Loading
 
 
 
Loading
 
V Congresso da Cultura Cristã é celebrado na Polônia
Loading
 
18 de Outubro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Lublin - Polônia (Terça-feira, 18-10-2016, Gaudium Press) Entre os dias 13 a 16 de outubro foi realizado na Universidade Católica de Lublin, Polônia, o V Congresso da Cultura Cristã. O evento contou com a visita do Presidente do Conselho Pontifício da Cultura, Cardeal Gianfranco Ravasi, que ressaltou que essa era uma oportunidade para se aprofundar a partir da academia a herança cristã na cultura. "A ideia era colocar em relevo o que distingue o homem das demais criaturas e a resposta à pergunta, quais são as bases mais profundas da dignidade inalienável do ser humano e os direitos da pessoa humana?", comentou o Arcebispo de Lublin, Dom Stanislaw Budzik em uma entrevista à agência KAI.

V Congresso da Cultura Cristã é celebrado na Polônia.jpg

"Não há nada que proteja tão efetivamente ao homem da degradação e a manipulação como o humanismo cristão, baseado na crença de que o homem foi criado à imagem e semelhança de Deus e redimido por Cristo", acrescentou o prelado. O Arcebispo indicou que o tema é uma continuação do último Congresso realizado em 2012 e está relacionado com a parte central da Doutrina da Igreja sobre o homem. "A liberdade é, como diz São João Paulo II, uma medida da dignidade e a grandeza do homem, a possibilidade de seu desenvolvimento espiritual e uma medida da renovação moral das nações", indicou.

Dom Budzik afirmou que a liberdade humana tem sua fonte e fundamento em Cristo, Redentor do homem. Ele pessoalmente "revelou que a condição da autêntica liberdade é a aceitação franca e aberta da Verdade, Ele proclamou que a liberdade se realiza no amor", recordou o prelado. "Cada escravidão provem da rejeição ou da falsificação da verdade". Por este motivo, o propósito da vida e o trabalho é chegar a conhecer a verdade de Cristo.

O prelado destacou a importância da cultura cristã na Europa como fonte e orientação para o futuro. "O cristianismo é um elemento essencial da identidade europeia", assegurou o Arcebispo. "São João Paulo II advertiu que a Europa perderá sua identidade e perderá de vista seu papel inspirador no contexto da civilização mundial, se não abrir suas fronteiras, os sistemas econômicos e políticos, os extensos campos de desenvolvimento e a cultura, à força libertadora de Cristo". (EPC)

Com informações da KAI

Loading
V Congresso da Cultura Cristã é celebrado na Polônia

Lublin - Polônia (Terça-feira, 18-10-2016, Gaudium Press) Entre os dias 13 a 16 de outubro foi realizado na Universidade Católica de Lublin, Polônia, o V Congresso da Cultura Cristã. O evento contou com a visita do Presidente do Conselho Pontifício da Cultura, Cardeal Gianfranco Ravasi, que ressaltou que essa era uma oportunidade para se aprofundar a partir da academia a herança cristã na cultura. "A ideia era colocar em relevo o que distingue o homem das demais criaturas e a resposta à pergunta, quais são as bases mais profundas da dignidade inalienável do ser humano e os direitos da pessoa humana?", comentou o Arcebispo de Lublin, Dom Stanislaw Budzik em uma entrevista à agência KAI.

V Congresso da Cultura Cristã é celebrado na Polônia.jpg

"Não há nada que proteja tão efetivamente ao homem da degradação e a manipulação como o humanismo cristão, baseado na crença de que o homem foi criado à imagem e semelhança de Deus e redimido por Cristo", acrescentou o prelado. O Arcebispo indicou que o tema é uma continuação do último Congresso realizado em 2012 e está relacionado com a parte central da Doutrina da Igreja sobre o homem. "A liberdade é, como diz São João Paulo II, uma medida da dignidade e a grandeza do homem, a possibilidade de seu desenvolvimento espiritual e uma medida da renovação moral das nações", indicou.

Dom Budzik afirmou que a liberdade humana tem sua fonte e fundamento em Cristo, Redentor do homem. Ele pessoalmente "revelou que a condição da autêntica liberdade é a aceitação franca e aberta da Verdade, Ele proclamou que a liberdade se realiza no amor", recordou o prelado. "Cada escravidão provem da rejeição ou da falsificação da verdade". Por este motivo, o propósito da vida e o trabalho é chegar a conhecer a verdade de Cristo.

O prelado destacou a importância da cultura cristã na Europa como fonte e orientação para o futuro. "O cristianismo é um elemento essencial da identidade europeia", assegurou o Arcebispo. "São João Paulo II advertiu que a Europa perderá sua identidade e perderá de vista seu papel inspirador no contexto da civilização mundial, se não abrir suas fronteiras, os sistemas econômicos e políticos, os extensos campos de desenvolvimento e a cultura, à força libertadora de Cristo". (EPC)

Com informações da KAI

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/82939-V-Congresso-da-Cultura-Crista-e-celebrado-na-Polonia. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

O reitor do Santuário de Fátima explicou que para tomar essa decisão, ele levou em consideração ...
 
O corpo de Cristo fortalece tua alma, fortalece tua Fé, teu amor, tua esperança, tua fortaleza par ...
 
No Circo Máximo, em Roma, 70 mil jovens estiveram com o Papa e ele respondeu perguntas ...
 
Há 15 Igrejas Particulares vacantes, em um universo de 277 circunscrições eclesiásticas. ...
 
A cerimônia contou com a presença de oito mil fiéis da família mercedária provenientes de todo ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading