês de outubro do ano de 1717.
 
Após o encontro da Imagem, a pesca que até então se encontrava infrutífera, tornou-se tão abundante que precisaram voltar, ao porto de Itaguaçu, pois os três barcos já não podiam suportar o peso de tantos peixes. Tudo muito semelhante com a pesca milagrosa narrada nos Santos Evangelhos, quando Nosso Senhor Jesus Cristo disse a Pedro: Faze-te ao largo, e lançai as vossas redes para a pesca. (Lucas 5:4)

E pesca não terminou... Durante esses trezentos anos a Imagem milagrosa continua a fazer milagres, curas, ajudas, consolo aos que a procuram, "pescando almas" para o seu Divino Filho.

***

Ir à Aparecida em peregrinação é algo especial. Já pela autoestrada que conduz até a cidade de Aparecida do Norte, encontramos grupos de pessoas caminhando. Algumas delas carregando cruzes e outras com terços nas mãos, rezando. Eles são pagadores de promessas e vão ao Santuário para agradecer graças alcançadas.
 
Milagres, milagres e mais milagres atestam a bondade de Nossa Senhora para com aqueles que têm fé! As provas -tem gente que necessita delas...- estão guardadas numa grande sala onde se reúnem depoimentos, fotos e ex-votos: cabeças, mãos, pés de cera que atestam a intercessão da Mãe de Deus.
 
Em dias de festa, junto à pequena Imagem, de cor morena, revestida de seu manto azul desfila um longo cortejo: interminável.

Lá encontramos homens e mulheres, velhos e jovens; alguns com as mãos levantadas para o céu em sinal de agradecimento; outros trazem lágrimas nos olhos: são prantos de esperança e alegria. Há outros ainda que, com dificuldade, caminham de joelhos levando enormes velas que serão queimadas em honra da Mãe Aparecida.
 
Todos os olhares procuram essa Virgem de Misericórdia ali representada pela pequena e milagrosa Imagem. E dessa procura nasce uma linguagem sem palavras que chega ao infinito e alcança o sagrado: Param, por alguns instantes, fazem suas preces, seus pedidos... e continuam o seu caminhar!
De seu nicho, Ela ouve a todos. Ela é mãe dos pobres e dos ricos; dos inocentes e dos pecadores; dos aflitos e dos que esperam em sua doce proteção. Ela é definida em uma palavra:  Ela é a Mãe Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil!
 
Por Lucas Miguel Lihue

Loading
O rio milagroso

 
São Paulo (Terça-feira, 11-10-2016, Gaudium Press)
 Amazonas, São Francisco, Negro, Araguaia, Tocantins, Madeira: são nomes de gigantes. Eles estão entre os maiores rios do Brasil.
 
Dentre esses verdadeiros "mares de água doce" há um que sobressai por um acontecimento que marcou de forma indelével a história de todos os corações brasileiros. É o rio Paraíba do Sul, que atravessa o belo vale que leva o seu nome.
 
Foram em suas águas calmas que três pescadores, Domingos Garcia, João Alves e Filipe Pedroso, miraculosamente, encontraram Imagem de Nossa Senhora Aparecidaprimeiramente a cabeça e depois o corpo da Virgem Aparecida, na segunda quinzena do mês de outubro do ano de 1717.
 
Após o encontro da Imagem, a pesca que até então se encontrava infrutífera, tornou-se tão abundante que precisaram voltar, ao porto de Itaguaçu, pois os três barcos já não podiam suportar o peso de tantos peixes. Tudo muito semelhante com a pesca milagrosa narrada nos Santos Evangelhos, quando Nosso Senhor Jesus Cristo disse a Pedro: Faze-te ao largo, e lançai as vossas redes para a pesca. (Lucas 5:4)

E pesca não terminou... Durante esses trezentos anos a Imagem milagrosa continua a fazer milagres, curas, ajudas, consolo aos que a procuram, "pescando almas" para o seu Divino Filho.

***

Ir à Aparecida em peregrinação é algo especial. Já pela autoestrada que conduz até a cidade de Aparecida do Norte, encontramos grupos de pessoas caminhando. Algumas delas carregando cruzes e outras com terços nas mãos, rezando. Eles são pagadores de promessas e vão ao Santuário para agradecer graças alcançadas.
 
Milagres, milagres e mais milagres atestam a bondade de Nossa Senhora para com aqueles que têm fé! As provas -tem gente que necessita delas...- estão guardadas numa grande sala onde se reúnem depoimentos, fotos e ex-votos: cabeças, mãos, pés de cera que atestam a intercessão da Mãe de Deus.
 
Em dias de festa, junto à pequena Imagem, de cor morena, revestida de seu manto azul desfila um longo cortejo: interminável.

Lá encontramos homens e mulheres, velhos e jovens; alguns com as mãos levantadas para o céu em sinal de agradecimento; outros trazem lágrimas nos olhos: são prantos de esperança e alegria. Há outros ainda que, com dificuldade, caminham de joelhos levando enormes velas que serão queimadas em honra da Mãe Aparecida.
 
Todos os olhares procuram essa Virgem de Misericórdia ali representada pela pequena e milagrosa Imagem. E dessa procura nasce uma linguagem sem palavras que chega ao infinito e alcança o sagrado: Param, por alguns instantes, fazem suas preces, seus pedidos... e continuam o seu caminhar!
De seu nicho, Ela ouve a todos. Ela é mãe dos pobres e dos ricos; dos inocentes e dos pecadores; dos aflitos e dos que esperam em sua doce proteção. Ela é definida em uma palavra:  Ela é a Mãe Aparecida, Rainha e Padroeira do Brasil!
 
Por Lucas Miguel Lihue

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/82767-O-rio-milagroso. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Na mensagem, os prelados incentivam para que se trabalhe por “uma educação verdadeiramente human ...
 
O novo app funcionará durante as audiências gerais das quartas-feiras, ao ângelus do domingo na P ...
 
O edifício havia sido fechado em 1968, por conta da guerra entre Israel e Palestina, que converteu ...
 
Varão de fogo e conselheiro de Papas e monarcas, foi também admirável arauto da Virgem Maria e um ...
 
“A necessidade da eternidade é tão clara que estamos de acordo com a imensa maioria dos homens d ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading