Loading
 
 
 
Loading
 
Fiéis capixabas festejam os 25 anos da vinda de São João Paulo II à Vitória
Loading
 
25 de Outubro de 2016 / 0 Comentários
 
Imprimir
 
 

Vitória - Espírito Santo (Terça-feira, 25-10-2016, Gaudium Press) A Arquidiocese de Vitória celebrou recentemente a memória de São João Paulo II e os 25 anos de sua visita à capital capixaba.

Fiéis capixabas festejam os 25 anos da vinda de São João Paulo II à Vitória.png

Precisamente no dia 19 de outubro, o então Pontífice visitou o bairro São Pedro, em Vitória. Por lá, também presidiu a Santa Missa na Praça do Papa, deixando assim suas marcas pela cidade.

Nos dias atuais, a Arquidiocese comemorou a vinda de João Paulo II com uma extensa procissão, na qual milhares de fiéis participaram. Na ocasião, a caminhada partiu da cruz do Papa com destino à Igreja Matriz de São Pedro, onde foi celebrada uma missa presidida pelo Arcebispo Dom Luiz Mancilha Vilela.

Dulce Nelia Correa da Silva, catequista na época da visita do Santo Padre polonês, registrou e expressou ao público, por meio de uma carta escrita e lida por ela, todos os momentos que vivenciou há 25 anos.

"1991, o Papa João Paulo II visita o Brasil e para nossa alegria viria a São Pedro. Foi tão grande nossa emoção! Era hora de nos prepararmos para tão ilustre visita! Foi um rebuliço. O que fazer? Como fazer? Os meses que se seguiram foram de muito trabalho e intensa agitação. Todos se doavam com ardor. Além dos preparativos esbarrávamos nos protocolos. O padre Dauri e irmã Graciema se encarregaram de resolver a parte burocrática. Graça Andreata encarregou-se de construir um belíssimo discurso que encantou o Papa. Formamos um coral com 300 crianças das dez comunidades do Setor São Pedro", narrou Dulce.

"Aos poucos fomos nos adequando e nos preparando para recebe-lo. À medida em que se aproximava a data, a imprensa voltava o seu olhar para nós e começou a nos procurar. Os católicos de São Pedro estavam bastante mobilizados. Fizemos novenas, visitas às famílias e outras ações para motivar o povo. Tínhamos confiança que depois desta visita alguma coisa ia mudar em nós, pois o mundo ia nos conhecer e as autoridades de olhar para cá. (...) De repente, um helicóptero sobrevoa a área, era o Papa! Foi muito emocionante ver aquelas pequenas crianças chorando de alegria! Suas lágrimas se misturavam à garoa que caía, mas ninguém arredava pé. Em meio ao evento, algumas delas furaram o bloqueio e correram ao encontro do Papa. Foi lindo ver o carinho e acolhimento que ele teve para com elas. Todo o compromisso estava concluído quando, repentinamente, ele, o Papa rompe o bloqueio dos seguranças e caminha na lama ao encontro do povo sofrido e sedento de afeto. Era radiante a manifestação daquela gente, que colocavam a confiança naquele santo homem".

Ainda durante a celebração, Dom Luiz concedeu a benção à Imagem de São João Paulo II, declarando que "o Papa chegou rezando o terço. Ensinou a ser humilde, quando beijava a terra; ensinou-nos a ser missionários ao visitar tantos países e nos colocou em missão. Ele é santo, ele é exemplo e modelo para nós".

Sentindo-se também emocionado assim como os demais fiéis presentes na cerimônia, o Arcebispo deu um testemunho das conversas com o Papa por ocasião das visitas:

"O Papa (João Paulo II) quando nos recebia perguntava se tinha catequistas e como estavam nossas famílias. A gente respondia que tinha muitas catequistas e falava de nossas famílias e ele se alegrava e nos encorajava", contou. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Vitória

Loading
Fiéis capixabas festejam os 25 anos da vinda de São João Paulo II à Vitória

Vitória - Espírito Santo (Terça-feira, 25-10-2016, Gaudium Press) A Arquidiocese de Vitória celebrou recentemente a memória de São João Paulo II e os 25 anos de sua visita à capital capixaba.

Fiéis capixabas festejam os 25 anos da vinda de São João Paulo II à Vitória.png

Precisamente no dia 19 de outubro, o então Pontífice visitou o bairro São Pedro, em Vitória. Por lá, também presidiu a Santa Missa na Praça do Papa, deixando assim suas marcas pela cidade.

Nos dias atuais, a Arquidiocese comemorou a vinda de João Paulo II com uma extensa procissão, na qual milhares de fiéis participaram. Na ocasião, a caminhada partiu da cruz do Papa com destino à Igreja Matriz de São Pedro, onde foi celebrada uma missa presidida pelo Arcebispo Dom Luiz Mancilha Vilela.

Dulce Nelia Correa da Silva, catequista na época da visita do Santo Padre polonês, registrou e expressou ao público, por meio de uma carta escrita e lida por ela, todos os momentos que vivenciou há 25 anos.

"1991, o Papa João Paulo II visita o Brasil e para nossa alegria viria a São Pedro. Foi tão grande nossa emoção! Era hora de nos prepararmos para tão ilustre visita! Foi um rebuliço. O que fazer? Como fazer? Os meses que se seguiram foram de muito trabalho e intensa agitação. Todos se doavam com ardor. Além dos preparativos esbarrávamos nos protocolos. O padre Dauri e irmã Graciema se encarregaram de resolver a parte burocrática. Graça Andreata encarregou-se de construir um belíssimo discurso que encantou o Papa. Formamos um coral com 300 crianças das dez comunidades do Setor São Pedro", narrou Dulce.

"Aos poucos fomos nos adequando e nos preparando para recebe-lo. À medida em que se aproximava a data, a imprensa voltava o seu olhar para nós e começou a nos procurar. Os católicos de São Pedro estavam bastante mobilizados. Fizemos novenas, visitas às famílias e outras ações para motivar o povo. Tínhamos confiança que depois desta visita alguma coisa ia mudar em nós, pois o mundo ia nos conhecer e as autoridades de olhar para cá. (...) De repente, um helicóptero sobrevoa a área, era o Papa! Foi muito emocionante ver aquelas pequenas crianças chorando de alegria! Suas lágrimas se misturavam à garoa que caía, mas ninguém arredava pé. Em meio ao evento, algumas delas furaram o bloqueio e correram ao encontro do Papa. Foi lindo ver o carinho e acolhimento que ele teve para com elas. Todo o compromisso estava concluído quando, repentinamente, ele, o Papa rompe o bloqueio dos seguranças e caminha na lama ao encontro do povo sofrido e sedento de afeto. Era radiante a manifestação daquela gente, que colocavam a confiança naquele santo homem".

Ainda durante a celebração, Dom Luiz concedeu a benção à Imagem de São João Paulo II, declarando que "o Papa chegou rezando o terço. Ensinou a ser humilde, quando beijava a terra; ensinou-nos a ser missionários ao visitar tantos países e nos colocou em missão. Ele é santo, ele é exemplo e modelo para nós".

Sentindo-se também emocionado assim como os demais fiéis presentes na cerimônia, o Arcebispo deu um testemunho das conversas com o Papa por ocasião das visitas:

"O Papa (João Paulo II) quando nos recebia perguntava se tinha catequistas e como estavam nossas famílias. A gente respondia que tinha muitas catequistas e falava de nossas famílias e ele se alegrava e nos encorajava", contou. (LMI)

Da redação Gaudium Press, com informações Arquidiocese de Vitória

Conteúdo publicado em gaudiumpress.org, no link http://www.gaudiumpress.org/content/83077-Fieis-capixabas-festejam-os-25-anos-da-vinda-de-Sao-Joao-Paulo-II-a-Vitoria. Autoriza-se a sua publicação desde que se cite a fonte.



 

Deixe seu comentário
O seu endereço de email não será publicado. Os campos marcados (*) são obrigatórios.



 
Loading
GaudiumRightPubli
Loading

Na mentalidade de muitas pessoas perpassa essa ideia de que o sacramento é alguma coisa que se comp ...
 
Há 18 anos João Paulo II reconhecia o carisma dos Arautos do Evangelho, e os erigia como Associaç ...
 
O tema do encontro, que reuniu mais de 1.200 homens na Diocese de Phoenix, foi 'Uma Nova Cavalaria'. ...
 
A comemoração da Cátedra de São Pedro põe em relevo a missão de mestre e de pastor conferida p ...
 
O telegrama foi endereçado a Dom Anthony Fallah Borwah, presidente da Conferência Episcopal da Lib ...
 
Loading


O que estão twitando sobre o

Loading


 
 

Loading

Loading