Loading
 
 
 
Loading
 
Papa visita Congregação Geral dos Jesuítas e faz desafio: chegar às periferias
Loading
 
24 de Outubro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Roma (Segunda-feira, 24-10-2016, Gaudium Press) Os delegados da 36ª Congregação Geral dos Jesuítas, que acontece em Roma receberam a visita do Papa Francisco que foi cumprimentar o novo responsável mundial da Companhia de Jesus.

Papa visita Congregação Geral dos Jesuítas e faz desafio chegar às periferias.jpg

Este foi o segundo encontro entre Francisco, que também é jesuíta, e o prepósito-geral dos Jesuítas, padre Arturo Sosa, SJ, natural da Venezuela, eleito no último dia 14.

Convite

Francisco convidou os responsáveis da ordem na qual se formou como religioso e sacerdote a "caminhar juntos, livres e obedientes, caminhar ao encontro das periferias onde outros não chegam".

O Papa expressou seu desejo de que a Companhia de Jesus "possa ter cada vez mais o rosto, o sotaque e o modo de viver de todos os povos, de cada cultura": é possível "fazer Igreja com cada um, inculturando o Evangelho e evangelizando cada cultura", disse o Papa Jesuíta.

Dever específico da Companhia

Francisco, expressando-se em espanhol, destacou que a busca da alegria não pode ser confundida com um "efeito especial", mas um "dever específico da Companhia":

"Consolar o povo fiel e ajudar com o discernimento, a fim de que os inimigos da natureza humana não nos roubem a alegria: a alegria de evangelizar, a alegria da família, da Igreja, a alegria da Criação", precisou.

Jubileu da Misericórdia

O Papa exortou, sobretudo quanto ao Jubileu do Misericórdia, que em breve se encerra, a que os Jesuítas se deixem "comover pelo Senhor crucificado presente em ‘tantos irmãos que sofrem'".

Francisco destacou que "A misericórdia não é uma palavra abstrata, mas um estilo de vida que antepõe à palavra os gestos concretos que tocam a carne do próximo e se institucionalizam em obras de misericórdia".

Francisco defendeu, por isso, que "a alegria do anúncio explícito do Evangelho - mediante a pregação da fé e a prática da justiça e da misericórdia é o que leva a Companhia a sair para as periferias".

31.º superior geral da Companhia de Jesus

O padre Arturo Sosa, foi quem recebeu o Papa em sua chegada. Ele é o 31.º Superior Geral da Companhia de Jesus e o primeiro sucessor de Santo Inácio de Loiola nascido fora da Europa.

A 36ª Congregação Geral dos Jesuítas teve início em 3 de outubro, em Roma e congrega 215 jesuítas de 62 países. (JSG)

Loading
Papa visita Congregação Geral dos Jesuítas e faz desafio: chegar às periferias

Roma (Segunda-feira, 24-10-2016, Gaudium Press) Os delegados da 36ª Congregação Geral dos Jesuítas, que acontece em Roma receberam a visita do Papa Francisco que foi cumprimentar o novo responsável mundial da Companhia de Jesus.

Papa visita Congregação Geral dos Jesuítas e faz desafio chegar às periferias.jpg

Este foi o segundo encontro entre Francisco, que também é jesuíta, e o prepósito-geral dos Jesuítas, padre Arturo Sosa, SJ, natural da Venezuela, eleito no último dia 14.

Convite

Francisco convidou os responsáveis da ordem na qual se formou como religioso e sacerdote a "caminhar juntos, livres e obedientes, caminhar ao encontro das periferias onde outros não chegam".

O Papa expressou seu desejo de que a Companhia de Jesus "possa ter cada vez mais o rosto, o sotaque e o modo de viver de todos os povos, de cada cultura": é possível "fazer Igreja com cada um, inculturando o Evangelho e evangelizando cada cultura", disse o Papa Jesuíta.

Dever específico da Companhia

Francisco, expressando-se em espanhol, destacou que a busca da alegria não pode ser confundida com um "efeito especial", mas um "dever específico da Companhia":

"Consolar o povo fiel e ajudar com o discernimento, a fim de que os inimigos da natureza humana não nos roubem a alegria: a alegria de evangelizar, a alegria da família, da Igreja, a alegria da Criação", precisou.

Jubileu da Misericórdia

O Papa exortou, sobretudo quanto ao Jubileu do Misericórdia, que em breve se encerra, a que os Jesuítas se deixem "comover pelo Senhor crucificado presente em ‘tantos irmãos que sofrem'".

Francisco destacou que "A misericórdia não é uma palavra abstrata, mas um estilo de vida que antepõe à palavra os gestos concretos que tocam a carne do próximo e se institucionalizam em obras de misericórdia".

Francisco defendeu, por isso, que "a alegria do anúncio explícito do Evangelho - mediante a pregação da fé e a prática da justiça e da misericórdia é o que leva a Companhia a sair para as periferias".

31.º superior geral da Companhia de Jesus

O padre Arturo Sosa, foi quem recebeu o Papa em sua chegada. Ele é o 31.º Superior Geral da Companhia de Jesus e o primeiro sucessor de Santo Inácio de Loiola nascido fora da Europa.

A 36ª Congregação Geral dos Jesuítas teve início em 3 de outubro, em Roma e congrega 215 jesuítas de 62 países. (JSG)

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/83069-Papa-visita-Congregacao-Geral-dos-Jesuitas-e-faz-desafio--chegar-as-periferias. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Com 250 quilômetros, a ciclovia unirá caminhos já existentes com outros que serão criados, passa ...
 
A Igreja sempre considerou o serviço aos enfermos como “parte integral de sua missão”. ...
 
Os franciscanos conventuais de Pádua apresentaram um balanço sobre os peregrinos que visitam a Ba ...
 
O Encontro do organismo da CNBB reuniu-se em Brasília entre os dias 16 e 17 últimos. ...
 
Jesus expulsa o espírito mau: Mestre, eu trouxe a Ti o meu filho que tem um espírito mudo... ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading