Loading
 
 
 
Loading
 
Em Fátima, Secretário de Estado afirma: “Precisamos nos reconciliar com a santidade”
Loading
 
13 de Outubro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Fátima - Portugal (Quinta-feira, 13-10-2016, Gaudium Press) O secretário de Estado do Vaticano, Cardeal Pietro Parolin disse durante a Missa em Fátima que a "opção de fé" dos católicos não depende do que estes sabem sobre Deus ou a Igreja, ao contrário do que acontece na "era da informação".

Em Fátima, Secretário de Estado afirma ?Precisamos nos reconciliar com a santidade?.jpg

O Cardeal fez a homilia da Missa da vigília da peregrinação internacional de outubro, na quarta-feira.

Disse o purpurado que "Enquanto a pessoa informada se preocupa com armazenar em si mesma a maior quantidade de informações, fazendo deste tesouro o metro para se medir a si mesma, à sociedade e ao mundo, a pessoa de fé preocupa-se em sair de si mesma e apostar em Cristo".

Conhecimento, informação e dedicação a Deus

Nas celebrações conclusivas do 99.º aniversário das Aparições na Cova da Iria, o Cardeal Secretário do Vaticano desafiou os milhares de peregrinos a refletir sobre a "grande diferença" que existe entre conhecimento e informação.

Ele observou que "No mundo ocidentalizado, vivemos a era da informação; temos canais televisivos, radiofónicos, informáticos que nos ‘passam informações' a todas as horas. É como se fôssemos instigados cada vez mais a ‘comer' notícia atrás de notícia".

Esta realidade faz com que "a ‘pessoa modelo'" do terceiro milénio seja "a ‘pessoa informada'", exemplo do "cidadão responsável".

E, "Neste horizonte, poder-se-ia pensar que a nossa dedicação a Deus coincidisse com a quantidade de informações que temos sobre Ele e o seu Cristo. Mas não é assim", disse o Cardeal que ainda afirmou: "Precisamos de nos reconciliar com a santidade porta através da qual entramos no mundo da misericórdia".

Última Peregrinação antes dos 100 anos

O cardeal italiano veio a Portugal trazer a saudação do Papa Francisco aos peregrinos de Fátima e ao povo português. Ele manifestou sua "grande alegria" por presidir às celebrações de 13 de outubro, nesta que foi a sua primeira visita a Portugal.

Esta é a última grande peregrinação internacional antes do Centenário das aparições em 13 de maio de 2017, ocasião em que Santuário de Fátima vai receber a visita do Papa, segundo anúncio do próprio Santo Padre. (JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com informações Ecclesia)

Loading
Em Fátima, Secretário de Estado afirma: “Precisamos nos reconciliar com a santidade”

Fátima - Portugal (Quinta-feira, 13-10-2016, Gaudium Press) O secretário de Estado do Vaticano, Cardeal Pietro Parolin disse durante a Missa em Fátima que a "opção de fé" dos católicos não depende do que estes sabem sobre Deus ou a Igreja, ao contrário do que acontece na "era da informação".

Em Fátima, Secretário de Estado afirma ?Precisamos nos reconciliar com a santidade?.jpg

O Cardeal fez a homilia da Missa da vigília da peregrinação internacional de outubro, na quarta-feira.

Disse o purpurado que "Enquanto a pessoa informada se preocupa com armazenar em si mesma a maior quantidade de informações, fazendo deste tesouro o metro para se medir a si mesma, à sociedade e ao mundo, a pessoa de fé preocupa-se em sair de si mesma e apostar em Cristo".

Conhecimento, informação e dedicação a Deus

Nas celebrações conclusivas do 99.º aniversário das Aparições na Cova da Iria, o Cardeal Secretário do Vaticano desafiou os milhares de peregrinos a refletir sobre a "grande diferença" que existe entre conhecimento e informação.

Ele observou que "No mundo ocidentalizado, vivemos a era da informação; temos canais televisivos, radiofónicos, informáticos que nos ‘passam informações' a todas as horas. É como se fôssemos instigados cada vez mais a ‘comer' notícia atrás de notícia".

Esta realidade faz com que "a ‘pessoa modelo'" do terceiro milénio seja "a ‘pessoa informada'", exemplo do "cidadão responsável".

E, "Neste horizonte, poder-se-ia pensar que a nossa dedicação a Deus coincidisse com a quantidade de informações que temos sobre Ele e o seu Cristo. Mas não é assim", disse o Cardeal que ainda afirmou: "Precisamos de nos reconciliar com a santidade porta através da qual entramos no mundo da misericórdia".

Última Peregrinação antes dos 100 anos

O cardeal italiano veio a Portugal trazer a saudação do Papa Francisco aos peregrinos de Fátima e ao povo português. Ele manifestou sua "grande alegria" por presidir às celebrações de 13 de outubro, nesta que foi a sua primeira visita a Portugal.

Esta é a última grande peregrinação internacional antes do Centenário das aparições em 13 de maio de 2017, ocasião em que Santuário de Fátima vai receber a visita do Papa, segundo anúncio do próprio Santo Padre. (JSG)

(Da Redação Gaudium Press, com informações Ecclesia)


 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Junto com a peça os visitantes podem assistir a um vídeo com os testemunhos das pessoas que partic ...
 
“A mensagem de Fátima continua a desafiar a uma atitude de oferta da própria vida a Deus e aos ...
 
As celebrações seguiram o lema: “Com Lourenço servidor, do povo protetor, escutamos e anunciamo ...
 
Bispos da Igreja Caldeia Católica apelaram para o fim da guerra na Síria e em todo o Médio Orient ...
 
“A lei que penaliza o aborto provocado está a serviço de um valor altíssimo, que é a vida do n ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading